Menina morre com doença que ameba come o cérebro

A família de Lily Mae Avant confirmou a morte da menina de 10 anos que se tratava de uma “meningoencefaliete amebiana primária”.

A rara doença é originada com uma ameba que pode atacar o tecido do cérebro humano. O organismo entrou no corpo da garota quando nadou em um lago no Texas, nos Estados Unidos.

A ameba é presente em águas doces e mornas, mas infecções são raras. Quando isso ocorre, segundo o site G1, é porque o micro-organismo entrou no corpo pelo nariz.

Popularmente se diz que a ameba parasita “come cérebros”, mas o organismo se alimenta principalmente de bactérias presentes na água.