conecte-se conosco


Estado

Agência Banestes do município de Montanha é inaugurada nesta quarta-feira (22) após reforma

Publicados

em

Mais uma agência do Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes) foi comtemplada com a reforma de toda a estrutura para adequação ao modelo de negócios do banco. Nesta quarta-feira (22), foi a vez da inauguração da nova Agência Banestes do município de Montanha, no litoral norte, que foi remodelada para seguir um padrão mais moderno, conectado, funcional, espaçoso e, principalmente, acolhedor, de forma a proporcionar um atendimento ainda melhor aos clientes da região.

A entrega de novas agências mais modernas reforça o objetivo do Banestes de manter a capilaridade do banco em todo o Estado do Espírito Santo. O diretor-presidente do Banestes, Amarildo Casagrande, ressaltou que a melhoria das unidades para a adequação ao novo conceito de agência possibilita uma melhor experiência aos clientes.

“Partimos da premissa de que os clientes se sintam em casa ao chegar em uma de nossas agências. Carregamos a identidade do povo capixaba e estamos em todas as regiões do Estado. Temos equipes capacitadas e que prestam um atendimento de excelência a todos, a partir das diferentes necessidades, tanto de clientes pessoa física quanto pessoa jurídica. Estamos nos dedicando ainda mais para que a experiência dos clientes Banestes seja cada dia melhor, nos canais presenciais e on-line, como o Aplicativo Banestes e o Banestes Internet Banking. O ambiente mais acolhedor reforça o nosso desejo”, disse Amarildo Casagrande.

A nova Agência Banestes Montanha, que conta com 395 metros quadrados, divididos em dois pavimentos, segue o modelo e o mobiliário trazidos pelo Escritório Índio da Costa, implementado em 2018 e adaptado ao novo design de serviço bancário. O novo espaço conta com uma área moderna de atendimento, incluindo um lounge informal para conversas e fechamento de negócios.

Durante os anos de 2020 e 2021, 14 unidades do Banestes foram adequadas para o modelo de negócios. Entre as unidades que migraram para esse modelo de atendimento de negócios estão a da Ceasa e de Cariacica-sede, ambas no município de Cariacica; de Santo Antônio e Moscoso, em Vitória; de Itapoã, em Vila Velha; de Juparanã, em Linhares, e de São Gabriel da Palha, entre outras.

Atualmente, a agência do Ibes, em Vila Velha, está em processo de mudança. Conforme já anunciado pelo Banestes, outras agências do banco também estão em processo de reestruturação, seguindo esse novo conceito, como as agências dos municípios de Venda Nova do Imigrante e Empresarial Cachoeiro de Itapemirim.

O Banestes é o único banco presente em todos os 78 municípios capixabas. Ao todo, são 855 pontos de atendimento, compostos por 151 unidades de atendimento (entre agências e postos), 331 postos de atendimento eletrônico e 373 correspondentes Banesfácil.

O evento de inauguração também contou com as presenças do prefeito de Montanha, André dos Santos Sampaio; do diretor de Rede do Banestes, Fernando Valli; do presidente da Câmara Municipal de Montanha, vereador Neilton Wanderlan; do delegado da Polícia Civil, Eduardo Mota; do superintendente Regional Norte do Banestes, Realino Uliana; da gerente da agência de Montanha, Gilvania Bonomo; entre outras autoridades, convidados e funcionários do Banestes.

Comentários Facebook
Propaganda

Estado

Chamada de propostas da Iniciativa Amazônia+10 é aberta no Espírito Santo

Publicados

em

O Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) lançou a Chamada de Propostas nº 003/2022 – Iniciativa Amazônia+10, que visa ao desenvolvimento de Ciência, Tecnologia e Inovação (C,T&I) na região da Amazônia Legal. Os investimentos totalizam mais de R$ 50 milhões com a adesão de 20 Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs) do Brasil.

No Espírito Santo, até dois projetos serão apoiados pela Chamada, por meio da adesão da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes). A Fundação capixaba disponibiliza o total de R$ 600 mil, sendo R$ 300 mil para cada projeto contemplado. Os recursos são oriundos do Fundo Estadual de Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (Funcitec).

O objetivo da Chamada de Propostas Amazônia +10 é o de apoiar a pesquisa científica e o desenvolvimento tecnológico em instituições de ensino e pesquisa e em empresas sobre os problemas atuais da Amazônia, que tenham como foco o estreitamento das interações natureza-sociedade para um desenvolvimento sustentável e inclusivo da região.

Os estudos apoiados no âmbito desta iniciativa deverão avançar o conhecimento científico e tecnológico sobre a região propondo soluções de adaptação baseadas na comunidade, ou seja, desenvolvida conjuntamente com a população local, de forma a prioritariamente beneficiar e promover o bem-estar das populações da região de forma consistente e em longo prazo. A participação de formuladores de políticas públicas e investidores públicos e privados será incentivada em todos os projetos.

Eixos Prioritários

Serão recebidas propostas que apresentem pesquisa científica que contribua para a resolução de problemas considerados prioritários para o avanço do desenvolvimento sustentável na região, em três eixos:

  1. Territórios como infraestrutura e logística que facilitam o desenvolvimento sustentável em dimensão multiescalar;
  2. Povos da Amazônia como protagonistas do conhecimento e da valorização da biodiversidade e adaptação às mudanças climáticas;
  3. Fortalecimento de cadeias produtivas sustentáveis pelos amazônidas.

Elegibilidade e Submissão de Propostas

As propostas devem ter a participação de pesquisadores responsáveis de pelo menos três Estados das FAPs que aderiram à chamada, sendo que um deles deve ser obrigatoriamente vinculado a instituições de Ensino Superior e/ou pesquisa, ou ainda de empresas, com sede nos Estados da região Amazônica (Amazonas, Acre, Rondônia, Roraima, Pará, Maranhão, Amapá, Tocantins e Mato Grosso).

Os candidatos do Espírito Santo devem seguir as diretrizes específicas da Fapes para participação na Chamada. Para acessar as diretrizes clique aqui. A submissão dos projetos deve ser feita na plataforma www.sigfapes.es.gov.br. Os projetos apoiados deverão ter duração de, no máximo, 36 meses.

Central de Dúvidas

Para maiores informações acerca da Chamada UK Academies 2022, os candidatos deverão entrar em contato pelo endereço eletrônico: [email protected].

E, caso necessitem de esclarecimentos quanto diretrizes específicas da Fapes, os candidatos poderão entrar em contato com: [email protected] e [email protected].

SERVIÇO:

Chamada de Propostas nº 003/2022 – Iniciativa Amazônia+10: clique aqui

Diretrizes específicas da Fapes: clique aqui

Data limite para submissão das propostas: 10 de agosto de 2022

Divulgação do resultado: 11 de novembro de 2022

Informação à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Fapes
Samantha Nepomuceno
(27) 3636-1867
[email protected] 

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana