conecte-se conosco

Agronegócio & Turismo

10 destinos baratos para viajar ainda neste mês de janeiro

Publicado

source

Entre os meses de novembro e fevereiro o fluxo nos aeroportos é grande. Férias escolares e o recesso nas empresas ajudam a subir a procura por passagens aéreas. Contando com isso, plataformas e empresas costumam fazer promoções para atrair os viajantes.

Leia também: Saiba quais são as companhias aéreas mais seguras do mundo

compra passagem aérea arrow-options
shutterstock

Promoções de passagens aéreas podem (as vezes) causar uma dor de cabeça nos viajantes

Para quem ainda está procurando um lugar para viajar no mês de janeiro, o  Turismocity  fez um levantamento para o  iG Turismo  com as melhores ofertas de passagens aéreas partindo do aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.

Confira abaixo os destinos e os valores (em média) dos tickets:

Recife (PE) – passagens a partir de R$ 537,00
Salvador (BA) – passagens a partir de R$ 388,00
Fortaleza (CE) – passagens a partir de R$ 553,00
Aracaju (SE) – passagens a partir de R$ 456,00
Maceió (AL) – passagens a partir de R$ 551,00
Vitória da Conquista (BA) – passagens a partir de R$517,00
João Pessoa (PB) – passagens a partir de R$ 650,00
Juazeiro do Norte (CE) – passagens a partir de R$ 485,00
Natal (RN) – passagens a partir de R$ 658,00
Rio de Janeiro (RJ) – passagens a partir de R$ 254,00

Como se proteger de promoções falsas?

A promoção citada acima é verdadeira (você pode confiar),  mas algumas das  promoções de passagens aéreas  por aí podem ser uma furada para o viajante e causar muita dor de cabeça. Mas como saber se as ofertas são reais? A country manager da plataforma TurismoCity , Paula Rebouças, contou para o iG Turismo algumas dicas para não ser passado para trás nos descontos. Confira!

Leia mais:  Cruzeiro de luxo explora a Amazônia peruana; veja detalhes dos roteiros

#1 – Use alertas de preços

É muito comum buscadores de passagens aéreas terem alertas para os viajantes encontrarem os melhores preços. Segundo Paula, essa é a dica número 1 para entender se uma promoção vale a pena.

“O viajante recebe em primeira mão as promoções relâmpagos que as companhias fazem e os descontos. O alerta também ajuda a monitorar os preços e saber se realmente o preço da passagem baixou”, explica.

#2 – Utilize o computador a seu favor 

Algumas dicas de tecnologia podem te ajudar a encontrar passagens aéreas baratas e ver as melhores promoções do momento. Como fazer isso? Limpe os cookies de seu computador e troque de navegador.

“Quando estiver pesquisando uma passagem é possível notar que quanto mais procuramos, mais promoções, anúncios e até e-mail marketing começamos a receber. Isto acontece por conta dos cookies, arquivos temporários que ficam no computador a cada busca feita de passagem ou qualquer outra busca. Para conseguir passagens mais atrativas, uma dica é limpar estes arquivos do navegador antes das buscas. Outra opção é utilizar uma nova janela oculta do navegador, que mostrará uma busca inédita, sem levar em conta o seu histórico nas redes”, comenta Paula.

Leia mais:  Mais defensivos agrícolas - leia-se agrotóxico - na mesa dos brasileiros

#3 – Entre em programas de milhagem

Os programas de milha ou milhagem são serviços oferecidos por algumas companhias aéreas e de cartões de crédito. É uma alternativa para quem viaja com muita frequência ou tem um planejamento futuro de viagem.

Existem diversos modelos de programa, mas em todos os usuários que entram recebem pontos à medida que realizam a compra de determinados produtos. Depois o usuário pode trocar esses pontos por passagens aéreas.  Clique aqui e conheça o passo a passo do uso de milhas áreas.

#4 – Use ferramentas confiáveis

Se você quer promoções seguras, utilize ferramentas seguras. O Turismocity , Google Flights e diversos outras plataformas estão disponíveis na internet. “Por ser um buscador, o site mostra todas as opções para que a pessoa tome a decisão certa. É possível fazer uma comparação entre as agências e companhias aéreas e analisar quais valores estão mais atrativos”, comenta Paula.

Leia também: Conheça os melhores hotéis que vão abrir em janeiro

Extra! #5 – Prefira comprar passagens aéreas durante a semana

Se você quer comprar passagens aéreas baratas, uma das dicas de Paula Rebouças é saber fazer a busca em horários e dias certos. “Prefira dias da semana em vez de finais de semana ou feriados e horários alternativos. Quanto mais flexibilidade a pessoa tiver, mais fácil será encontrar a passagem ideal”, comenta.

Fonte: IG Turismo

Comentários Facebook
publicidade

Agronegócio & Turismo

Vai para Orlando? Saiba as vantagens de se hospedar na Disney ou na Universal

Publicado

source

Ir à Orlando é um sonho para muita gente, e, como qualquer outra viagem, exige planejamento – que inclui, claro, hospedagem. Saber onde vai ficar pode fazer toda a diferença para a sua viagem e é aí que os hotéis Resort dos complexos entram. Tanto o Walt Disney World quanto o Universal Orlando oferecem opções de hotéis para os turistas que querem ter a “experiência completa”.  

Leia também: Alugar casa ou reservar hotel? Veja qual o melhor tipo de estadia em Orlando

Cabana Bay Beach arrow-options
Divulgação

Universal’s Cabana Bay Beach Resort

Mas, afinal, vale a pena ficar hospedado dentro dos complexos da Disney ou Universal? Isso, na verdade, vai depende da experiência que você quer ter em Orlando . Os hotéis Resort oferecem uma série de benefícios para quem fica por lá, além de serem temáticos – o que significa que, sim, você pode ficar no quarto do seu personagem preferido dependendo do hotel que escolher.

Porém, o preço, por exemplo, é uma questão que faz muita gente dar preferência por ficar fora. Uma diária para dois adultos no  Universal’s Endless Summer Resort que é o hotel da categoria “Value”, a mais barata no Universal Orlando, sai por R$ 490. Já no  Disney’s All Star Movies , um dos mais econômicos no Walt Disney World Resort, custa R$ 470. Em comparação, cotações no  Booking.com  mostram hotéis fora dos complexos com diárias a partir de R$ 130**.

Leia também: 6 dicas para evitar perrengues nos parques do Universal Orlando Resort

Opções de hotéis da Disney e da Universal

Todos os hotéis possuem restaurantes e piscinas (em alguns mais de uma). É importante lembrar que os quartos, em ambos os casos, variam entre duplos, com uma ou duas camas king size, e suítes familiares, para grupos com cinco pessoas ou mais. Além disso, as opções de hospedagem variam entre “econômica” e “deluxe”, cujos preços e benefícios variam.

Veja as opções de hotéis no Walt Disney World Resort :

Disney's Art of Animation arrow-options
Divulgação

Disney’s Art of Animation


  • Econômicos:

Disney’s All Star Movies; Disney’s All Star Sports; Disney’s All Star Music; Disney’s Pop Century; Disney’s Art of Animation

  • Intermediários:
Leia mais:  Vai para Orlando? Saiba as vantagens de se hospedar na Disney ou na Universal

Coronado Springs Resort; Port Orleans Resort-Riverside; Port Orleans Resort-French Quarter; Caribbean Beach Resort. 

  • Deluxe:

Animal Kingdom Lodge; Wilderness Lodge; Contemporary Resort; Polynesian Resort; Yacht Club Resort; Beach Club Resort; Grand Floridian Resort & Spa; BoardWalk Inn

  • Deluxe Villas:

Old Key West Resort; BoardWalk Villas; The Villas at Wilderness Lodge; Beach Club Villas; Saratoga Springs Resort & Spa; Bay Lake Tower at Disney’s Contemporary Resort; The Villas at Disney’s Animal Kingdom Lodge; 

  • Outros hotéis oficiais do Walt Disney World Resort:

Walt Disney World Swan; Walt Disney World Dolphin; Buena Vista Palace; Doubletree Guest Suites Resort; Wyndham Lake Buena Vista; Hilton; Holiday Inn; Hotel Royal Plaza; Best Western Lake Buena Vista Resort Hotel; Fort Wilderness Resort & Campground; Wilderness Cabins. 

