conecte-se conosco


Cidades

124 vagas de emprego disponíveis em São Mateus no IBGE

Publicados

em

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) abriu o Processo Seletivo Simplificado para a contratação de Agente Censitário e Recenseador. As vagas são para todo o Brasil e em São Mateus são ofertadas 124.

Os aprovados vão trabalhar na organização e na coleta do Censo Demográfico 2021. No Espírito Santo o total de vagas disponíveis chega a 4.061, divididos entre os cargos de recenseador, agente censitário municipal e agente censitário supervisor.

As vagas são temporárias e os contratos terão duração prevista de três meses para o cargo de recenseador e de cinco meses para as funções de agente censitário (supervisor e municipal).

Cargos

Para os cargos de agente censitário supervisor e agente censitário municipal é exigido o nível médio completo e as inscrições vão até 15 de março. A remuneração é de R$ 1.700,00 e R$ 2.100,00, respectivamente, com 40 horas semanais de jornada de trabalho.

A inscrição para o cargo de recenseador vai até o 19 de março. O cargo exige que o candidato tenha nível fundamental completo. Neste caso, a remuneração é variável de acordo com a produção. A média salarial fica em torno de R$ 1.278,94, para jornada de 25 horas semanais.

Inscrições e salários

As inscrições, que poderão ser feitas entre fevereiro e março, serão aceitas através do site da empresa organizadora, Cebraspe. As taxas custam R$ 25,77 para a ocupação de recenseador e R$ 39,49 para agente censitário municipal ou supervisor.

As provas serão realizadas no mês de abril e o resultado final sairá em maio. Os interessados podem realizar a inscrição somente via internet, nos endereços eletrônicos:

Recenseador: https://www.cebraspe.org.br/concursos/IBGE_20_RECENSEADOR

Agente: http://www.cebraspe.org.br/concursos/ibge_20_agente

Serviço:

Agente Censitário (Supervisor e municipal)

Taxa de inscrição: R$ 39,49

Inscrições até: 15/03

Provas objetivas: 18/04

Recenseador

Taxa de inscrição: R$ 25,77

Inscrições até: 19/03

Provas objetivas: 25/04

Comentários Facebook
Propaganda

Cidades

Projeto dos CRJs é apresentado a representantes da Prefeitura de Aracruz

Publicados

em

 

Os secretários de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, e de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, apresentaram o projeto dos Centros de Referência das Juventudes (CRJs) para o prefeito de Aracruz, Dr. Coutinho, e equipe, nesta sexta-feira (09). A reunião ocorreu em formato virtual.

A implementação dos Centros é a principal ação do Eixo de Proteção Social do Programa Estado Presente em Defesa da Vida e, em Aracruz, a previsão é de que seja implementada uma unidade na região de Jacupemba. Os Centros irão ofertar uma gama de serviços voltados para as juventudes, buscando ampliar a garantia de direitos e diminuir os índices de crimes violentos sofridos e cometidos por jovens.

“Hoje, apresentamos o projeto dos Centros ao prefeito Doutor Coutinho e equipe, que assumiram o mandato no início deste ano, e foi uma reunião muito positiva. Os Centros de Referência das Juventudes não estarão apenas na Grande Vitória e sim nos dez municípios que integram o Programa Estado Presente e Aracruz é um deles. O CRJ do município estará localizado em uma região estratégica para auxiliar a juventude no que for necessário”, explicou a secretária Nara Borgo.

Já o secretário Álvaro Duboc, que atua como coordenador-executivo do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, destaca o fato de os CRJs serem equipamentos que têm por objetivo ofertar um conjunto de atividades para fortalecer vínculos sociais e comunitários, trabalhando e potencializando as habilidades dos jovens. Segundo ele, o fato de Aracruz ser um município que abriga importantes empresas, “abre uma janela ainda maior de oportunidades para a juventude local”.

Os CRJs serão implantados por meio da parceria do Governo do Estado com os municípios e com o apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para fortalecer as ações de prevenção social à violência e a redução de vulnerabilidade da juventude. Integram a carteira de projetos do eixo social do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, que visa a reduzir os índices de violência e criminalidade, com foco especialmente em crimes letais, atuando também com o eixo policial.

Centros de Referência para as Juventudes

Os Centros irão ofertar uma gama de serviços voltados para as juventudes, buscando ampliar a garantia de direitos e diminuir os índices de crimes violentos sofridos e cometidos por jovens.

Como projeto do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, serão 14 CRJs em funcionamento até 2021, com capacidade para atender, anualmente, uma média de 65 mil jovens.

Os CRJs ofertarão serviços, como o acompanhamento integral de jovens para a construção de Planos de Vida e Trabalho, tendo como princípios o respeito à diversidade e ao diálogo. Disponibilizará, ainda, espaços de trabalho compartilhado, com laboratório temático para geração de renda (LABPoca), oficinas, eventos artístico-culturais e esportivos, vivências extraterritório, passagens interestaduais, entre outros, tendo a gestão compartilhada como premissa, e se configurando como a principal entrega pública para as Juventudes já realizada no Espírito Santo.

Saiba mais: https://bit.ly/3kyJlm0

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana