conecte-se conosco


Entretenimento

Atriz da Globo contesta Padre Fábio de Melo: “Não creio no seu celibato”

Publicados

em

 

 

source
Padre Fábio de Melo e Elisa Lucinda

Padre Fábio de Melo e Elisa Lucinda – Instagram

Elisa Lucinda, de 63 anos, compartilhou declarações delicadas a respeito do Padre Fábio de Melo, de 50 anos, nesta quarta-feira (27). “Estou te achando muito boy e sedutor. Sou contra o celibato. Com todo respeito que te tenho, não acredito no teu. E concordo. Não deveria ser preciso negar a própria natureza, ser celibatário para ser um padre. Não faz sentido para mim”, declarou ela, no feed de comentários de uma postagem no Instagram.

Não demorou muito e fãs do Padre Fábio de Melo começaram a contestar a opinião da atriz. “Não é porque ele posta fotos e gosta de se cuidar que não faz jus ao celibato”, disse uma fã do religioso identificada como Shirley. “Alguém perguntou ou pediu tua opinião? A única coisa que ele merece é respeito. E nem isso consegues ter. Fosse totalmente desnecessária. Ninguém quer saber se tu acredita ou não. Afinal não teve respeito nenhum nesses comentários. Feio. Pequeno. Medíocre. Perdesse a chance de se preocupar com sua vida”, dissertou Fernanda, outra admiradora.

Em resposta à repercussão, Elisa logo se defendeu. “Imagine, gente, não há ofensa em minhas palavras. Não considero sexo pecado. Acho um atraso da igreja tal rito. Adélia Prado diz que ou tudo é bento ou nada é bento. E acho que este antagonismo entre fé e sexo afasta os jovens, principalmente. Não estou intolerante e sim critica. Eu conheço muita gente que o acha atraente e não vejo nenhum erro nisso”, pontuou ela.

Após isso, houve quem concordasse com a atriz. “Eu super gosto do Fábio de Melo, também o acho bonito e sedutor, com todo respeito. Mas concordo com a sua opinião, às vezes ele foge um pouco e sem contar que é o Padre dos artistas famosos e ricos, isso que me dá preguiça”, disse uma seguidora do Padre. “Concordo com você”, pontuou outra admiradora do religioso e artista. Até o momento, o próprio Padre Fábio de Melo não se posicionou sobre o assunto. Confira a postagem que gerou toda essa discussão.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

Entretenimento

Claudia Leitte diz que críticas são seletivas após ser chamada de genocida

Publicados

em


source
Claudia Leitte foi atacada nas redes sociais
Reprodução/Instagram

Claudia Leitte foi atacada nas redes sociais


A cantora Claudia Leitte se manifestou, nesta segunda-feira (29), após ser xingada de genocida por realizar um show em São Paulo (SP) no sábado (27).

Claudia foi atacada nas redes sociais durante o fim de semana, principalmente por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (SP), que comparavam o show da cantora com eventos do presidente.

Em nota, divulgada nesta segunda-feira (29), Claudia Leitte disse que os ataques são “seletivos” e “desrespeitosos”. “Claudia é uma artista responsável e ciente de seu papel, jamais faria um evento sem a autorização dos órgãos atribuídos e sem os cuidados necessários. Cabe apenas refletir sobre essas críticas seletivas e aos ataques, totalmente inconcebíveis e desrespeitosos com a artista”, diz nota enviada pela equipe da cantora.


Na nota, Claudia Leitte mencionou que outros shows foram realizados no país, com mais pessoas reunidas, mas não receberam críticas. Artistas como Zé Neto & Cristiano, Barões da Pisadinha e Gusttavo Lima celebraram shows com públicos maiores pelo país. “Outros tantos [shows] vêm acontecendo no Brasil e não foram criticados ou colocados em xeque em relação aos cuidados com a saúde do público. E não só shows, como também rodeios e estádios de futebol”, disse.

Leia Também

Vale lembrar que o evento cumpriu as normas impostas pelo Governo de São Paulo. O folião só podia entrar na festa “Blow Out” com comprovante de vacinação contra covid-19 (duas doses), além de contar com três mil pessoas em um espaço para dez mil pessoas. 

Veja nota completa:

A cantora Claudia Leitte realizou um show em formato trio no estacionamento do Espaço das Américas no último sábado, 27, respeitando todas as normas de saúde impostas pelo Governo do Estado de SP. Só era possível entrar no local comprovando a vacinação completa da covid 19 e, além disso, o evento foi feito com capacidade reduzida, com apenas 3 mil pessoas.

É válido mencionar que assim como o show de Claudia, outros tantos vêm acontecendo no Brasil e não foram criticados ou colocados em xeque em relação aos cuidados com a saúde do público. E não só shows, como também rodeios e estádios de futebol.

Claudia é um artista responsável e ciente de seu papel, jamais faria um evento sem a autorização dos órgãos atribuídos e sem os cuidados necessários. Cabe apenas refletir sobre essas críticas seletivas e aos ataques, totalmente inconcebíveis e desrespeitosos com a artista.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana