conecte-se conosco


Estado

Banestes libera mais de R$ 100 milhões em microcrédito em 2020

Publicados

em

 

As linhas de Microcrédito operadas pelo Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes), durante o ano de 2020, atingiram volume recorde de liberações na história do banco, no valor total de R$ 103 milhões em concessões de crédito, para mais de 11,5 mil pequenos empreendedores de todas as regiões do Espírito Santo.

Devido aos impactos econômicos causados pela pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), o Microcrédito foi um mecanismo muito importante de apoio ao empreendedorismo capixaba. O Banestes operou linhas de microcrédito emergencial, com condições especiais, por meio do Programa Nossocrédito e em parceria com a Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes).

Além disso, o banco realizou a operação da linha de microcrédito de até R$ 5 mil a juros zero, com a garantia do Fundo de Aval, mecanismo garantidor à contratação de operações do crédito criado pelo Governo do Estado do Espírito Santo, em parceria também com o Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes).

O presidente do Banestes, José Amarildo Casagrande, celebra o resultado e enfatiza a atuação de destaque do Banestes no cenário nacional, nas operações do microcrédito. “O Banestes é uma referência em microcrédito no Brasil. Por meio da operação das linhas, fazemos a diferença na vida dos capixabas, na oferta de crédito com condições diferenciadas aos empreendedores de menor porte, até mesmo aos informais, que não possuem renda comprovada. Temos o compromisso de atuar em prol do fortalecimento econômico do Espírito Santo”, destaca Casagrande.

Em 2020, o produto teve seus processos modernizados, para tornar os trâmites ainda mais ágeis. Para 2021, a expectativa é a permanência da atuação emergencial, enquanto perdurar a situação de calamidade pública, e de mais investimentos em prol da digitalização dos processos de Microcrédito, além de novas imersões e treinamentos com as equipes da Rede de Agências do Banestes, para aprimorar ainda mais os atendimentos aos capixabas.

Sobre o Programa Nossocrédito

O Programa Nossocrédito, do Governo do Estado, é fruto da parceria entre Banestes, Aderes, Bandes, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Espírito Santo (Sebrae-ES) e prefeituras.

O Nossocrédito está presente em todos os 78 municípios do Estado, oferecendo crédito produtivo de maneira simples e com taxas reduzidas, além de fornecer orientação técnica aos empreendedores capixabas.

Projeto Crescemos Juntas

Em dezembro de 2020, o Governo do Estado, por meio da Aderes e do Banestes, anunciou ainda o lançamento do Projeto Crescemos Juntas, que oferece, além da assessoria de especialistas, linhas especiais de microcrédito para empreendedoras capixabas. O projeto tem como objetivo fomentar o empreendedorismo feminino no Estado.

Duas novas linhas especiais de microcrédito foram disponibilizadas pelo Banestes para o Projeto Crescemos Juntas. As linhas de crédito destinam-se, exclusivamente, para as mulheres que participarem das capacitações realizadas na trilha do empreendedorismo, ofertadas pelo Programa Agenda Mulher.

Informações completas estão disponíveis em:
https://www.banestes.com.br/informes/2020/2020_12_11_01.html

 

Comentários Facebook
Propaganda

Estado

Detran|ES divulga resultado do programa CNH Social

Publicados

em


O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) divulgou a lista com os nomes dos 3 mil selecionados na 1ª fase do programa CNH Social às 12h desta terça-feira (13). A relação está disponível no site www.detran.es.gov.br.

O programa atraiu 59.064 interessados em obter de forma totalmente gratuita a Primeira Habilitação nas categorias A (moto) ou B (carro), fazer a mudança de categoria para D (van, micro-ônibus, ônibus) ou E (caminhão e carreta) ou para a adição de categoria A ou B.

A lista contempla candidatos selecionados de forma eletrônica, de acordo com os critérios estabelecidos pelo programa, que consideram, com base nos dados informados pelo cidadão no Cadastro Único, a menor renda per capita, maior número de componentes no grupo familiar, candidatos com Ensino Fundamental completo, beneficiário do Bolsa Família e data e hora de inscrição. Entre os candidatos que se declararam Pessoa com Deficiência (PCD), poderão ser contemplados somente aqueles cuja deficiência não impeça a obtenção da CNH, na forma da legislação de trânsito vigente.

O diretor geral do Detran|ES, Givaldo Vieira, reforça o papel do programa CNH Social especialmente neste ano, como parte do pacote de medidas sociais apresentadas pelo governador Renato Casagrande como uma das ações de proteção social de enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus. “Em cada etapa do programa CNH Social disponibilizamos habilitação gratuita para os capixabas com baixa renda não apenas para formar mais condutores, mas também para que essas pessoas assumam o compromisso com um trânsito mais seguro, já que temos uma etapa de sensibilização que não acontece no processo tradicional, e, principalmente, como um diferencial no mercado de trabalho. Quem não foi selecionado agora ainda tem a chance de ser chamado na lista de suplentes e também de se inscrever nas etapas seguintes”, afirma.

O programa CNH Social é uma iniciativa para que as pessoas de baixa renda no Estado possam ter formação e serem sensibilizadas sobre a importância da proteção da vida no trânsito, além de capacitação a partir da obtenção de uma carteira de motorista, com vistas ao mercado de trabalho.

Também serão abertas, ainda neste ano, mais 2.500 vagas na 2ª fase do programa, em junho, e outras 2.500 na 3ª fase, em setembro, totalizando 8 mil carteiras de motorista e um investimento de R$ 11 milhões em 2021.

Prazos

Os candidatos selecionados nesta fase deverão obedecer aos prazos de abertura e conclusão das etapas do processo de Habilitação. A partir da publicação da relação final dos selecionados, nesta terça-feira (13), o candidato à Habilitação selecionado no programa terá 15 dias para realizar a matrícula on-line no site www.detran.es.gov.br, na aba ‘CNH Social’. O interessado deverá preencher os requisitos solicitados para ter acesso à informação de em qual Centro de Formação de Condutor (CFC) realizará a abertura do seu processo de habilitação, junto ao Sistema RENACH, bem como os documentos necessários que deverá providenciar.

O candidato que não respeitar os prazos estabelecidos será desclassificado, perderá o benefício e o Detran|ES convocará os candidatos suplentes, em ordem classificatória.

Chance para suplentes

Para aqueles candidatos que não forem selecionados nessa lista, haverá uma nova oportunidade de ser contemplado. No dia 1º de junho, às 12 horas, será divulgada uma chamada única de suplentes no site do Detran|ES. O objetivo é preencher as vagas remanescentes após desclassificação de candidatos que não respeitarem os prazos estabelecidos no processo de Habilitação.

Serviço:

– Lista dos 3 mil selecionados na primeira fase do programa CNH Social 2021: Confira aqui 

– Lista única de suplentes: dia 1º de junho, às 12 horas, no site do Detran|ES.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Detran|ES
Rhayan Esteves / Fabricia Borges / Fátima Negrelli / Zu Coelho
[email protected]

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana