conecte-se conosco

Entretenimento

Ator português Bruno Candé é morto a tiros; Família aponta motivação racista

Publicado

 

 

Bruno Candé Marques, ator de novelas em Portugual, foi morto após ser atingido por tiros na tarde do último sábado (25), em Moscavide, em Loures, nos arredores de Lisboa.

Bruno Candé, ator, racismo, Portugal, novelas

Bruno Candé Marques em foto publicada no Facebook; ator foi morto no sábado (25) em Portugal. Divulgação/Facebook/Reprodução

A familia aponta que o suspeito, um homem branco de 80 anos com quem o ator teve um desentendimento três dias antes do crime, teria motivação racista para o crime.

“Bruno foi barbaramente assassinado, alvejado à queima-roupa com 4 tiros na rua principal de Moscavide. O assassino já o havia ameaçado de morte três dias antes, proferindo vários insultos racistas. Face a esta circunstância fica evidente o caráter premeditado e racista deste crime hediondo”, afirma o comunicado enviado à imprensa portuguesa.

Algumas testemunhas que estavam no local informaram que o homem teria dito várias frases racistas, entre elas “Vai para a Senzala”, antes de matar o ator.

De acordo com o “Jornal de Notícias”, o idoso abordou o artista que estava sentado em um banco com sua cachorra. O homem então derrubou Bruno no chão e efetou os disparos, sendo três no braço e um no peito. O ator não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Logo após o crime, o idoso tentou fugir mas foi impedido por populares, que o renderam até a chegada da polícia. O homicídio está sendo investigado, e o idoso segue detido.

Bruno deixou três filhos, uma menina de 3 anos e dois meninos de 7 e 6 anos. Familiares afirmaram que Bruno era “uma pessoa extremamente afável e sociável, o tio preferido dos sobrinhos e um pai brincalhão, dedicado e ligado à sua família, à sua mãe”.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

Morre a cantora Cleide Moraes vítima de um acidente de carro

Publicado


source

A cantora Cleide Moraes, que carregava o título de “rainha da saudade”, morreu na noite de domingo (26) após se envolver em um grave acidente de carro. Segundo divulgado pela ‘Quem’, a artista voltava de um show em Icoaraci, no Pará, quando o veículo em que ela estava foi atingido por um carro de passeio.

Cleide Moraes
Reprodução/Instagram

Cleide Moraes

O músico Miguel Marks e mais uma pessoa envolvida no acidente foram encaminhados ao hospital, mas a cantora acabou não resistindo e morreu no próprio local. O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) nesta segunda-feira (27) e o velório vai acontecer na sede da escola de samba Rancho Não Posso Me Amofiná, em Belém do Pará.

A morte de  Cleide Moraes causou comoção. “O Pará perde a alegria e o talento da nossa Rainha da Saudade… Dia triste para a cultura popular do meu estado!” escreveu a cantora Fafá de Belém nas redes sociais. “Para quem passou e cresceu no rádio sabe o quanto essa artista era querida pelo meio artístico e seu público. Cleide Moraes morreu em um grave acidente na PA 391 (Belém-Mosqueiro) na noite de ontem. Fica um legado de muito sucesso da rainha da saudade”, Postou Agenor Santos, apresentador da Record TV.

Cleide Moraes, que não gostava de revelar a idade, ficou conhecida por cantar bolero e músicas românticas. Durante a carreira, ganhou prêmios e cantou com grandes como José Augusto.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana