conecte-se conosco


Cidades

Grupo de médicos da Santa Casa de Cachoeiro repudia ataques à instituição

Uum grupo de médicos do Corpo Clínico da Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro decidiu, em reunião realizada na noite da última segunda-feira (1), divulgar uma carta aberta à população em apoio ao hospital e também para reforçar que não compactuam com esse tipo de comportamento. No caso, trata-se dos ataques direcionados à Santa Casa […]

Publicados

em

Uum grupo de médicos do Corpo Clínico da Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro decidiu, em reunião realizada na noite da última segunda-feira (1), divulgar uma carta aberta à população em apoio ao hospital e também para reforçar que não compactuam com esse tipo de comportamento. No caso, trata-se dos ataques direcionados à Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro de Itapemirim feitos pelas redes sociais por alguns médicos e leigos.

As críticas à cúpula do nosocômio são de iniciativa do médico e ex-vereador Robertinho Bastos. Ele defende a manutenção da maternidade e acusa ser de responsabilidade da direção da casa de saúde o fechamento do setor. Inclusive, nesta tarde (2), Bastos utilizou a tribuna da Câmara Municipal para ampliar a questão.

“Opiniões compartilhadas nas redes sociais são estritamente pessoais e que não representam o pensamento do corpo clínico, já que não fazem parte da realidade vivida por quem trabalha e se dedica na defesa da instituição”, diz um trecho da carta.

No documento, eles também reafirmam seu compromisso com a gestão do hospital e garantem que os ataques sobre a transferência da maternidade são injustos e não correspondem com a realidade.

“Apesar dos ataques injustos deferidos contra o superintendente, afirmamos com certeza que o padre Evaldo Ferreira é incansável na luta por manter esta instituição aberta e prestando todo o socorro que a população necessitada.

CARTA ABERTA À POPULAÇÃO

Nós, médicos do corpo clínico da Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro de Itapemirim ficamos surpresos ao tomar conhecimento de notícias e inverdades publicadas em redes sociais por um colega médico, com o objetivo de atingir a imagem de uma instituição que há quase 120 anos presta serviços de qualidade à população do Sul do Estado.

Diante da repercussão negativa, viemos a público afirmar que não compactuamos com esse comportamento e acreditamos no comprometimento dessa gestão em oferecer sempre o melhor atendimento aos pacientes.

Por meio desse manifesto, reconhecemos o papel da Santa Casa de Misericórdia na sociedade e sua importância no acolhimento e no cuidado dos necessitados que ali chegam em busca de socorro 24 horas por dia.

É verdade que a luta para manter as portas abertas é grande e mesmo convivendo com recursos limitados para tamanha demanda, a Santa Casa jamais negará assistência médica a quem precisa.

Reafirmamos que NÃO PROCEDE a informação de que mulheres ficaram desassistidas após a transferência da maternidade para o Hospital Materno Infantil São Francisco de Assis.

As mulheres continuam sendo atendidas naquela unidade com todo o carinho que necessitam. A transferência do serviço cumpriu uma determinação da Secretaria de Estado da Saúde (SESA) que visa à abertura do Hospital Materno-Infantil no bairro Aquidaban, englobando e melhorando o atendimento às gestantes em sua totalidade.

Os médicos do corpo clínico prestam total apoio à Santa Casa, e reafirmam seu compromisso com essa instituição.

Sabemos dos sacrifícios feitos pela direção para atender bem à população. Por isso, destacamos ainda o empenho e a união de médicos, do superintendente Padre Evaldo Ferreira, conselho deliberativo, diretores clínico e técnico, além dos demais funcionários para fazer do hospital uma referência em atendimento de qualidade para 27 municípios do Sul do Estado.

Mais uma vez esclarece que opiniões compartilhadas nas REDES SOCIAIS são estritamente pessoais e que não representam o pensamento do corpo clínico, já que não fazem parte da realidade vivida por quem trabalha e se dedica na defesa da instituição.

Apesar dos ataques injustos deferidos contra o superintendente, afirmamos com certeza que o padre Evaldo Ferreira é incansável na luta por manter esta instituição aberta e prestando todo o socorro que a população necessita.

Assinado

Dr. Rogério Santos Pacheco

Dr. Manoel Antônio Freitas

Dr. Gastão Rosa Filho

Dr. Elias Garcia de Oliveira

Dr. Alcides Barata Filho

Dr. Lauro Evaristo Bueno

Dr. Thiago Fernandes Nora

Dr. Raphael Fernandes Luzorio 

Fonte: emoffnotícias.com.br

Comentários Facebook
Propaganda

Cidades

EDP realiza treinamento de Eficiência Energética em Linhares

Publicados

em

Por

A ação teve o objetivo de capacitar a equipe da administração municipal que fará a utilização e manutenção da rede de iluminação pública, modernizada pela EDP

A EDP, distribuidora de energia elétrica do Espírito Santo, realizou nesta quinta-feira, dia 23, um treinamento para os servidores da Prefeitura de Linhares com o objetivo de capacitar a equipe da administração municipal que fará a utilização e manutenção da rede de iluminação pública, modernizada pela EDP, por meio do Programa de Eficiência Energética (PEE) da Concessionária.

O projeto de modernização da Iluminação Pública de Linhares foi selecionado por meio da Chamada Pública de Projetos 001/2020 e teve o investimento de R$ 676.710,00 por parte do programa de Eficiência Energética da EDP. No município, foi realizada a substituição de 434 luminárias públicas de maior consumo por luminárias de LED, ação que promoverá uma economia de 423,30 MWh/ano, o equivalente ao consumo de 176 casas durante 12 meses, considerando o consumo médio de 200 kWh.

Segundo o gestor da EDP, Marcio Costalonga, a capacitação realizada visa consolidar os hábitos de eficiência energética nas localidades contempladas por projetos do Programa de Eficiência Energética, assim como difundir os seus conceitos, agregando valor ao investimento realizado. Com isso, ao término das execuções de todos os projetos, os contemplados realizam treinamentos, em que são apresentados os objetivos do PEE, dicas de economia, operação e manutenção eficiente dos novos equipamentos e, também, temas globais como a matriz energética brasileira, o Sistema Interligado Nacional (SIN) e conceitos básicos de luminotécnica.

“Beneficiar a população e serviços públicos da área de concessão por meio dos programas de eficiência energética e tornar a iluminação pública das cidades mais eficiente está em linha com nosso propósito de usar a nossa energia para cuidar sempre melhor. Conseguiremos contribuir diretamente para a utilização segura e responsável da energia elétrica, e, consequentemente, para a redução de gastos com energia e um melhor uso dos recursos naturais”, afirmou Costalonga.

Além de Linhares, em 2021, as cidades de Mimoso do Sul, Afonso Cláudio, Cariacica, Ponto Belo, Montanha e Atílio Vivácqua também foram contempladas na Chamada Pública de Projetos na categoria Iluminação Pública. A ação é regulada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Comentários Facebook

Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana