conecte-se conosco


Agronegócio & Turismo

Bandes libera R$ 7 milhões para financiamentos de microcrédito em Vitória E.S

O programa atende àqueles que têm mais de seis meses de experiência na área que produzem ou residem no mesmo município há mais de dois anos. O Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) aprovou R$ 7,1 milhões para pequenos negócios em Vitória, em 2018. Micro e pequenas empresas (MPEs) e negócios informais de empreendedores […]

Publicados

em

O programa atende àqueles que têm mais de seis meses de experiência na área que produzem ou residem no mesmo município há mais de dois anos.

O Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) aprovou R$ 7,1 milhões para pequenos negócios em Vitória, em 2018. Micro e pequenas empresas (MPEs) e negócios informais de empreendedores da Capital contam com linhas de crédito específicas para financiamentos de microcrédito operados pela instituição.

Com o acesso aos programas de microcrédito do Bandes, empreendedores capixabas contam com financiamento, com condições atrativas, para melhorar o fluxo de caixa (capital de giro) ou para compra de equipamentos, móveis, ferramentas e demais itens necessários ao funcionamento da atividade econômica.

“O Bandes já tem a expertise com o microcrédito produtivo e orientado. É um recurso que tem como destino o fomento ao negócio e tem o acompanhamento e orientação do agente de crédito, desde a formulação do plano de negócios até a implantação do investimento”, destaca o diretor de Crédito e Fomento do Bandes, Everaldo Colodetti.

Em 2018, pelo Programa Nossocrédito, para investimento e capital de giro, foram aprovados 63 contratos com recursos das linhas destinadas pelo banco capixaba ao segmento, totalizando R$ 4,6 milhões.  No mesmo ano, com outras fontes de recursos destinadas ao microcrédito, somam-se 280 contratos aprovados, gerando a movimentação de R$ 2,5 milhões para a economia local.

Programa Nossocrédito

O programa atende àqueles que têm mais de seis meses de experiência na área que produzem ou residem no mesmo município há mais de dois anos. Para obter o benefício, os interessados também precisam apresentar avalista e ter o nome limpo no Serasa e no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC).

Condições Operacionais

Pessoas física ou jurídica: de R$ 200 até R$ 7,5 mil para primeiro crédito. Até R$ 15 mil a partir do segundo crédito para capital de giro e até R$ 20 mil, para investimento fixo.

Crédito para capital de giro: Para valor de financiamento entre R$ 200 a R$ 15 mil: juros a partir de 1,10% ao mês.

Crédito destinado para investimento fixo: juros a partir de 1,10% ao mês

Prazos:

Para capital de giro o prazo total é de 24 meses

Para investimento fixo o prazo total é de 30 meses

Simulação

Caso esteja interessado, no site ou no aplicativo para smartphones pode ser feita uma simulação. Basta responder algumas perguntas para saber que tipo de crédito é o ideal. O atendimento pode ser feito presencialmente na sede do banco, em Vitória. Também no site www.bandes.com.br, o interessado pode acessar os endereços dos parceiros consultores em todos os municípios capixabas.

Informações sobre consultores e linhas de financiamento:

Bandes Atende: 0800 283 4202

Av. Princesa Isabel, 54, Centro, Vitória

App disponível para Android e iOS

www.facebook.com/bandesonline

www.bandes.com.br

Comentários Facebook
Propaganda

Agronegócio & Turismo

Voos Campos – Rio vão ser retomados em novembro

Publicados

em

O Cessna Caravan leva até nove passageiros e opera em todo o país

A Azul Linhas Aéreas Brasileiras anunciou o retorno dos voos de Campos dos Goytacazes, no Norte fluminense, para a capital do estado a partir do próximo dia 12 de novembro. O acerto foi anunciado após encontro entre a direção da empresa e executivos de agências de turismo no fim da semana passada, em Barueri (SP). As operações estavam suspensas em razão da pandemia da covid-19.

“Não poderíamos ficar aqui sentados e fomos em busca deste resultado. O alto comando da Azul nos recebeu muito bem. A empresa entendeu a importância da região e a retomada dos voos”, disse Marcelo Miranda, diretor executivo de uma agência de turismo.

De acordo com informações do assessor da presidência da Azul, Ronaldo Veras, e o diretor de Relações Institucionais da empresa, Marcelo Bento, em princípio a retomada dos dois voos diários para o Rio será feita numa aeronave Cessna Caravan, monomotor de nove lugares. À medida em que o mercado se reaquecer, a previsão é de que haja o retorno das viagens através do ATR-72, com capacidade para até 70 lugares.

Desta vez, a rota Rio – Campos – Rio será feita sem escalas em Macaé. Os voos sairão do Aeroporto Santos Dumont (SDU) às 6h20 e 12h40. A volta, saindo do Aeroporto Bartolomeu Lisandro (CAW), acontece às 7h40 e 14 horas (Em consulta do Hoje ES ao site da Azul, cada trecho para compra hoje (05/10) custa entre R$ 801,96 e R$ 809,37).

Comentários Facebook

Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana