conecte-se conosco


Brasil

Assessor especial capixaba de Vélez é demitido pela Casa Civil

A Casa Civil demitiu mais 2 nomes no MEC (Ministério da Educação): Bruno Garshcagen, assessor especial do ministro Vélez Rodríguez (Educação), e Josie Pereira de Jesus, chefe de gabinete de Vélez. As exonerações foram publicadas no Diário Oficial da União desta 5ª feira (4.abr.2019). Bruno Garschagen é 1 seguidor das ideias do escritor Olavo de […]

Publicados

em

A Casa Civil demitiu mais 2 nomes no MEC (Ministério da Educação): Bruno Garshcagen, assessor especial do ministro Vélez Rodríguez (Educação), e Josie Pereira de Jesus, chefe de gabinete de Vélez. As exonerações foram publicadas no Diário Oficial da União desta 5ª feira (4.abr.2019).

Bruno Garschagen é 1 seguidor das ideias do escritor Olavo de Carvalho e foi nomeado para o cargo em 30 de janeiro. Era 1 dos membros do ministério mais próximos a Vélez. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, foi 1 dos que participou da decisão de que o MEC enviasse às escolas uma carta com o pedido para que estudantes e trabalhadores fossem filmados cantando o hino nacional. O documento continha o slogan de campanha de Jair Bolsonaro.

A chefe de gabinete Josie de Jesus foi afastada em menos de 1 mês no cargo. Ela foi nomeada em 11 de março no lugar de Tiago Tondinelli. Quem assume o cargo é Marcos de Araújo. Ele foi subcomandante geral da Polícia Militar do Distrito Federal e professor da Academia dos Bombeiros de Brasília. Eis a publicação.

FAXINA NO MINISTÉRIO

Desde o início do ano, ao menos 14 funcionários do MEC foram demitidos. Entre eles, o número 2 da pasta, Luiz Antonio Tozi, e a substituta dele, Iolene Lima.

Na 1ª onda de demissões, em março, 6 servidores foram desligados da pasta:

  • Ricardo Wagner Roquetti: diretor de Programa da Secretaria-Executiva do MEC;
  • Tiago Tondinelli: chefe de gabinete do ministro da Educação;
  • Eduardo Miranda Freire de Melo: secretário-executivo adjunto da Secretaria-Executiva do Ministério da Educação);
  • Claudio Titericz: diretor de programa da Secretaria-Executiva do Ministério da Educação;
  • Silvio Grimaldo de Camargo: assessor especial do ministro da Educação;
  • Tiago Levi Diniz Lima: diretor de Formação Profissional e Inovação da Fundação Joaquim Nabuco.

As indecisões de pessoal causam prejuízo financeiro para o ministério. Segundo informado pelo jornal Folha de S. Paulo na 3ª feira (2.abr), os afastamentos já custaram R$ 171 mil em ajudas de custo. O valor não contabilizou as duas últimas demissões e parte dos gastos de locomoção e retorno de funcionários que não residiam em Brasília antes das nomeações.

Vídeo onde Bruno Garschagen fala sobre o Ministro Vélez em seu canal

https://www.youtube.com/watch?v=tr9kMAG1DCc

( Poder 360 )

Comentários Facebook
Propaganda

Brasil

Covid-19 no RJ: 402 óbitos e 4.675 casos confirmados até este domingo (19)

Publicados

em

Por

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro informou que até este domingo (19) são 4.675 casos confirmados de pessoas infectadas por coronavírus no estado. Destas, 402 morreram com a Covid-19. Há ainda 185 óbitos em investigação. Os casos confirmados estão distribuídos da seguinte maneira:

Rio de Janeiro – 3.126
Niterói – 212
Duque de Caxias – 182
Nova Iguaçu – 171
Volta Redonda – 146
São Gonçalo – 105
São João de Meriti – 80
Belford Roxo – 69
Petrópolis – 67
Mesquita – 59
Itaboraí – 42
Maricá – 38
Magé – 33
Nova Friburgo – 29
Nilópolis – 26
Macaé – 19
Araruama – 18
Teresópolis –17
Queimados – 15
Barra Mansa – 14
Rio das Ostras – 13
Resende – 12
São Pedro da Aldeia – 12
Casimiro de Abreu – 11
Barra do Piraí – 10
Cabo Frio – 10
Angra dos Reis – 8
Itaguaí – 8
Paracambi – 8
Campos dos Goytacazes – 7
Iguaba Grande – 6
Rio Bonito – 6
Bom Jesus de Itabapoana – 5
Japeri – 5
Mangaratiba – 5
Miguel Pereira – 5
Tanguá – 5
Três Rios – 5
Armação de Búzios – 4
Bom Jardim – 4
Cachoeiras de Macacu – 4
Paraty – 4
Seropédica – 4
Arraial do Cabo – 3
Guapimirim – 3
Itaperuna – 3
Paraíba do Sul – 3
Quissamã – 3
São Fidélis – 3
Sapucaia – 3
Saquarema – 3
Paty do Alferes – 2
Piraí – 2
Porto Real – 2
Quatis – 2
São Francisco de Itabapoana – 2
Valença – 2
Areal – 1
Cantagalo – 1
Carapebus – 1
Itatiaia – 1
Mendes – 1
Pinheiral – 1
Porciúncula – 1
Rio das Flores – 1
São João da Barra – 1
Silva Jardim – 1

A secretaria confirma neste domingo mais quinze óbitos por coronavírus no estado. As 402 vítimas foram registradas nos seguintes municípios:

Rio de Janeiro – 245
Duque de Caxias – 35
Niterói – 14
Nova Iguaçu – 13
São João de Meriti – 8
Belford Roxo – 7
Mesquita – 7
São Gonçalo – 7
Itaboraí – 6
Petrópolis – 6
Volta Redonda – 6
Macaé – 4
Maricá – 4
Rio das Ostras – 4
Magé – 3
Tanguá – 3
Barra do Piraí – 2
Iguaba Grande – 2
Itaguaí – 2
Mangaratiba – 2
Rio Bonito – 2
Resende – 2
São Pedro da Aldeia – 2
Sapucaia – 2
Araruama – 1
Arraial do Cabo – 1
Barra Mansa – 1
Bom Jardim – 1
Bom Jesus de Itabapoana – 1
Cachoeira de Macacu – 1
Campos dos Goytacazes – 1
Japeri – 1
Miguel Pereira – 1
Nova Friburgo – 1
Paraty – 1
Queimados – 1
São Francisco de Itabapoana – 1
Teresópolis – 1

Fonte: Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro

Comentários Facebook

Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana