Aleluia! Ex-prefeito terá que devolver R$ 75 mil aos cofres públicos por não prestar contas em obras

O ex-prefeito de Cachoeirinha, Messias Pereira De Oliveira, foi condenado por improbidade administrativa e terá que devolver R$ 75 mil aos cofres públicos. De acordo com o Tribunal de Justiça do Tocantins, o dinheiro é equivalente à época em que o político deixou de prestar contas durante o mandato.

De acordo com a sentença, a irregularidade ocorreu em 2006, quando um recurso de R$ 150 mil foi destinado à construção de uma praça pública e reformas na prefeitura do município.

Segundo as investigações, o político deixou de fazer a prestação de contas de R$ 75 mil, referente à segunda parcela do convênio firmado com a Secretaria da Infraestrutura do Tocantins. O valor foi pago em julho de 2008.

Pela irregularidade, a sentença, publicada na última quinta-feira (8), obriga Oliveira a ressarcir o valor integral do dano causado aos cofres públicos. Além disso, Messias Pereira De Oliveira também teve os direitos políticos suspensos por quatro anos e ficará proibido de receber benefícios, incentivos fiscais e outros, por três anos.

Fonte: G1