Governador visita feira de avicultura e suinocultura em Venda Nova do Imigrante

O governador Renato Casagrande visitou, na tarde da última quinta-feira (6), a 5ª edição da Feira de Avicultura e Suinocultura Capixaba (Favesu), em Venda Nova do Imigrante. Ele percorreu os stands, cumprimentou expositores e falou com produtores sobre a importância dos setores para a economia do Espírito Santo. A feira é o maior evento dessas duas áreas no Estado.  

“Tivemos avanços no setor com a organização das entidades que trabalham a avicultura e suinocultura. Tanto que temos hoje mais de 1500 pessoas nessa feira, recebendo informações de profissionais reconhecidos no País inteiro e no mercado mundial, prospectando a melhor forma de gerenciar seus negócios e fazendo uma integração entre os produtores e as administrações públicas municipal, estadual e nacional. Continuaremos através dessas atividades gerando oportunidades aos capixabas”, afirmou Casagrande.

O chefe do Executivo estadual ressaltou a necessidade do poder público em promover ações em apoio ao setor produtivo, além da importância da melhoria da infraestrutura de logística do Estado para os agricultores.

“Temos um caminho grande de apoio às atividades de produção e da indústria de beneficiamento que agrega valor. Temos seguido no Estado com cautela em relação ao compromisso permanente de despesas, mas estamos viabilizando recursos grandes para infraestrutura, visando aumentar a competitividade do Estado. Mesmo com a crise não posso ficar prisioneiro do meu gabinete”, assinalou.

Também estiveram presentes à feira, o secretário de Estado de Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca, Paulo Foletto, e o diretor-presidente do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf), Mario Louzada. A Favesu segue até esta sexta-feira (6) no Centro de Eventos Padre Cleto Caliman (Polentão).

A feira é realizada pela Associação dos Avicultores do Estado do Espírito Santo (Aves) e Associação de Suinocultores do Espírito Santo (Ases). O evento reúne produtores, técnicos e empresários com objetivo de apresentar novas tecnologias, permitir a troca de experiências e discutir ações para melhorar a produção de de aves e suínos. A programação inclui ainda um concurso de qualidade de ovos e vários seminários.