Veja as opções de hotéis no Universal Orlando Resort :

Universal's Endless Summer Resort arrow-options
Divulgação

Universal’s Endless Summer Resort


  • Value/Econômico:

Endless Summer Resort – Surfside Inn & Suites

  • Prime Value/Econômico (mais confortável do que o “value”):

Cabana Bay Beach Resort; Aventura Hotel

  • Preferred/ Intermediários:

Loews Sapphire Falls Resort

  • Premier/Deluxe:

Hard Rock Hotel; Loews Portofino Bay Hotel; Loews Royal Pacific Resort

Leia também: 6 passeios em Orlando que podem ser feitos gastando menos de US$ 20

Comparando hotéis: Disney x Universal

Disney's All Stars Movies arrow-options
Divulgação

Disney’s All Stars Movies

O maior diferencial de ficar nesses hotéis são os benefícios para hóspedes, como por exemplo, transportes para os parques e o sistema de “horas extras”, que permite entrada e/ou saída em horários diferentes do público geral.

No Walt Disney World Resort, os principais benefícios incluem: 

  • acesso antecipado FastPass+, agendando horários para entrar nas atrações sem fila;
  • horas mágicas, com entrada e saída uma hora antes ou depois do horário de funcionamento dos parques da Disney;
  • MagicBands, as pulseirinhas personalizadas que dão acesso aos partes e hotéis;
  • transporte do aeroporto ao hotel e do hotel para os parques;
  • estacionamento gratuitos em todos os parques;
  • possibilidade de reserva do plano de refeições;
  • experiência mágica de estar em um ambiente temático durante a estadia. 

Já no Universal Orlando Resort, os hóspedes têm direito a:

  • entrada antecipada em uma hora nos parques da Universal;
  • Universal Express Unlimited grátis (o fura-fila da Universal);
  • lugares prioritários em restaurantes selecionados no complexo;
  • transporte gratuito do hotel para os parques;
  • possibilidade de pagar suas despesas e compras, dentro de todo o complexo, através do cartão-chave do seu quarto;
  • entrega de mercadorias compradas no complexo dentro do hotel;
  • aparições dos personagens do Universal Orlando; programa de Golf Universal Orlando;
  • decoração temática. 
Leia mais:  Quando naufrágio vira atração: 7 destinos pelo mundo com cenários emblemáticos

Esses benefícios podem variar dependendo das categorias mencionadas no tópico anterior. A reportagem do iG Turismo  viajou à Orlando e ficou hospedada em ambos complexos. No caso do transporte, especialmente se você opta por não alugar carro, ficar dentro dos hotéis pode ser muito prático, e as horas extras ajudam quem quer curtir ao máximo os parques, pois várias das atrações mais populares estão disponíveis para hóspedes.

Afinal, qual hotel escolher em Orlando?

Saber qual complexo se hospedar vai depender, também, quais parques são sua prioridade. Vale lembrar, como também já viveu a reportagem, que a saída dos parques da Disney , por exemplo, é complicada – até mais do que os da Universal. Então, se a ideia é, por exemplo, priorizar a turma do Mickey, vale mais ir para os hotéis da Disney. Entretanto, alguns benefícios da Universal, como o fura-fila, só estão inclusos para os hóspedes do complexo. É importante colocar todos esses fatores na balança antes de fechar a hospedagem. 

Além disso, o mais divertido é aproveitar também as dependências do hotel – os resorts dos complexos podem ser uma boa opção para quem tem um dia livre, por exemplo. Aí terá tempo de curtir piscina, atrações dos personagens e o que mais for oferecido pelo local. 

Já se a ideia é sair cedinho e só voltar para dormir – e você tiver alugado um carro, por exemplo – a economia de ficar fora dos complexos pode ser uma boa opção na viagem para Orlando,  já que diversos benefícios, como os fastpass da Disney, estão disponíveis para todos. 

* Reprtagem viajou a convite do Universal Orlando Resort e a convite da Visit Orlando

** Valores consultados em 17 de janeiro de 2020 e sujeitos a mudanças

Fonte: IG Turismo

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana