conecte-se conosco

Cidades

Cachoeiro perde Dona Canutinha, mestra de caxambu

Publicado

A certa altura do samba “Caxambu”, Almir Guineto cantava que “o tambor tá batendo é pra valer”. Na alegria ou na tristeza, certamente. Hoje, porém, os tambores batem, em Cachoeiro de Itapemirim, em tom de luto. O município perdeu uma de suas mais importantes mestras da cultura popular. Faleceu nesta sexta-feira (6), aos 81 anos, Dona Canutinha.

Reconhecida pela prefeitura como patrimônio vivo da cidade, por meio da Lei Mestre João Inácio, e mestra do Caxambu Alegria de Viver (da comunidade quilombola de Vargem Alegre, no distrito de São Vicente), Canuta Caetano – seu nome de batismo – morreu no início da tarde, na Santa Casa de Cachoeiro, após sofrer duas paradas cardiorrespiratórias. Diagnosticada com pneumonia, ela estava internada na unidade desde a quarta-feira (4).

O velório será nesta sexta, a partir das 18h, no centro comunitário de Vargem Alegre. O enterro acontecerá no sábado (7), às 14h, no cemitério da localidade de Tapera, também em São Vicente.

Leia mais:  Jogos da Copa Vila Velha de Futebol Infantil agitam feriadão

Agricultora e líder comunitária, Dona Canutinha vinha da tradição do caxambu desde menina. Com a morte dos pais e dos avós, assumiu definitivamente a liderança do grupo junto aos seus outros 12 irmãos.

“Dia triste para a cultura popular de Cachoeiro. Nossos sentimentos à família e amigos dessa querida líder comunitária e mestre do caxambu”, escreveu o prefeito Victor Coelho, em postagem publicada em seu perfil no Facebook, nesta sexta.

Também via redes sociais, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) expressou condolências. “A diretoria do @iphangovbr, em nome de seus colaboradores, presta solidariedade à família. Acreditamos que seus ensinamentos e sua força perpetuarão naqueles que a conheceram”, postou o órgão.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Vagas abertas para curso de Inglês no Cras do Centro

Publicado

De: Secretaria de Assistência Social
Texto: Érico Miranda| Foto: Divulgação
Criado: 26 de janeiro de 2020

A Prefeitura de Vila Velha está realizando oficinas gratuitas de Inglês no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do Centro. As inscrições estão abertas.
 
Para participar, o interessado ou interessada deve ter 10 anos de idade ou mais. A matrícula é feita presencialmente no Cras do Centro (confira o endereço da unidade, abaixo) nos dias e horários do curso.
 
Para se matricular, basta apresentar documento de identidade (Registro Geral-RG), comprovante de residência (no caso de menores de 18 anos que não possuam RG) à instrutora de Inglês, Ágata Kinsk Oliveira.
 
Há três turmas disponíveis: das 9 horas às 10h30; das 10h40 às 11h40; e das 13 horas às 13h50. As aulas são ministradas às segundas e quartas-feiras. São abertas 10 vagas para cada turma.
 
A Secretaria Municipal de Assistência Social tem o objetivo de expandir a ação para o Cras de Jardim Asteca e para a Casa Lar Feminina, localizada em Novo México.  
 

Leia mais:  Prefeitura de Cachoeiro convoca candidatos classificados em processo seletivo

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana