conecte-se conosco

Estado

Casagrande anuncia R$ 70 milhões em investimentos na Serra

Publicado

 

.

O município da Serra está recebendo mais de R$ 70 milhões em investimentos do Governo do Estado. Em solenidade virtual realizada nesta segunda-feira (3), o governador Renato Casagrande inaugurou as obras de modernização da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Manguinhos e a implantação de 72 novos quilômetros de redes coletoras. Também foram assinadas as ordens de serviço para a reconstrução e reforma de escolas estaduais, além do convênio para drenagem e pavimentação de diversas ruas do bairro Residencial Jacaraípe.

Para o governador, essa ação reconhece a dimensão da cidade da Serra, atendendo a antigas demandas da comunidade levando mais qualidade de vida à população.  “Estamos fazendo um investimento forte em saneamento em todo o Estado. Proporcionando a melhoria da qualidade de vida e protegendo o meio ambiente e a saúde. Uma obra importante na região de Manguinhos, mas nossa parceria com a Serra vai além, com vários investimentos em infraestrutura viária, moradia e escolas”, afirmou.

Casagrande prosseguiu: “Estou muito feliz em dar o último passo com a ordem de serviço para a construção do novo Aristóbulo Barbosa Leão e devolver a escola à comunidade. Alugamos um prédio, mas vamos dar fim a essa novela que se arrasta e construir essa escola que é uma das mais importantes do Estado. Também estamos entregando drenagem e pavimentação de ruas, levando qualidade de vida aos moradores da Serra”, acrescentou.

Na área da educação, o Governo do Estado vai promover a reforma e ampliação da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Aristóbulo Barbosa Leão, no bairro laranjeiras, e a reforma da Escola Estadual de Ensino Fundamental (EEEF) Francisco Alves Mendes, no bairro Cidade Continental. Serão investidos mais de R$ 12,7 milhões nessas intervenções.

A EEEFM Aristóbulo Barbosa Leão terá a ampliação de 160 vagas, com a construção do bloco principal, com laboratório de química e biologia, laboratório de física e matemática, dois laboratórios de informática, sala técnica, biblioteca com sala de catalogação e arquivo, varanda, sala de professores, copa e banheiros para professores e funcionários, sala de artes, sala multiuso, secretaria, diretoria, sala de pedagogo, duas salas de coordenação e 20 salas de aulas.

Também será construído um bloco com refeitório e cozinha completa e pátio coberto, além de outro bloco com vestiários, sala de dança e depósito de material de esportes, auditório com camarins, banheiros e palco. A área externa já conta com quadra poliesportiva, anfiteatro, depósito de reciclagem e guarita.

A reforma da EEEF Francisco Alves Mendes terá como as principais intervenções e melhorias: a área civil e a reforma na calçada no entorno de toda a unidade escolar, atendendo às normas de acessibilidade e calçada cidadã.

O secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, celebrou a autorização para início das obras e lembrou os desafios para a reconstrução da EEEFM Aristóbulo Barbosa Leão.
“Tudo que era possível de acontecer, aconteceu nessa obra. Estamos dando o último e definitivo passo para finalmente entregar essa escola para a comunidade, que será um grande marco. A Escola Aristóbulo Barbosa Leão será totalmente reformada, uma obra moderna e complexa, que devolve a esperança para alunos, professores e toda comunidade. Governador, mais uma vez seu governo desembaraça e coloca a retomada da reestruturação da rede física das escolas em suas prioridades. Obrigado”, disse.

Infraestrutura

Na ocasião, também foi assinado, por meio da Secretaria de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb), o convênio para a drenagem e pavimentação de diversas ruas do bairro Residencial Jacaraípe, com investimento de R$ 8,24 milhões. Serão beneficiadas as ruas Juscelino Kubistchek, Arthur Bernardes, Deodoro da Fonseca, Floriano Peixoto, Osasco, Campos do Jordão, Guarujá, Travessa A e Campos Sales.

“As obras proporcionarão melhores condições de circulação viária e causarão um grande impacto positivo na qualidade de vida dos habitantes da região”, destacou o secretário de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano, Marcus Vicente.

Serão 2.490 metros de extensão total, com 18.317,93 metros quadrados de pavimentação asfáltica, 4.834,92 metros de meio-fio, 4.959,40 metros de drenagem, 6.523,51 metros quadrados de calçada cidadã, com dois metros de largura e acabamento com ladrilho hidráulico e rampa de acesso, além de 2.069,64 metros quadrados de gramas em placas.

O secretário Marcus Vicente destacou ainda que, além desse novo convênio, a Sedurb tem mais quatro convênios de obras de infraestrutura em execução na Serra, com investimento total de R$ 20,76 milhões. As obras são de urbanização, drenagem, pavimentação, construção de calçadas e ciclovias, paisagismo e implantação de pista de caminhada beneficiando os bairros Parque das Gaivotas, Continental e Civit II, além da Avenida Talma Rodrigues Ribeiro, uma importante via da cidade.

Saneamento

Mais um importante passo rumo à universalização do esgotamento sanitário no município da Serra foi dado pelo Governo do Estado, por meio da Companhia Espírito-Santense de Saneamento (Cesan) e a parceria público-privada (PPP) da Ambiental Serra. Foram concluídas as obras de modernização da ETE Manguinhos e a implantação de 72 novos quilômetros de redes coletoras em diversos bairros.

Com investimentos na ordem de R$ 11 milhões, a ETE Manguinhos passou por obras de melhoria para modernização de sua estrutura, com instalação de equipamentos de última geração que garantem ainda mais eficiência no tratamento do esgoto. A Estação tem capacidade para tratar 290 milhões de litros de esgoto por mês, atendendo a 17 bairros, 22 mil imóveis e aproximadamente 65 mil moradores.

Para o diretor-presidente da Cesan, Carlos Aurélio Linhalis, o Cael, a PPP tem função estratégica no processo de universalização dos serviços de saneamento, alavancando os esforços visando o bem estar social. “Os resultados obtidos no município da Serra atestam que a atuação conjunta entre o público, representado pela Cesan, e o privado é sustentável e demonstra a atenção do governo Renato Casagrande com a redução da desigualdade do acesso aos serviços de saneamento, que estão ligados diretamente a questões de saúde pública, ao desenvolvimento econômico da cidade e de respeito ao meio ambiente”, afirmou.

O município da Serra também recebeu 72 novos quilômetros de rede onde foram aplicados R$ 39 milhões para aumentar a cobertura dos serviços, com isso 16 mil moradores passarão a ter acesso ao sistema de esgotamento sanitário. “A PPP trouxe investimentos e avanços rápidos à Serra, pois em apenas cinco anos de atuação realizou obras de ampliação da rede de esgoto em diferentes regiões da cidade, modernização e melhorias nas ETEs, além de mais de 40 mil novos imóveis conectados à rede”, afirmou o presidente da Ambiental Serra, Justino Brunelli.

ETE Manguinhos

Capacidade de tratamento: 111 litros de esgoto por segundo
Número de bairros atendidos: 17 bairros
Número de imóveis beneficiados: 22 mil
Número de moradores beneficiados: 65 mil

Implantação de novas redes coletoras de esgoto

Novas redes entregues: 72 quilômetros
Números de Estações Elevatórias: 06
Número de imóveis beneficiados: 4.454
Bairros contemplados: Parque das Gaivotas, Lagoa de Jacaraípe, Residencial Jacaraípe e Alterosas, além de parte dos bairros Parque Santa Fé, Praiamar, Serramar e Nova Almeida Centro.

A solenidade virtual teve ainda a participação da vice-governadora Jaqueline Moraes; do prefeito da Serra, Audifax Barcelos; do deputado federal Sérgio Vidigal; dos deputados estaduais Bruno Lamas, José Esmeraldo e Alexandre Xambinho; além de vereadores, gestores da escolas contempladas e de lideranças comunitárias.

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
publicidade

Estado

Avaliação Diagnóstica de Ciências e Física começa nesta quarta (05)

Publicado


.

Começa, nesta quarta-feira (05), a Avaliação Diagnóstica de Ciências, para estudantes do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) e de Física, Química e Biologia para estudantes do Ensino Médio (1ª a 3ª séries), por meio do link de acesso no Google Sala de Aula.

A Avaliação Diagnóstica é um importante momento para levantar evidências e identificar possíveis defasagens de aprendizagens e, a partir da análise dos resultados, ter uma melhor compreensão da turma em relação às habilidades consolidadas para nortear o planejamento, as propostas de intervenções pedagógicas e a continuidade do processo educativo.

As avaliações não serão pontuadas e poderão ser realizadas pelos estudantes em casa, no formato on-line. Aqueles que não tiverem acesso à Internet poderão realizá-las na escola, quando as aulas presenciais retornarem, por meio de equipamentos na unidade de ensino, ou ainda, no formato impresso, caso haja necessidade.

Todo o processo de realização das avaliações pelos estudantes será monitorado pela direção escolar e pela Subgerência de Avaliação Educacional da Sedu, por meio da plataforma do Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação, da Universidade Federal de Juiz de Fora (CAEd/UFJF).

Todo o trabalho foi elaborado pela Secretaria da Educação (Sedu), em parceria com o CAEd/UFJF, tendo como base o Currículo do Espírito Santo (Educação Infantil e Ensino Fundamental), de 2018, e o Currículo Básico Escola Estadual (Ensino Médio), de 2009.

Veja aqui as informações sobre as Avaliações Diagnósticas:

Local: o aluno poderá realizar as avaliações em casa (no formato on-line) e na escola (formato on-line ou impresso) quando as aulas presenciais retornarem. (Quem não conseguir realizar a avaliação neste momento, poderá fazê-la quando as escolas voltarem às atividades presenciais).

Acesso: o link de acesso está disponível dentro de cada turma no Google Sala de Aula.

Monitoramento:  a direção escolar (por meio da plataforma do CAEd) poderá monitorar a realização das avaliações dos estudantes; e a equipe da Subgerência de Avaliação Educacional também realizará o monitoramento de toda a Rede Estadual.

Resultados: as respostas das avaliações realizadas no formato on-line serão coletadas automaticamente. Já as realizadas de forma impressa, no retorno das aulas presenciais, deverão ser lançadas pelo professor aplicador na referida plataforma. Após a realização das avaliações de todos os Componentes Curriculares previstos, as escolas receberão relatórios categorizados por turma, possibilitando identificar as habilidades desenvolvidas e as não consolidadas pelos estudantes.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sedu
Mirela Marcarini / Geiza Ardiçon
(27) 3636-7705 / 7706/ 7707/ 7888 / 99956-2479 / 99802-9043
[email protected] / [email protected]

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana