Governo do Estado lança programa Cultura Conecta

O programa Cultura Conecta integra diversas ações culturais por todo o território capixaba, promovendo formação, intercâmbio e acesso

O Governo do Estado lançou, na noite desta quinta-feira (19), o programa Cultura Conecta, que visa promover formação, intercâmbio e acesso à cultura em todo o território capixaba. Em solenidade no Palácio Anchieta, em Vitória, o governador Renato Casagrande assinou o termo de cooperação com os parceiros do programa. O evento contou ainda com a estreia do espetáculo “Capixabas”, estrelado pelas artistas Elisa Lucinda e Viviane Mosé, embaixadoras do programa.

Durante sua fala, Casagrande destacou a importância do governo se conectar com a sociedade capixaba de forma horizontal. “Temos um trabalho que é buscar conexões em rede. São importantes as diversas formas de dialogar dentro de uma visão de sociedade em rede, que é fundamental. Nesse momento de tanta diversidade no formato de relacionamento, nós temos que inovar. Precisamos incorporar inovação na capacidade criativa das pessoas”, afirmou.

Segundo o governador, o Cultura Conecta trabalha os conceitos do Governo: “É nosso papel trabalhar esses conceitos, de projeto de vida, em um Estado que não é tão grande, mas com um diversidade riquíssima. Nesse tempo todo em que estamos trabalhando, nós construímos um modelo do que achamos ser o ideal para nós. E precisamos enfrentar a cultura que tem sido apresentada, que é a cultura da violência, a intolerância, do ódio”, pontuou.

O secretário de Estado da Cultura, Fabricio Noronha, destacou a diversidade da cultura capixaba e emocionou os presentes ao declamar um poema de Ericson Pires, que era seu amigo e faleceu em 2012. “O programa Cultura Conecta é plataforma para essa diversidade. As nossas embaixadoras, os nossos parceiros nacionais e internacionais e o Governo do Espírito Santo dão a dimensão e o alcance disso”, disse.

Na avaliação de Fabricio Noronha, o projeto é “uma política pública de cultura para toda a população capixaba que diz respeito, no final das contas, à nossa auto-estima. A grama do vizinho não é mais verde que a nossa. Ser capixaba é maravilhoso. Ser capixaba é transversal. É estar conectado com o mundo”.

Diante do Salão São Tiago lotado, as duas estrelas da cultura capixaba arrancaram risos e muita emoção da plateia durante sua apresentação. O espetáculo é inspirado nas diretrizes do programa e pensado para valorizar e potencializar a cultura capixaba. Para Elisa Lucinda, “é um sonho realizado ver o artista não precisar sair de Vitória para ser artista”. Já Viviane Mosé destacou a satisfação em fazer parte da iniciativa. “Estamos juntos pra fazer um trabalho de estímulo. Pra nós é uma honra”, destacou a poetisa, filósofa e psicóloga.

A solenidade contou com a presença da vice-governadora do Estado, Jaqueline Moraes; da primeira-dama, Virgínia Casagrande; do diretor-presidente da Rádio e Televisão Espírito Santo (RTV), Igor Pontini; da diretora da Fundação SM no Brasil, Maria do Pilar Lacerda; da gerente de Implementação e Mobilização Comunitária da Fundação Roberto Marinho, Ana Paula Brandão; do gerente de Cultura do Sesi-ES, Marcelo Lages; além dos reitores da Universidade Federal do Espírito Santo, Reinaldo Centoducatte, e da Universidade Vila Velha (UVV), Heráclito Amâncio Pereira Junior.

Saiba mais

O programa Cultura Conecta integra diversas ações culturais por todo o território capixaba, promovendo formação, intercâmbio e acesso. Nesta primeira edição, serão 30 projetos coletivos capixabas selecionados a partir de Chamada Pública on-line (que vai até o próximo dia 30) com atuação em qualquer linguagem, tendo como horizonte a transformação social e a ampliação de direitos.

Os membros dos projetos participarão de uma formação aberta com oficinas, bate-papos, imersões. Eles também circularão, ao final, pelo Estado com a Caravana Cultura Conecta, em parceria com o Sesi-ES.

As capixabas Elisa Lucinda e Viviane Mosé são as embaixadoras do programa e realizarão uma série de laboratórios formativos com os coletivos selecionados e de atividades abertas ao público, tudo transmitido ao vivo para todo Brasil em uma parceria inédita entre a TVE-ES e o Canal Futura, da Fundação Roberto Marinho.

O Laboratório de Inovação Cidadã, conduzidos pelas embaixadoras e demais convidados do Espírito Santo e de fora dele, busca com os coletivos participantes identificar os desafios e processos sempre a partir de soluções colaborativas e que explorem o potencial inovador de cada um.

Em parceria com a Ufes e a UVV, serão engajados dezenas de universitários que atuarão de maneira direta, auxiliando e potencializando esses projetos.

Ao final, tudo se encontra no aplicativo Cultura Conecta, plataforma interativa georreferenciada em construção, que integrará todas as atividades dos coletivos, entidades, parceiros, bem como equipamentos culturais, pontos turísticos e toda a programação cultural do Espírito Santo.

A expectativa é que o Programa impacte, em quatro anos, 200 projetos coletivos diretamente, e mais de 500 universitários.

O programa conta ainda com a parceria internacional da Fundação SM, da Espanha, com o programa “Myra – Juntos pela Leitura”, que será um dos eixos do Cultura Conecta. A metodologia promove encontros de leitura, em que um voluntário lê com uma criança, estabelecendo diversos diálogos entre o texto, outros livros e vivências.

Está prevista para o próximo mês de outubro a Imersão Conecta, desenvolvida em parceria com o fundo de investimento socioambiental Manifesta Capital, que é especializado em negócios sociais e de impacto. Durante três dias, os coletivos passarão por uma maratona de pré-incubação, com o objetivo comum de aperfeiçoar seus projetos e atrair novos parceiros e investidores.