Personalidades cachoeirenses serão homenageadas em painel artístico no Centro

O painel se tornará mais uma atração para visitação ao corredor cultural formado pelo Museu Ferroviário, pela Casa de Cultura Roberto Carlos e pela centenária Ponte de Ferro

Na área central de Cachoeiro, o grande muro em frente ao Museu Ferroviário Domingos Lage começou a receber uma intervenção artística em homenagem a personalidades cachoeirenses.

A intenção da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Semcult) é fazer dele o maior painel de arte a céu aberto da região, que será uma nova atração turística do município e um instrumento de educação patrimonial.

A intervenção é conduzida por quatro artistas selecionados via edital pela Semcult. A cada um deles, foi reservado um espaço de 13 metros de comprimento no muro, que tem aproximadamente 52 metros de extensão por 6 metros de altura.

Em uma das áreas, serão retratados Roberto Carlos, Sérgio Sampaio e Raul Sampaio Cocco, Luz Del Fuego, Carlos Imperial e Arnoldo Silva. Em outra, Maria Gasolina, Maria Fumaça, Moringueiro, Delicioso, Nenê Doido, Geraldo e Agulha. A terceira tela será composta por mestres da cultura popular, como João Inácio, Dona Canutinha, Dona Maria Laurinda, Dona Isolina, Mestre Salatiel, e pelo escritor Evandro Moreira. Na quarta tela, serão homenageados Jece Valadão, Levino Fanzeres, Zozô, Rubem Braga, Newton Braga e Dedé Caiano.

O painel se tornará mais uma atração para visitação ao corredor cultural formado pelo Museu Ferroviário, pela Casa de Cultura Roberto Carlos e pela centenária Ponte de Ferro.

“Esse painel a céu aberto é uma proposta de educação patrimonial para o município, que será um dos pontos de visitação do projeto “Doce Terra Onde Eu Nasci” e fará parte do conteúdo dos guias no circuito, para apresentar para nossas crianças, cidadãos e turistas um pouco sobre a nossa história”, afirma a secretária de Cultura e Turismo, Fernanda Martins.

Artistas visuais

A proposta da Semcult é, também, valorizar e dar visibilidade ao trabalho dos artistas visuais contemporâneos do município.

Para o muralista Rudson Costa, que está entre os selecionados para o projeto, o sentimento de fazer parte dessa iniciativa “é monumental, do tamanho do painel que vamos fazer”. “É muito importante juntar tanta gente especial da cidade numa mesma obra”, afirma.

O professor de artes Jeferson Braga Martins também está entusiasmado com sua participação. “Esse painel é muito importante para o sul do estado e vamos fazer da melhor forma para conseguir agradar a todos. O trabalho artístico deve ter como base a educação e, a partir disso, fomentar outras questões, culturais e turísticas. A expectativa é ótima”, conclui.