conecte-se conosco


Estado

Aulas presenciais nas escolas da Rede Pública Estadual retornam nesta terça-feira (13)

Publicados

em


As aulas presenciais das escolas da Rede Estadual retornaram nesta terça-feira (13), seguindo todo o protocolo que a Portaria Conjunta Sesa/Sedu traz, como uso de álcool em gel, uso de máscaras, aferição de temperatura, sinalização de distanciamento dentro das escolas, organização dentro das salas de aulas com nova disposição das carteiras, dentre outras medidas. As aulas retornam por etapa, começando pelo Ensino Médio, Educação de Jovens e Adultos (EJA) e Educação Profissional, seguido pelo Fundamental 2 e, por último, Fundamental 1, com intervalo de 15 dias entre uma etapa e outra, após a data de retorno de cada etapa, em regime de revezamento.

O secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, visitou, na manhã desta terça-feira, três unidades de Ensino na Região Metropolitana, para conversar com alunos e professores. Ele esteve na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Major Alfredo Pedro Rabayolli, em Vitória; e nas escolas de Cariacica EEEFM Ary Parreiras e EEEFM Hunney Everest Piovesan.

“Estamos preparados para receber nossos alunos. Neste primeiro momento, 314 escolas da Rede Estadual estão habilitadas a retornarem com as aulas presenciais, incluindo escolas de Ensino Médio, Educação de Jovens e Adultos e Educação Profissional. Com base nos Termos de Manifestação de Interesse, assinado pelos pais, estima-se que cerca de 25% dos alunos retornaram, nesta terça-feira (13), para as aulas presenciais”,  afirmou o secretário.

Coube às famílias fazer a escolha quanto à presença ou não de seus filhos na escola. Uma das estudantes que optou em retornar foi Edjane Moreira Oliveira, da 3ª série do Ensino Médio, da Escola Ary Parreiras. “Eu decidi voltar porque eu vi que a escola está muito bem organizada, com o fornecimento de máscaras e todas as demais medidas em combate ao vírus. Em casa é um pouco mais difícil de focar nos estudos e aqui eu consigo aprender mais”, disse a aluna. 

Medidas sanitárias

Com investimento superior a R$ 12 milhões, o Governo do Estado sinalizou os ambientes escolares e colocou à disposição de alunos e profissionais o material de higiene necessário, como álcool em gel, sabonetes, máscaras e equipamentos para uso de álcool em gel. O retorno das aulas presenciais também conta com monitoramento rigoroso das medidas sanitárias adotadas.

Outra medida adotada é a realização do inquérito sorológico com profissionais e alunos da Rede. Serão coletadas pela Secretaria da Saúde (Sesa) amostras da comunidade escolar capixaba durante o inquérito. Também será realizado o Censo Sorológico, em que serão convidados todos os trabalhadores da Rede Estadual de Educação para trazer um mapeamento de 100% dos profissionais. Na escola, alunos e profissionais terão a temperatura aferida todos os dias na entrada para as aulas presenciais. 

Continuidade das atividades remotas

O Programa EscoLAR seguirá complementando as aulas presenciais e preenchendo o tempo da semana em que não terá aula presencial, com aulas remotas. As Atividades Pedagógicas Não Presenciais (APNPs) permitiram os estudos de forma remota, por meio da transmissão de conteúdos em TV aberta, da utilização da plataforma Google Sala de Aula e do aplicativo do programa cujo acesso contou com o pacote de dados fornecido pelo Governo do Estado.

Informações à Imprensa
Assessoria de Comunicação da Sedu
Mirela Marcarini / Geiza Ardiçon / Soraia Camata
(27) 3636-7705 / 7706/ 7707/ 7888 / 99956-2479 / 99802-9043
[email protected] / [email protected][email protected]

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
Propaganda

Estado

Governador e bancada capixaba se reúnem com ministros do Governo Federal em Brasília

Publicados

em


O governador do Estado, Renato Casagrande, junto com integrantes da bancada capixaba no Congresso Nacional, se reuniu com a ministra da Secretaria de Governo da Presidência da República, Flávia Arruda, na manhã desta quarta-feira (05), em Brasília-DF. No encontro realizado no Palácio do Planalto, Casagrande solicitou o encaminhamento ao Senado Federal do projeto para o aval do empréstimo de US$ 271 milhões do Governo do Estado com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para utilização no Programa Eficiência e Logística.

A ministra informou aos participantes da reunião que o presidente Jair Bolsonaro encaminhará a matéria ao Senado ainda nesta quinta. Ainda durante o encontro, que teve cerca de três horas de duração, o governador capixaba citou a importância da utilização dos recursos em obras de recomposição das rodovias estaduais. Casagrande também comemorou o encaminhamento da pauta.

“Tivemos uma excelente reunião junto com a nossa bancada federal com a ministra Flávia, que convidou os ministros Ciro Nogueira [Casa Civil] e Tarcísio Freitas [Infraestrutura] que puderam tratar de temas importantes para o Espírito Santo. Avançamos em diversos temas, inclusive com o aval para que o Senado possa aprovar o empréstimo do Governo do Estado com o BID. O recurso será fundamental para que possamos recuperar as rodovias estaduais, melhorando a infraestrutura do Espírito Santo”, comentou o governador Casagrande.

O coordenador da bancada, Josias Da Vitória, falou sobre a parceria dos parlamentares com o Governo do Estado em prol do desenvolvimento do Espírito Santo. “A bancada tem atuado de forma unida em defesa dos interesses de nosso Estado. O Governo Federal tem dado atenção e suporte a todas as demandas que beneficiam os capixabas. As contas equilibradas do nosso Estado permitem que, mesmo em um momento difícil pelo qual passa todo mundo em decorrência da pandemia, possamos fazer investimentos para melhorar a infraestrutura e a logística com investimentos robustos”, pontuou.

Também participaram da reunião, os senadores Fabiano Contarato e Rose de Freitas, além dos deputados federais Ted Conti, Amaro Neto, Neucimar Fraga e Evair de Melo.

Programa Eficiência e Logística

O Programa visa contribuir para o aumento da competitividade do Espírito Santo, através da melhoria da logística de transporte e sua integração nacional e regional, tendo como objetivos:

(i) melhorar o nível de serviço das rodovias estaduais relevantes para as conexões portuárias;

(ii) melhorar a conectividade da Rede Rodoviária Estadual com os portos, minimizando os impactos negativos nas áreas urbanas afetadas; e

(iii) melhorar a eficiência dos processos de intervenção rodoviária do DER-ES.

O Programa Eficiência e Logística prevê ainda uma melhoria substantiva das condições de rodagem em cerca de 21% do total da rede pavimentada sob responsabilidade do Departamento de Edificações e de Rodovias do Estado do Espírito Santo (DER-ES), que chega hoje a 3.583,93 quilômetros.

Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação do Governo

Giovani Pagotto

(27) 98895-0843

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana