conecte-se conosco

Cidades

Aproveite as férias para conferir as exposições de arte em cartaz em Vila Velha

Publicado

De: Secretaria de Cultura
Texto: Peggy Maressa| Foto: Felix Falcão
Criado: 16 de janeiro de 2020

Férias com arte em Vila Velha. Apesar de Janeiro ser o mês de recesso escolar, as galerias e museus da cidade estão em pleno funcionamento. Enquanto a Galeria Eugênio Pacheco de Queiroz, anexa ao Teatro Municipal de Vila Velha, se prepara para receber a próxima mostra “Olhares”, a partir desta quarta-feira (15), às 9h30, outros espaços já estão abertos para receber o público. Bom passeio!!!
 
EXPOSIÇÕES E MUSEUS

EXPOSIÇÃO NA CASA DA MEMÓRIA – A Casa da Memória, na Prainha, recebe exposições de pinturas de diversos artistas. A entrada é gratuita. A Casa funciona às segundas-feiras, das 12h às 17h, e de terça-feira a domingo e feriados, das 9h às 17h, na Rua Luciano das Neves, n° 14, Prainha. Informações: 3388-4344.

EXPOSIÇÃO NA GALERIA – A Galeria Eugênio Pacheco de Queiroz, anexa ao Teatro Municipal, recebe a exposição de pinturas “Olhares”, que reúne um grupo de seis artistas, a partir desta quarta-feira (15), às 9h30 e trata de temáticas do ser humano e da natureza. A galeria, que fica localizada na Praça Duque de Caxias, Centro, e funciona de segunda a sexta-feira, das 9 às 19 horas; sábado e domingo, das 14 às 19 horas. A entrada é gratuita. Mais informações pelos telefones 3388-4213/ 4217.

EXPOSIÇÃO NA BIBLIOTECA MUNICIPAL – Está aberta para visitação a exposição de livros sobre a Bíblia em braile, em comemoração ao Dia Mundial do Braile, dia 4 de janeiro. O espaço possui um acervo de mais de 19 mil títulos e atende a estudantes, professores e à comunidade em geral. A Biblioteca funciona de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 18h, e sábado e feriado, das 8h às 14h; e fica localizada em anexa ao Titanic, na Praça Duque de Caxias, Centro de Vila Velha. Informação: 3388-4208.
 
GUYRÁ ALDEIA CRIATIVA – Até o dia 31 de janeiro o público pode conhecer a exposição “Trinta Tripa”, com obras inéditas e peças que resgatam alguns dos momentos dos trinta anos de carreira do artista plástico e autodidata Cláudio Valdetaro, o Tripa. A exposição funciona de segunda a sexta-feira, das 14 às 19 horas; e aos sábados, das 9 às 14 horas, na Rua Cel. Mascarenhas, 147, Prainha. Mais informações: 9.9992-1141.
 
GALERIA E ATELIER KLEBER GALVÊAS – O artista plástico Kleber Galvêas expõe, em seu atelier, produções em que utilizam técnicas de pintura a óleo, acrílica e aquarela. A exposição mistura fina dos três estilos: impressionismo, expressionismo e abstrato. O espaço abre diariamente, das 9 às 18 horas, inclusive aos sábados, domingos e feriados. Entrada franca. O espaço fica localizado na Rua Antenor Pinto Carneiro, 66, Barra do Jucu. Mais informações pelo telefone (27) 3244-7115 e e-mail: [email protected]
 
MUSEU DA VALE – O público pode conferir a exposição permanente sobre a Estrada de Ferro Vitória X Minas, com cerca de 22 mil itens catalogados, incluindo uma miniatura do percurso da ferrovia repleta de detalhes. Há também uma mostra de arte contemporânea “Tríade: Linha, Plano, Imagem”, dos artistas capixabas Bruno Zorzal, Fredone Fone e Sandro Novaes. O público pode conferir a exposição até o dia 23 de fevereiro de 2020. O museu fica no prédio da antiga estação Pedro Nolasco, na Rua Vila Isabel, em Argolas. As visitas ocorrem de terça a sexta-feira, das 8h às 17h; e nos sábados e domingos, das 10h às 18h. Informações: 3333-2484.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Bom Jesus descarta a segunda morte suspeita de Covid-19

Publicado

A Secretaria de Saúde de Bom Jesus do Itabapoana (RJ) informou neste sábado (01/08) que a segunda morte investigada no município não foi causada pela Covid-19. Sendo assim, cidade segue com 15 óbitos causados pela doença.

O boletim mais recente aponta que o município tem agora 644 casos confirmados. Bom Jesus tem hoje 431 pessoas curadas e o número de pacientes monitorados caiu mais uma vez, chegando a 198.

Mais uma vez a UTI do Hospital São Vicente de Paulo não tem vagas nos 22 leitos separados para tratar coronavírus. Na enfermaria, onde ficam pacientes menos graves, o número de vagas subiu para 22.

O bairro Pimentel Marques segue com o maior número de infectados, agora com 131. Em seguida vêm o Centro da cidade, ainda com 103 casos, e o Lia Márcia, que subiu para 83 registros positivos.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana