conecte-se conosco


Nacional

Bolsonaro diz que decidiu “não tomar mais a vacina” contra Covid-19

Publicados

em

 

 

source
Bolsonaro diz que decidiu

Bolsonaro diz que decidiu “não tomar mais a vacina” contra Covid-19 – Reprodução: iG Minas Gerais

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou na manhã desta quarta-feira (13), em entrevista à Rádio Jovem Pan, que optou por “não tomar mais a vacina” contra o novo coronavírus. A justificativa, segundo o mandatário, é a de que seus anticorpos já estão em níveis satisfatórios.

“No tocante à vacina, decidi não tomar mais a vacina. Estou vendo novos estudos, estou com a minha imunização lá em cima, IgG (anticorpos) está 990, para quê vou tomar a vacina? Para mim, a liberdade acima de tudo. Se o cidadão não quer tomar a vacina, é um direito dele e ponto final. Seria a mesma coisa que você jogar R$ 10 na loteria para ganhar R$ 2. Não tem cabimento isso”, ressaltou Bolsonaro.

No dia primeiro de abril de 2021, durante sua live, o presidente havia declarado que sua decisão ocorreria após a campanha de imunização e que ele seria o “último brasileiro” a decidir se optaria ou não pela vacina.

“Está uma discussão agora se eu vou me vacinar ou não vou me vacinar. Eu vou decidir. O que eu acho? Eu já contraí o vírus. Eu acho que deve acontecer: depois que o último brasileiro for vacinado, se tiver sobrando uma vacina, então eu vou decidir se me vacino ou não. Esse é o exemplo que um chefe deve dar. Igual no quartel. Geralmente o comandante é o último a se servir”.

Comentários Facebook
Propaganda

Nacional

Novo serviço: saiba como reconhecer firma pela internet

Publicados

em


source
Cartórios permitem o reconhecimento de firma pela internet
Pixabay

Cartórios permitem o reconhecimento de firma pela internet

O Colégio Notarial do Brasil lançou no último dia 18 um serviço que promete facilitar a vida dos brasileiros. Agora, o reconhecimento de firma por autenticidade, antes feito só presencialmente, está disponível pela internet.

Para conseguir fazer o procedimento, é preciso ter firma aberta no cartório escolhido, e ter emitido assinatura digital – que não tem custo, no mesmo tabelionato.

Como é feito

Para realizar o reconhecimento de firma por autenticidade online, o cidadão deve escolher um Cartório de Notas na relação disponível em www.e-notariado.org.br, e as partes envolvidas devem assinar o documento original e enviá-lo à unidade pelo correio ou presencialmente.

Leia Também

Em seguida, o Tabelião agenda uma videoconferência para confirmar a identidade e capacidade civil do solicitante. Em seguida, o cidadão assina um termo de validação eletronicamente, e a firma autêntica do documento original é reconhecida.

O Cartório então disponibiliza o documento para retirada ou para que seja entregue ao destinatário.

Por enquanto, apenas o reconhecimento de firma por autenticidade, onde o cidadão vai presencialmente ao Cartório assinar o documento diante de um Tabelião pode ser feito virtualmente.

O reconhecimento por semelhança, feito nos Cartórios, onde a assinatura é confrontada com a depositada na ficha de firma armazenada no local permanece sendo feito apenas de forma física. Em 2022, o Colégio Notarial do Brasil planeja lançar uma nova modalidade, o reconhecimento de assinatura eletrônica.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana