conecte-se conosco


Esporte

Atlético-GO marca no fim e vence o Bahia em confronto direto da parte baixa da tabela

Publicados

em


Em jogo válido pela 35ª rodada, Dragão faz 2 a 1 no Tricolor, com o gol da vitória marcado por Janderson aos 48 da segunda etapa, e volta a vencer na Série A após sete jogos

foto: flickr atetico

O fim do jejum do Atlético-GO no Brasileirão Assaí foi com muita emoção. O Dragão bateu o Bahia por 2 a 1, nesta segunda-feira (29), jogando no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia. Marlon Freitas e Janderson – esse nos acréscimos – marcaram os gols do Rubro-Negro, enquanto Rodallega assinalou para o Tricolor em jogo válido pela 35ª rodada.

A vitória no confronto direto faz com que o Atlético-GO chegue aos 44 pontos e assuma a 13ª colocação. Já o Bahia fica em 16º, somando 40 pontos.

+Confira a tabela do Brasileirão Assaí!

O jogo

O primeiro tempo em Goiânia foi de muita intensidade física, com as duas equipes lutando pelos espaços, mas sem muitas oportunidades de gol. Os dois times dividiram a posse de bola e o número de finalizações.

A melhor chance do Dragão foi aos 15 minutos, quando João Paulo serviu André Luís pelo lado direito, o meia finalizou duas vezes e o goleiro Danilo Fernandes apareceu para fazer uma grande defesa e evitar o gol. Já o Tricolor teve seu melhor lance no primeiro tempo com Gilberto: aos 32, o centroavante foi lançado em profundidade, chutou forte, mas a bola foi por cima.

O ritmo no segundo tempo se manteve, porém, com melhor aproveitamento nas finalizações. Logo nos primeiros segundos, Ronald acertou a rede do Bahia pelo lado de fora. E quando o relógio marcava 13 minutos, Marlon Freitas, de pênalti, abriu o placar para o time rubro-negro.

O Tricolor, em desvantagem, aumentou seu volume ofensivo e aos 25, após um cruzamento desviado na defesa, Rossi lutou pela posse na área e a bola sobrou limpa para Rodallega, que chutou firme e deixou o placar empatado.

As duas equipes seguiram atacando e criando oportunidades de gol. Até que aos 48, em transição rápida, Lucão ajeitou para Janderson pelo lado direito, o atacante avançou e soltou um foguete para estufar as redes do Bahia e definir o placar. No fim, o Tricolor ainda perdeu Juninho Capixaba, expulso.

Fonte: https://www.cbf.com.br/futebol-brasileiro/competicoes/campeonato-brasileiro-serie-a-jogos/2021-42-1-350

Comentários Facebook
Propaganda

Esporte

Santos FC vence Fluminense e avança às quartas de final da Copinha

Publicados

em


A equipe Sub-20 do Santos FC venceu a do Fluminense pelo placar de 2 a 1 na noite deste domingo (16) e conquistou a vaga para as quartas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Os gols santistas na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara (SP) foram marcados por Lucas Barbosa (duas vezes).

Na próxima fase, o Alvinegro Praiano enfrenta a equipe do Mirassol, em duelo marcado para as 21h30 da terça-feira (18). A partida acontece novamente na Arena Fonte Luminosa e contará com transmissão ao vivo do Sportv.

O jogo

Com apenas dois minutos de jogo, Derick acertou lançamento para Weslley Patati, que partiu em velocidade na direção do gol. Cara a cara com goleiro, o camisa 7 tentou chutar com força, mas parou em boa defesa do goleiro Thiago Gonçalves, que saiu da meta fechando o ângulo de finalização do santista.

Com sete minutos jogador, João Victor recebeu passe na entrada da grande área e achou espaço para finalizar entre os zagueiros. Sem força, a bola parou novamente nas mãos do goleiro tricolor. Pouco depois, aos dez minutos, após boa troca de passes na intermediária do ataque, Lucas Pires ganhou dos marcadores e arriscou para o gol. A bola, no entanto, passou à direita da meta.

E ainda aos 16 minutos, o Peixe abriu o placar com gol do camisa 11, Lucas Barbosa. Rwan Seco recebeu belo passe de Ed Carlos aberto pela esquerda, fintou os marcadores e finalizou com força na trave esquerda. No rebote, a bola sobrou para Lucas, que estufou as redes com um chute forte, sem chances de defesa para Thiago.

Ainda antes do intervalo, aos 40 minutos, o Peixe ampliou a vantagem para 2 a 0 com mais um golaço de Lucas Barbosa. Weslley Patati recebeu a bola pelo meio e abriu para Lucas Barbosa, que estava aberto pela direita da entrada da área. Autor do primeiro gol, o camisa 11 ajeitou com classe e bateu colocado no canto direito de Thiago Gonçalves, que se esticou, mas não conseguiu evitar o segundo tento do Peixe.

Com o placar controlado, o ritmo do jogo caiu um pouco nos minutos iniciais da segunda etapa. Aos 20 minutos, Fernandinho, que acabara de entrar, avançou em velocidade pela esquerda e deixou com Ed Carlos, na entrada da grande área. Na tentativa de finalização, a bola desviou no marcador e saiu em escanteio. Na cobrança, Lucas Pires encontrou a cabeça de Derick, que mandou por cima do gol.

Em seguida, Rwan secou roubou bola pela esquerda do ataque e partiu em direção à linha de fundo. Chegando, ele cruzou para Weslley Patati, mas a bola acabou passando do camisa 7. Patati conseguiu o domínio e aplicou uma bela caneta no defensor tricolor. Ao finalizar, ele acabou mandando à esquerda do gol.

Com 25 minutos, o Fluminense diminuiu a desvantagem após contra-ataque pela direita. John Kennedy recebeu a bola aberto pela direita da grande área e tocou na saída de Diógenes.

Aos 27 da segunda etapa, Fernandinho fez boa jogada pela esquerda e tentou o cruzamento. A bola desviou no zagueiro Davi e o goleiro Thiago Gonçalves teve de se esticar para fazer a defesa.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 1 X 2 SANTOS FC
Local: Arena Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Data: domingo, 16 de janeiro de 2022
Horário: 19h30
Árbitro: Paulo Sérgio dos Santos
Assistentes: Rodrigo Meirelles Bernardo e Gabriel Alexandre Tostes Fleming
Gols: (SFC) Lucas Barbosa, aos 16′ e aos 40′ do 1ºT; (FFC) John Kennedy, aos 24′ do 2ºT
Cartões Amarelos: (SFC) Lucas Barbosa e Rwan Seco
Santos FC: Diógenes; Sandro Perpétuo, Derick, Jair e Lucas Pires; Matheus Nunes, (Thiago Balieiro) João Victor e Ed Carlos (Rafael Moreira); Weslley Patati (Pedrinho), Lucas Barbosa e Rwan Seco. Técnico: Elder Campos
Fluminense: Thiago Gonçalves; Jhonny, Felipe, Davi e Marcos Pedro (Jefté); Alexsander, Nathan (Luan Brito) e Wallace (Edinho); Yago (Miguel Vinícius), Matheus Martins e John Kennedy. Técnico: Eduardo Oliveira

(Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana