Morre menina com câncer que teve festa feita por voluntários em Alegre

A adolescente Laysa Mauri, de 15 anos, morreu na madrugada deste domingo (12) após dois anos lutando contra um câncer raro no intestino. A menina estava internada em Vitória, no Espírito Santo, onde fazia quimioterapia para conter a agressividade da doença. Ela foi enterrada no mesmo dia da morte, em Alegre, no Sul do Estado.

A história de Laysa causou comoção e gerou uma campanha de moradores de Alegre, onde a garota morava com a família. Com a ajuda de voluntários, uma festa de debutante foi realizada para ela há pouco mais de uma semana, no dia 4 de maio.

O diagnóstico de Laysa saiu quando ela tinha 13 anos, época que ficou um ano internada em um hospital e passou por inúmeras cirurgias. Uma amiga da família, que não foi identificada, contou que a morte da adolescente foi um choque para todos os familiares, mas que aconteceu após ela realizar o sonho da festa de aniversário.

FESTA ORGANIZADA DE FORMA VOLUNTÁRIA

Toda a surpresa da festa de debutante para a adolescente foi preparada por cerca de 100 pessoas, que voluntariamente fizeram doações. Na época, a menina contou que sonhava com o momento, mas que não esperava que fosse acontecer de forma tão emocionante, nem que tantos amigos e familiares colaborassem para surpreendê-la.

Fonte: G1 ES