conecte-se conosco


Entretenimento

Capixaba Danuza Leão morre aos 88 anos no Rio de Janeiro

Publicados

em

 

source
Danuza Leão

Danuza Leão – Reprodução/Instagram

A jornalista, escritora e ex-modelo Danuza Leão morreu nesta quarta-feira (22), aos 88 anos. Danuza estava internada na Clínica São Vicente, na Gávea, Zona Sul do Rio, onde tratava de problemas respiratórios. Nascida em Itaguaçu, no Espírito Santo, ela mudou-se com a família aos 10 anos de idade para o Rio. Aos 17, começou a carreira de modelo profissional, na década de 1950, e foi a primeira brasileira a desfilar no exterior. Irmã da cantora e compositora Nara leão, acompanhou de perto o surgimento da bossa nova no apartamento de seus pais, o célebre 303 do edifício Palácio Champs Élysées, na Avenida Atlântica, em Copacabana.

Aos 20 anos, Danuza casou-se com o jornalista Samuel Wainer, o fundador do jornal Última Hora, que tinha o dobro de sua idade. O casal teve três filhos: a artista visual Pinky Wainer, o distribuidor cinematográfico Bruno Wainer e o jornalista Samuel Wainer Filho, que morreu em um acidente de carro em 1984, aos 29 anos. Danza era avó do ator Gabriel Wainer, do fotógrafo e cineasta João Wainer e da artista visual Rita Wainer. Depois de Samuel Wainer, Danuza casou-se com o compositor e cronista Antônio Maria e com o jornalista Renato Machado. Após o estouro da onda Disco no Rio, ela tornou-se uma das maiores promoters da noite carioca, em boates como a Hippopotamus e a Regine’s.

Foi colunista no Jornal do Brasil e na Folha de S. Paulo, antes de assinar uma coluna na Revista Ela, do GLOBO, entre 2017 e 2019. Autora de oito livros, como os best sellers “Na sala com Danuza” (1992) e “É tudo tão simples” (2011). A autobiografia “Quase Tudo” (2005) e “Fazendo as malas” (2008) lhe renderam o Prêmio Jabuti. Danuza foi ainda jurada de programa de TV, entrevistadora, dona de butique e produtora de arte. Também colaborou em novelas da TV Globo e atuou no cinema, em filmes dirigidos pelo amigo Glauber Rocha, como o clássico do cinema novo “Terra em transe” (1967) e “A idade da Terra” (1980).

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

Entretenimento

Denise Rocha, ‘Furacão da CPI’, cria perfil em site adulto: ‘Pediram’

Publicados

em

source
Denise Rocha, 'Furacão da CPI', cria perfil em site adulto: 'Pediram'
Reprodução

Denise Rocha, ‘Furacão da CPI’, cria perfil em site adulto: ‘Pediram’

Denise Rocha, que ficou famosa em 2012 como “A Furacão da CPI”, é a mais nova famosa a entrar no OnlyFans, plataforma de conteúdo adulto que vende nudes na web.

Após chocar a web ao surgir nas redes sociais completamente “repaginada”, a modelo de 38 anos anunciou nesta segunda-feira que criou uma conta no site adulto.

“Vocês tanto pediramm eu fiz meu OnlyFans”, escreveu ela na legenda de um vídeo picante, em que aparece de fio dental e meia calça.

Em março, Denise chocou a web ao reaparecer irreconhecível. Na ocasião, ela explicou ao EXTRA que se submeteu a alguns procedimentos estéticos. Ela realizou um peeling de fenol, que tem como o objetivo “rejuvenescer seu rosto”. O objetivo da modelo era ficar com “um rosto mais feminino”. Para isso, ela retirou o ácido hialurônico que havia colocado há anos atrás, com o auxílio de uma enzima chamada de hialuronidase.

“Eu fiz o inverso da maioria das pessoas. Minha médica retirou o ácido hialurônico com uma enzima chamada hialuronidase, depois ela refez a harmonização de uma forma mais delicada e feminina. Também fiz peeling de fenol que rejuvenesceu bastante. Antigamente não existia a hialuronidade para retirar”, relatou ela ao EXTRA, em recente entrevista ao EXTRA.

“Eu tinha feito, e com o tempo eu vi que não tinha ficado legal. Encontrei uma biomédica que retirou o produtor e refez. Refiz a boca, o peeling de fenol… Fiz tudo aos poucos. Como eu fiquei muito sem aparecer, as pessoas se assustam, né? Mas foi uma coisa bem gradativa, mas eu não pretendo mudar mais nada, não. Ah. e não aumentei os seios, eles sempre foram grandes (risos)”, explicou.

A loira, que mora em Brasília, também passou por uma harmonização facial, com preenchimento no rosto, lábios nariz e mandíbulas e nas famosas “maçãs do rosto”.

A advogada ficou famosa após o vazamento de um vídeo íntimo na época em que era uma das testemunhas de um inquérito na Câmara dos Deputados e assessora parlamentar. Na ocasião, ganhou fama e foi capa da revista masculina “Playboy” de setembro de 2012. Foi musa da escola de samba Mocidade, no Rio, e vice-campeã da sexta edição do reality show “A fazenda”.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana