conecte-se conosco

Cidades

Assinado termo de adesão ao projeto Compra Direta de Alimentos em Cachoeiro

Publicado

Assinatura do termo de adesão foi realizada nesta sexta (31). Foto: Márcia Leal/PMCI

 

.

Nesta sexta-feira (31), foi assinado, em Cachoeiro, novo termo de adesão do município ao projeto Compra Direta de Alimentos (CDA), que beneficia pequenos agricultores, entidades socioassistenciais e famílias em situação de vulnerabilidade social.

Por meio de proposta elaborada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes), Cachoeiro foi habilitado no mais recente edital de seleção do projeto, que é uma iniciativa do governo estadual. Com isso, receberá R$ 162.500,00 para investir na aquisição de alimentos de até 25 agricultores familiares.

Os itens adquiridos serão doados a 23 entidades e, aproximadamente, 600 famílias serão referenciadas pelos Centros de Assistência Social (Cras e Creas) do município.

O próximo passo é a publicação do edital, pela Prefeitura, para que pequenos agricultores se cadastrem e se tornem fornecedores do projeto.

Os alimentos adquiridos serão direcionados para o Banco de Alimentos, que é responsável pela distribuição aos públicos em situação de insegurança alimentar e nutricional.

A assinatura do termo, nesta sexta, contou com a presença da Secretária de Estado do Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (Setades), Cintya Figueira Grillo.

“O CDA foi idealizado pelo propósito do direito humano à alimentação de qualidade e da superação da condição de pobreza. É um projeto que gera renda para a economia municipal, fortalece a agricultura familiar e, ao mesmo tempo, dá condição para as famílias mais vulneráveis acessarem uma alimentação de qualidade”, disse.

Gilson Gomes, diretor do projeto Casa Verde, uma das instituições que serão beneficiadas, ressaltou a importância da iniciativa.

“Esse projeto é muito relevante porque vai ajudar diversas instituições, que, como a nossa, vêm sofrendo efeitos da pandemia. Estamos ajudando mais famílias em dificuldade e o CDA vai fortalecer e colaborar, ainda mais, com nosso trabalho”, explica.

A solenidade também contou com representantes dos produtores rurais. “Esse projeto traz um importante estímulo para o pequeno agricultor produzir e agregar renda, além de ajudar as pessoas que mais necessitam”, salientou o vice-presidente da Cooperativa da Agricultura Familiar de Cachoeiro, Gilmar Araújo.

A secretária municipal de Desenvolvimento Social, Márcia Bezerra, destacou a importância das ações de combate à insegurança alimentar na atual conjuntura. “Nós já trabalhamos com o CDA nas nossas ações de segurança alimentar e a renovação dessa parceria se faz ainda mais importante e oportuna pelo momento que estamos vivendo, com mais pessoas precisando da nossa assistência”, disse.

O prefeito Victor Coelho agradeceu pela continuidade da parceria e ressaltou a importância do fortalecimento das políticas públicas de segurança alimentar. “É muito importante ter na gestão pública iniciativas como o CDA, com o qual conseguimos ajudar, ao mesmo tempo, pessoas em situação de vulnerabilidade social, famílias do campo e entidades socioassistenciais”, afirmou.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Aquidaban e Independência recebem próximas barreiras sanitárias

Publicado


.
O trabalho será realizado, de segunda (3) a sexta (7), das 8h às 11h
Foto: Márcia Leal/PMCI

Na próxima semana, a Prefeitura de Cachoeiro realizará barreiras sanitárias e educativas de combate da Covid-19 nos bairros Aquidaban e Independência.

O trabalho será realizado, de segunda (3) a sexta (7), das 8h às 11h, no entroncamento da rua Purus com a avenida Jeremias Sandoval, no bairro Aquidaban, e na avenida Monte Castelo, no Independência.

A ação conta com aferição de temperatura dos condutores e passageiros, para identificar pessoas com febre, um dos sintomas da doença, além de orientar sobre prevenção e tratamento da Covid-19 e entregar materiais informativos e de higiene.

Nesta semana, as barreiras sanitárias realizadas nos bairros Novo Parque e Gilberto Machado abordaram 3137 pessoas. No primeiro ponto, foram 2138, em 1688 veículos, e apenas uma apresentou sintoma, sendo orientada a procurar os serviços de saúde. Já no segundo local, foram 999 pessoas, em 785 veículos. Nenhuma apresentou sintoma.

Guardas-civis municipais, agentes de trânsito e servidores das secretarias municipais de Desenvolvimento Econômico (Semdec), Esporte e Lazer (Semes), Defesa Civil e estudantes do curso técnico de enfermagem do Centro Educacional atuam no trabalho.

O coordenador do Sistema de Comando em Operações (SCO) da Prefeitura, Ruy Guedes, explica que o intuito é levar as barreiras para os bairros que estão com maiores índices de contaminados pelo coronavírus. “É uma ação de prevenção de extrema importância, para alertar que a população deve manter o autocuidado”, afirma.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana