Bolsonaro desobriga publicação de balanços na mídia impressa

O presidente Jair Bolsonaro, que no domingo, em culto, instalou a chamada grande imprensa no campo da oposição, acertou um tiro no bolso dos empresários da mídia tradicional – especialmente os jornais de grande circulação.

A partir de agora, segundo Medida Provisória que circula hoje no Diário Oficial da União, as empresas brasileiras deixam de ser obrigadas a veicular publicidade legal em jornais de grande circulação, como Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo, O Globo, Valor Econômico e outros.

No caso do Valor, que na prática tem na publicidade legal como fonte de 40% de sua receita, a situação do caixa promete ficar dramática.

A MP estabelece que a publicidade legal, a partir de agora, pode ser publicada apenas nos sites da CVM, da Bolsa de Valores e da própria empresa.