#todospeloBrenno: policiais fazem campanha para ajudar criança de Alegre a encontrar doador de medula

Ao saberem do problema e também que o garoto é fã da Polícia Militar, vários militares decidiram fazer o teste de compatibilidade, além de conseguir voluntários

Oito militares da Força Tática do 3º Batalhão, localizado em Alegre, realizaram nesta quinta-feira (15), em Vitória, um teste de compatibilidade de medula óssea para ajudar o pequeno Brenno Aguiar, de oito anos. O menino é morador do município e sofre com uma doença rara chamada Anemia de Fanconi. Ela é um tipo de anemia que pode evoluir para leucemia e por isso é importante conseguir um doador compatível.

Ao saberem do problema e também que o garoto é fã da Polícia Militar, vários militares decidiram fazer o teste de compatibilidade, além de conseguir voluntários. Dois ônibus cheios saíram às 4h30 de Alegre para realizar o teste de tipagem sanguínea em Vitória.

Para o cabo Walace, que está em Vitória realizando o teste, os militares se sentiram lisonjeados em poder ajudar o menino.

“Tomamos conhecimento da história do Breno pelas redes sociais e decidimos fazer o teste. A doença dele é rara e normalmente de cem mil doadores, apenas um é compatível. Me senti comovido com a situação dele, pois além de policial também sou pai”.

Este foi o primeiro passo dado pelos policiais da Força Tática. Nas próximas semanas um segundo grupo de policiais virá a Vitória realizar o teste.