Faxineira é torturada por companheiro na frente do filho de três anos em Cariacica

Uma faxineira de 23 anos foi agredida e torturada durante a madrugada do último domingo (12), dentro da própria casa, no bairro Nova Rosa da Penha, em Cariacica. As agressões aconteceram na frente do filho da vítima, de três anos de idade. Segundo a vítima, o autor das agressões é o companheiro dela, com quem tem um relacionamento h´a mais de um ano.

Segundo a mulher, as agressões começaram quando o casal estava em um bar. O homem, que estaria embriagado, teria iniciado uma discussão e rasgou a roupa da mulher, que foi nua para casa. Já na residência do casal, a vítima relatou que estava dormindo com o filho, quando o agressor chegou e começou a cortar o cabelo dela com um caco de vidro.

A faxineira relatou ainda que o agressor deu vários socos nela e ameaçava cortar as partes íntimas dela com o caco de vidro. Em determinado momento, a vítima fingiu ter desmaiado e o homem parou com as agressões e saiu de casa. Assustado, o filho da mulher chegou a acreditar que a mãe estava morta.

Após a agressão, a vítima procurou o Plantão Especializado da Mulher (PEM) e conseguiu uma medida protetiva, que determina que o suspeito não chegue perto dela. Mas logo que chegou em casa, ela foi novamente agredida e ameaçada. Em depoimento, a vítima relatou uma série de agressões por parte do companheiro.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil, que informou que o agressor não foi localizado.