conecte-se conosco


Esporte

Atletas da natação e wrestling conquistam mais medalhas para o Espírito Santo no Jubs

Publicados

em

 

A delegação capixaba que participa dos Jogos Universitários Brasileiros (Jubs), em Brasília, segue faturando medalhas nas competições individuais. Na natação, Ramzy Novaes e Guilherme Pagung garantiram mais dois pódios para o Espírito Santo. Novaes foi ouro nos 50 metros peito, enquanto Pagung levou a prata nos 100 metros costas.

Guilherme Pagung, que também terminou os 50 metros costas em quarto lugar, ainda tem chances na prova dos 200 metros costas, que acontece nesta sexta-feira (15). “Apesar de ter conquistado a prata, não gostei muito da minha prova de hoje, não foi o meu melhor. Na prova dos 200 metros, tem dois anos que não disputo, mas espero ir um pouco melhor”, contou o nadador.

Além deles, Talisson Guimarães também foi ouro no wrestling, na categoria até 74 kg, juntando-se às atletas Julia Noledo e Adriana Moreira, que também garantiram a prata e o bronze, respectivamente.

Até o momento, o Espírito Santo já conquistou oito medalhas, sendo três ouros, três pratas e dois bronzes (confira o quadro atualizado abaixo).

Coletivas

Nas modalidades coletivas, os destaques do dia foram o handebol feminino e o futsal masculino, ambas as equipes representadas pela Multivix, que venceram os jogos contra as equipes de Sergipe. No handebol, a partida terminou 34 a 14 para as capixabas.

Já no futsal, o resultado foi de 5 a 2. A vitória faz com que a equipe do técnico Thiago Antunes termine a fase de classificação invicta, com três vitórias em três jogos.

Em divisões, de acordo com o desempenho durante a fase de grupo, a fase eliminatória já começa nesta sexta-feira (15). Estão classificadas para o mata-mata as seguintes equipes capixabas: futsal feminino e masculino (primeira divisão); vôlei feminino e masculino (segunda divisão); handebol feminino (segunda divisão) e masculino (terceira divisão); e basquete masculino (terceira divisão).

Medalhas Delegação Capixaba
Paulo André Camilo (atletismo) – ouro
Ramzy Novaes (natação) – ouro
Talisson Guimarães (wrestling) – ouro
Bruno Conde (karatê) – prata
Guilherme Pagung (natação) – prata
Julia Noledo (wrestling) – prata
Adriana Moreira (wrestling) – bronze
Carlos Renato (lançamento de disco) – bronze

Comentários Facebook
Propaganda

Esporte

Atlético-GO marca no fim e vence o Bahia em confronto direto da parte baixa da tabela

Publicados

em


Em jogo válido pela 35ª rodada, Dragão faz 2 a 1 no Tricolor, com o gol da vitória marcado por Janderson aos 48 da segunda etapa, e volta a vencer na Série A após sete jogos

foto: flickr atetico

O fim do jejum do Atlético-GO no Brasileirão Assaí foi com muita emoção. O Dragão bateu o Bahia por 2 a 1, nesta segunda-feira (29), jogando no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia. Marlon Freitas e Janderson – esse nos acréscimos – marcaram os gols do Rubro-Negro, enquanto Rodallega assinalou para o Tricolor em jogo válido pela 35ª rodada.

A vitória no confronto direto faz com que o Atlético-GO chegue aos 44 pontos e assuma a 13ª colocação. Já o Bahia fica em 16º, somando 40 pontos.

+Confira a tabela do Brasileirão Assaí!

O jogo

O primeiro tempo em Goiânia foi de muita intensidade física, com as duas equipes lutando pelos espaços, mas sem muitas oportunidades de gol. Os dois times dividiram a posse de bola e o número de finalizações.

A melhor chance do Dragão foi aos 15 minutos, quando João Paulo serviu André Luís pelo lado direito, o meia finalizou duas vezes e o goleiro Danilo Fernandes apareceu para fazer uma grande defesa e evitar o gol. Já o Tricolor teve seu melhor lance no primeiro tempo com Gilberto: aos 32, o centroavante foi lançado em profundidade, chutou forte, mas a bola foi por cima.

O ritmo no segundo tempo se manteve, porém, com melhor aproveitamento nas finalizações. Logo nos primeiros segundos, Ronald acertou a rede do Bahia pelo lado de fora. E quando o relógio marcava 13 minutos, Marlon Freitas, de pênalti, abriu o placar para o time rubro-negro.

O Tricolor, em desvantagem, aumentou seu volume ofensivo e aos 25, após um cruzamento desviado na defesa, Rossi lutou pela posse na área e a bola sobrou limpa para Rodallega, que chutou firme e deixou o placar empatado.

As duas equipes seguiram atacando e criando oportunidades de gol. Até que aos 48, em transição rápida, Lucão ajeitou para Janderson pelo lado direito, o atacante avançou e soltou um foguete para estufar as redes do Bahia e definir o placar. No fim, o Tricolor ainda perdeu Juninho Capixaba, expulso.

Fonte: https://www.cbf.com.br/futebol-brasileiro/competicoes/campeonato-brasileiro-serie-a-jogos/2021-42-1-350

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana