conecte-se conosco

Mulher

Carne está cara? Use o ceviche – queridinho de Kate Middleton – para emagrecer

Publicado

source

Você sabia que o ceviche, além de delicioso, pode te ajudar a emagrecer rapidamente e com saúde? A inserção do prato peruano – feito com peixe cru e limão – traz benefícios aprovados, inclusive, pela duquesa Kate Middleton, que utilizou o prato, um dos seus preferidos, na dieta para perder peso após a gravidez.  

Leia mais: estas são as 3 melhores dietas para perder peso de acordo com ranking mundial

ceviche arrow-options
shutterstock

Tradicional e delicioso, o ceviche pode ser grande aliado da dieta

No Brasil, a receita voltou a ganhar atenção dos nutricionistas após a alta recente no preço da carne vermelha, que rende uma atenção especial aos peixes por uma questão de economia e, nesse caminho, possibilita preparos criativos do pescado, como o ceviche

Leia mais: Por que a sua dieta não está dando certo? 

De acordo com a nutricionista Edvânia Soares, da Estima Nutrição, um dos maiores benefícios da dieta – que propõe o consumo do prato de duas a três vezes por semana – é “a ideia é diminuir a absorção de gordura dos lanches mais calóricos com o consumo do peixe , que traz sociedade, e do limão, que acelera o metabolismo e ajuda em vários aspectos”. 

Leia mais:  Horóscopo do dia: previsões para 04 de novembro de 2019

Com essa combinação, a promessa é de uma refeição leve , desintoxicante e principalmente pouco calórica, já que uma porção de ceviche conta com apenas 140 calorias. “Para um emagrecimento saudável, porém, é importante lembrar que não estamos falando de uma dieta restritiva, mas de uma mudança de hábitos”, diz a nutricionista. 

Ou seja, para Edvânia, comer mais peixes e alimentos crus durante a semana e trazer o prato para o nosso cotidiano faz muito bem, mas a dieta não deve ser um cronograma obrigatório a ser seguido. “O que acontece nesse tipo de modelo é que, por não conseguir incorporar nas suas vidas, as pessoas acabam abandonando e engordando novamente”, comenta. 

Leia mais: Dieta saudável: afinal, o que você deve fazer no seu dia-a-dia

Quais cuidados eu devo tomar na dieta do ceviche? 

Se você pretende inserir o preparo de peixes crus na sua dieta, porém, é importante prestar atenção em alguns pontos importantes, como higiene e armazenamento do pescado. De acordo com Edvânia, “o peixe pode ser um alimento perigoso pois tende a esconder facilmente algumas características quando está estragado. Ou seja, por fora pode parecer fresco, mas está fora da validade”, diz.

Leia mais:  Horóscopo do dia: previsões para 2 de janeiro de 2020

Por isso, a profissional alerta: “A partir da compra, o peixe fresco tem 24h de validade e deve ser consumido antes disso”, diz. Também existe o risco da contaminação por mercúrio, concentração de metal muito comum nos pescados e que, em excesso, pode fazer mal aos humanos. 

Como preparar o ceviche? 

Simples, gostoso e cheio de tradição, o ceviche pode ser feito em poucos minutos e longe do fogão. Entre os temperos mais utilizado, estão alguns que também combinam ótimas propriedades desintoxicantes, como a pimenta, coentro e cebola roxa, mas nada te proíbe de inovar no preparo. 

No canal iG Receitas, há algumas opções do prato, que possui versões diferentes e saudáveis: 

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
publicidade

Mulher

Vai fazer a dieta cetogênica? Cuidado com estes quatro erros comuns

Publicado

source

Para perder peso, muitos estão apostando na popular dieta cetogênica . Ela consiste em não comer mais de 30g de carboidratos por dia, ingerindo uma grande quantidade de gordura boa, carne, laticínios, nozes e óleos. Apesar de oferecer um emagrecimento rápido , adotá-la pode ser arriscado. Principalmente se você cometer alguns deslizes.

Leia mais: Você pode estar seguindo uma das três piores dietas para 2020; veja quais são

Se o corpo está acostumado a altos percentuais de carboidrato e de repente passa a ter níveis muito baixos%2C essa mudança drástica pode levar o corpo a adoecer arrow-options
shutterstock

Se o corpo está acostumado a altos percentuais de carboidrato e de repente passa a ter níveis muito baixos, essa mudança drástica pode levá-lo a adoecer


Em relação a outras dietas, podemos afirmar que a cetogênica é provavelmente a mais radical . De acordo com o portal The Sun , famosas como Kim Kardashian e Gwyneth Paltrow perderam peso através dessa medida. No entanto, Terri-Ann, musa fitness e autora de livros sobre o tema, afirma que o método não é o mais sustentável das dietas. 

A dieta cetogênica funciona fazendo com que o corpo queime sua própria reserva de gordura, colocando-o num estado chamado cetose . O problema é que esse é um estado  “não natural” e muito difícil de manter. 

“É uma dieta muito baixa em carboidratos e com muita gordura”, afirma Terri-Ann. “Isso significa que o corpo usa gordura para energia em vez de carboidratos. Embora funcione para alguns, geralmente não a recomendo, porque muitas pessoas não conseguem sustentá-la a longo prazo”.

Leia mais:  Horóscopo do dia: previsões para 15 de dezembro de 2019

Leia mais: 8 dicas definitivas de profissionais que vão te mostrar como definir o abdômen

A nutricionista Helen Bond também comentou que remover quase que completamente os carboidratos da dieta pode trazer complicações na saúde . “O objetivo da cetogênica é forçar o corpo a usar a gordura como sua principal fonte de energia – quando isso acontece, a pessoa produz cetonas.”

“Elas servem para alimentar partes do corpo que não podem usar a gordura como fonte de energia, como o cérebro”, lembra. “Os efeitos colaterais disso são cansaço, fadiga, mau humor, falta de concentração e mau hálito”.

Além da dificuldade em ser mantida e efeitos colaterais, alguns erros geralmente cometidos nessa dieta podem trazer risco à saúde. Confira:

1. Cortar drasticamente os carboidratos 

O corte repentino de carboidratos da dieta pode levar a doenças arrow-options
shutterstock

O corte repentino de carboidratos da dieta pode levar a doenças


Se o seu corpo é acostumado a altos níveis de carboidrato e de repente passa a ingerir baixíssimas quantidades, ele vai sentir o impacto de uma mudança drástica. Nesse momento, a pessoa pode adoecer e vir a contrair uma ” gripe cetogênica “. Por isso, é mais seguro diminuir aos poucos.

Leia mais:  Famosas usam acessórios na praia; veja 5 ideias que são tendência

2. Não beber água suficiente 

A água ajuda a limpar o organismo e é essencial em qualquer dieta arrow-options
shutterstock

A água ajuda a limpar o organismo e é essencial em qualquer dieta


O corpo é “limpo” com muito líquido, especialmente ao perder massa gorda. Ele libera as cetonas na urina, além de substâncias como o sódio. Não beber água pode fazer com que haja retenção de substâncias no organismo e portanto, inchaço. 

3. Não comer os legumes certos

Não ingerir os legumes certos pode impedir o corpo de entrar no estado de cetose arrow-options
shutterstock

Não ingerir os legumes certos pode impedir o corpo de entrar no estado de cetose


Os vegetais também possuem carboidratos, sabia? Ou seja, se você não estiver comendo os legumes certos, pode ser que você não tenha entrado nesse estado de cetose. Por isso, é importante verificar as quantidades de carboidratos presentes nos legumes ingeridos. 

4. Não passar em um médico

Um nutricionista é essencial para orientar na perda do peso arrow-options
shutterstock

Um nutricionista é essencial para orientar na perda do peso



Leia mais: Dietas para emagrecer rápido: veja quais são as que três prometem mais resultado

Antes de começar uma dieta cetogênica , é interessante passar  em um médico nutricionista, principalmente se é a sua primeira vez. Pessoas grávidas ou que estão amamentando não devem se submeter à dieta, pois ela pode gerar insuficiência de nutrientes, não só para a mãe, mas também para o bebê.

Fonte: IG Mulher

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana