MPES deflagra operação que apura denúncias de fraude em licitações em Nova Venécia

OMinistério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco-Norte), deflagrou nesta sexta-feira (05) a Operação “Adsumus”, que apura supostas fraudes cometidas em diversos tipos de processos de licitação no município de Nova Venécia, contando com a participação de agentes públicos e particulares.

A operação consiste, inicialmente, no cumprimento de mandados de prisão temporária e mandados de busca e apreensão em municípios do Norte do Estado. Secretarias municipais, residências e empresas de investigados são alvos das ações de busca e apreensão.

Para as ações, p Gaeco-Norte conta com o apoio do Núcleo de Inteligência da Assessoria Militar do MPES e da Polícia Militar.

Nome da operação

Adsumus é uma palavra com origem no latim que significa “estamos presentes”. O termo vem do verbo adsum que quer dizer estar presente, estar aqui ou estamos juntos.

É usado com a intenção de marcar presença e atenção constantes. A palavra é usada no sentido de se demonstrar prontidão e de confirmar que se está atento aos acontecimentos.