conecte-se conosco

Entretenimento

Bruna Marquezine desabafa sobre problemas psicológicos: “terapia era urgência”

Publicado

source

Bruna Marquezine revelou que já lidou com diversos problemas psicológicos, como distúrbio alimentar, de imagem e depressão . A atriz ainda contou que só buscou ajuda profissional quando já estava mal e afirmou que a melhor parte da terapia vem depois de superada a tempestade, pois é lá que você se conhece e aprende.

Bruna Marquezine arrow-options
Reprodução/Instagram

Bruna Marquezine












Leia também:Bruna Marquezine discute com fãs: “Deduzindo coisas sem saber de nada”

“Eu, infelizmente, busquei a terapia num momento em que já estava depressiva. Era uma urgência. Tive distúrbio alimentar, distúrbio de imagem e estava muito mal. Você quer sair dali, daquele lugar e não sabe como, mas quer também entender o que a levou àquilo”; revelou Bruna Marquezine,  durante a entrevista a revista Cidade Jardim .

Bruna ainda falou sobre como ter acompanhamento psicológio é funamental e criticou a vida fútil, só de aparências.

Leia também: Bruna Marquezine se hospeda em hotel de sultão que condena homossexuais

“Acho que o momento mais interessante da terapia é o de agora: o acompanhamento. É onde você, passada a crise, realmente desenvolve ferramentas para se entender e se relacionar. Acho que a gente é tão mais útil quando se entende. Terapia é o maior investimento que você pode fazer em si mesma.”.

“Fui aprendendo que nós oferecemos mais para o outro quando dividimos as nossas experiências reais. Não essa coisa maquiada do dia a dia, uma porcentagem tão pequena de uma vida supostamente perfeita. Não sobre uma pele maravilhosa que sai com água e sabão ou um cabelo cheio de megahair colado.”, a atriz falou sobre saber dar valor aos defeitos e fraquezas.

Leia também: Apaixonada? Bruna Marquezine cita Neymar em brincadeira e fãs ficam intrigados

“Posso ajudar mais dividindo a minha fraqueza, a minha vulnerabilidade. Acho que existe muita força em ser vulnerável, em você mostrar para o outro onde você é falho, o que já aprendeu, o que pode melhorar”, disse Bruna Marquezine .

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
publicidade

Entretenimento

Jornalista da CNN dá show de homofobia ao falar sobre doação de sangue

Publicado


source

Leandro Narloch virou assunto por conta de um comentário dele durante a exibição do programa “Live CNN” desta quarta-feira (8). O comentarista afirmou ao vivo que a decisão do Supremo Tribunal Federal que libera homossexuais para doarem sangue é uma “mudança pequena” na sociedade e que “gays têm uma chance muito maior de ter Aids”. 


“A mudança na verdade é pequena, ela vai restringir mais a conduta, e não o tipo de pessoa, a opção sexual (sic) do indivíduo. Toda essa polêmica começou porque, não há dúvida disso, os gays, os homens gays, eles têm uma chance muito maior de ter Aids, né? Em 2018, uma pesquisa mostrou que 25% dos gays de São Paulo eram portadores de HIV”, começou Narloch, sem citar a fonte da pesquisa em questão.

“Mesmo que esse número seja exagerado, e de fato ele parece mesmo exagerado, o fato é que é dezenas de vezes maior, maior a chance do que na população geral. A questão é que outros critérios para exclusão já restringem os gays que têm comportamento promíscuo, né?”, continuou Leandro, piorando mais ainda a situação.

Os apresentadores do programa, Marcela Rahal e Phelipe Siani, ficaram sem reação diante das frases ditas pelo comentarista. “Bom, é… A gente acabou de falar sobre essa mudança de protocolo. 2020 e só agora a gente teve retirado de fato esse impedimento de homossexuais fazendo doação de sangue”, falou Siani. “Gente!”, limitou-se a falar Marcela, mudando repentinamente de assunto.

Na internet, a fala do jornalista da CNN Brasil foi bastante criticada. “Rapaz, nunca ouvi tanta merda na minha vida. E olha que acompanho Bolsonaro desde 2013, mas essa supera todas as merdas que o presidente já disse”, disse um usuário do Twitter.


Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana