conecte-se conosco

Cidades

Cachoeiro é a segunda cidade mais competitiva do ES, mostra ranking

Publicado

Foram analisados 55 indicadores, em várias áreas; dados são referentes a 2019. Foto: Divulgação/PMCI

 

A segunda cidade mais competitiva do Espírito Santo é Cachoeiro de Itapemirim, de acordo com a primeira edição do Ranking de Competitividade dos Municípios, lançada, nesta semana, pelo Centro de Lideranças Públicas (CLP), em parceria com a startup Gove e com o Sebrae.

No estado, o município ficou atrás apenas da capital, Vitória, e, na região Sudeste do país, está entre os 100 mais competitivos, na 90ª colocação.

O levantamento avaliou as 405 cidades brasileiras com mais de 80 mil habitantes, a partir de 55 indicadores, organizados em três dimensões (instituições, sociedade e economia) e 12 pilares, como qualidade e acesso à saúde e educação, segurança, saneamento e meio ambiente, inserção econômica, sustentabilidade fiscal e funcionamento da máquina pública. Os dados analisados são referentes a 2019.

De acordo com a publicação, a “definição de competitividade sob a ótica da gestão pública diz respeito à capacidade de planejamento, articulação e execução por parte do poder público, em seus territórios de responsabilidade, na promoção do bem-estar social, atendimento às necessidades da população e geração de um ambiente de negócios favorável”.

“A competitividade é um fator que favorece a atração de investimentos produtivos para os municípios. Por isso, é importante a presença de Cachoeiro nesse ranking, em posição de destaque nos recortes estadual e regional: ganhamos visibilidade junto a potenciais investidores. Além disso, o levantamento mostra que investir na melhoria do serviço público e da infraestrutura, como temos feito, é o caminho para nos tornarmos ainda mais competitivos e desenvolvidos”, avalia o prefeito Victor Coelho.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Período de envio de contribuições para o novo PDM segue até 11 de dezembro

Publicado


Sugestões devem ser encaminhadas por e-mail
Foto: Divulgação/PMCI

Os moradores de Cachoeiro de Itapemirim podem continuar enviando suas contribuições para o processo de revisão do Plano Diretor Municipal (PDM), por e-mail ([email protected]), até o próximo dia 11 de dezembro. A terceira audiência pública sobre tema foi realizada na última segunda-feira (30), em formato híbrido – presencial e telepresencial.

De acordo com Jonei Petri, secretário de Desenvolvimento Urbano, o prazo para a participação popular foi estendido a fim de possibilitar que a população possa apresentar o maior número de contribuições possíveis no processo de construção do novo PDM. “O novo Plano Diretor Municipal será resultante de um pacto social, por isso, é importante que a população participe ativamente”, destaca.

O cidadão cachoeirense também pode continuar acompanhando todas as informações sobre a revisão do PDM na página da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Semdurb), no portal www.cachoeiro.es.gov.br (acesso pela aba “secretarias”). A gravação da terceira audiência pública pode ser conferida aqui – o vídeo, junto com a apresentação e a ata da audiência, serão disponibilizados na página da Semdurb em breve.

“Nessa página, é colocado todo o material produzido durante o processo de revisão, sendo possível acessar as atas, fotos e apresentações, para permitir o acompanhamento e monitoramento de todo o trabalho pela população”, acrescenta o secretário.

Vale lembrar que não há limite para o número de participações de uma mesma pessoa. Assim, mesmo aqueles que já contribuíram poderão apresentar mais opiniões e sugestões por e-mail.

O prefeito Victor Coelho lembra que, em 2017, foi realizada a formação de grupo técnico para a revisão do Plano Diretor Municipal (PDM) e, de lá para cá, a construção democrática desse regramento fundamental para a cidade de Cachoeiro tem se consolidado.

“A própria população está ajudando a definir as diretrizes em relação à infraestrutura, à mobilidade urbana, à sustentabilidade e ao crescimento econômico, o que impactará, diretamente, no desenvolvimento do nosso município nos próximos anos”, explica Victor Coelho.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana