Exposição Revelando a Capital Secreta segue em exibição na Sala Levino Fanzeres em Cachoeiro

A exposição “Revelando a Capital Secreta” seguirá por mais tempo em cartaz na Sala Levino Fanzeres, no Palácio Bernardino Monteiro. O período de exibição foi estendido até 22 de julho pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Semcult).

A mostra reúne obras feitas por alunos da escola Liceu Muniz Freire que apresentam uma narrativa sobre Cachoeiro e suas belezas, por meio de linhas e cores, tendo como inspiração os momentos estéticos das Vanguardas Europeias. Os trabalhos incluem releituras de obras clássicas inserindo elementos da cidade (como um quadro de Vincent van Gogh com o Itabira), desenhos, colagens, foto-crônicas, poesias concretas e instalações.

“’Revelando a Capital Secreta’ surge da necessidade dos que vivem em Cachoeiro conhecerem melhor a história do município, pois saber a história da cidade significa preservar a memória e isso se traduz na valorização da própria origem, valorização do lugar onde se vive, levando o espectador a construir uma visão de quem ele é e o seu papel no contexto da cidade”, explica Laura Nascimento, professora do Liceu e curadora da mostra.

“É muito importante ter na Sala Levino Fanzeres uma exposição tão bacana, que combina arte e educação, feita por jovens estudantes interessados pela história do município. Quem ainda não visitou, não deixe de conferir”, convida a secretária municipal de Cultura e Turismo, Fernanda Martins.

A Sala Levino Fanzeres está localizada no térreo do Palácio Anchieta, sede da prefeitura, que fica na praça Jerônimo Monteiro, Centro. O local está aberto para visitação gratuita de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 9h às 18h.Área de anexos