conecte-se conosco

Estado

Casagrande pede união e responsabilidade em reunião com presidente

Publicado

.

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, participou, na manhã desta quarta-feira (25), de uma reunião por meio de videoconferência entre os governadores dos estados da região Sudeste e o presidente da República, Jair Bolsonaro. Os chefes dos Executivos Estaduais trouxeram questões sobre o enfrentamento ao novo Coronavírus (Covid-19) nas áreas de saúde e econômica. Em sua fala, Casagrande pediu a união dos entes federados sob a liderança do Governo Federal.

“Temos seguido a Organização Mundial da Saúde (OMS) e na hora que o presidente opina e tira o valor da pandemia, causa confusão e dúvida nas pessoas, dificultando nossa ação. É muito bom que a gente possa ter essa reunião para que o Governo Federal assuma a responsabilidade e, juntos, diminuamos o impacto social, econômico e na saúde”, pontuou o governador capixaba.

Para Casagrande é importante uma coordenação nacional para resolver algumas dificuldades que afetam hoje os Estados, como a distribuição de vacinas contra a influenza e a aquisição de testes rápidos para o diagnóstico novo Coronavírus e de respiradores para a abertura de novos leitos de UTI. “Estamos trabalhado em conjunto com o Ministério da Saúde, que tem seguido as orientações da OMS e com o ministro [da Infraestrutura] Tarcísio Freitas para garantir o transporte de carga para que não se interrompa o abastecimento das cidades”, disse.

O impacto da crise sobre as pessoas mais pobres e o fortalecimento da área social também foram colocados em pauta pelo governador Casagrande, que pediu o fortalecimento do valor destinado à área social e a recomposição do Fundo de Participação dos Estados.

Sobre as medidas adotadas no Estado do Espírito Santo, que seguem as recomendações da OMS, Casagrande comentou: “Gostaria que essa pandemia que atingiu a Ásia, a Europa, os Estados Unidos e tem atingido o Brasil não tivesse impacto à saúde das pessoas e na economia. Mas, por questão de responsabilidade, não posso pagar para ver e as decisões que temos tomado são na direção para que possamos conter a proliferação do vírus, que possamos achatar a curva e que o sistema de saúde possa dar conta”, destacou.

Casagrande colocou o Espírito Santo à disposição para trabalhar em um ambiente de cooperação: “Queremos com essas ações mais fortes, fazer a barreira ao vírus e, que daqui uns dias, possamos atuar verticalmente como sugere o presidente”, disse, recebendo a concordância dos governadores de Minas Gerais, Romeu Zema; do Rio de Janeiro, Wilson Witzel; e de São Paulo, João Dória, que participaram da videoconferência.

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
publicidade

Estado

Secretaria da Saúde divulga 30º boletim da Covid-19

Publicado

.

O Espírito Santo tem 60 casos confirmados do novo Coronavírus (Covid-19) até esta sexta-feira (27). Um novo caso, que totalizaria 61, pertence a um paciente morador do Rio de Janeiro que possui empresa em solo capixaba e procurou serviço de saúde local. A confirmação desse paciente já foi repassada ao seu estado de origem pelo Centro de Informações Estratégicas e Respostas em Vigilância em Saúde (CIEVS), da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Até o momento o Espírito Santo permanece com transmissão local.

Dos casos confirmados, 12 pacientes já estão curados, 42 estão em isolamento residencial e seis estão internados, sendo três em Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

A Sesa lembra que os dados pessoais dos pacientes são invioláveis de acordo com a Constituição Federal, estando protegidos por sigilo pela Lei 13.709/2018 (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais), sendo vedada inclusive a divulgação de bairros em que se localiza a residência dos casos suspeitos ou confirmados. A violação destes direitos está sujeita a responsabilização administrativa, cível e criminal.
 

Município de

Residência

Caso

confirmado

Caso

descartado

Caso

suspeito

Total

Afonso Cláudio

0

1

0

1

Água Doce do Norte

0

1

2

3

Alegre

0

2

1

3

Alfredo Chaves

0

3

2

5

Anchieta

0

1

5

6

Apiacá

0

0

20

20

Aracruz

0

6

4

10

Atílio Vivacqua

0

2

1

3

Barra de São Francisco

0

2

3

5

Boa Esperança

0

1

0

1

Bom Jesus do Norte

0

0

10

10

Cachoeiro de Itapemirim

1

12

22

35

Cariacica

1

46

86

133

Castelo

1

4

3

8

Colatina

0

10

14

24

Divino de São Lourenço

0

1

0

1

Domingos Martins

0

5

5

10

Dores do Rio Preto

0

0

1

1

Ecoporanga

0

0

1

1

Fundão

0

0

11

11

GoverandorLindenberg

0

0

1

1

Guaçuí

0

2

3

5

Guarapari

1

13

6

20

Ibiraçu

0

0

1

1

Iconha

0

0

4

4

Itaguaçu

0

0

1

1

Itapemirim

1

2

0

3

Itarana

0

1

1

2

Jaguaré

0

2

1

3

Jerônimo Monteiro

0

1

1

2

João Neiva

0

0

3

3

Laranja da Terra

0

1

0

1

Linhares

4

46

84

134

Mantenópolis

0

0

1

1

Marataízes

0

3

2

5

Marechal Floriano

0

0

3

3

Marilândia

0

0

5

5

Mimoso do Sul

0

0

5

5

Montanha

0

0

2

2

Muniz Freire

0

0

2

2

Muqui

0

0

1

1

Nova Venecia

0

4

2

6

Pancas

0

0

2

2

Pedro Canário

0

0

1

1

Pinheiros

0

2

7

9

Piúma

0

3

9

12

Ponto Belo

0

1

0

1

Rio Bananal

0

1

3

4

Rio Novo do Sul

0

0

2

2

Santa Maria De Jetiba

0

5

1

6

Santa Teresa

1

1

0

2

São Gabriel da Palha

0

1

0

1

São Mateus

0

6

6

12

São Roque do Canaã

1

0

1

2

Serra

5

54

250

309

Vargem Alta

0

1

1

2

Venda Nova do Imigrante

0

1

3

4

Viana

0

6

35

41

Vila Pavão

0

0

1

1

Vila Velha

24

143

230

397

Vitória

20

124

112

256

Caso do Rio de Janeiro identificado em Vitória*

1

Total

60 + 1*

521

984

1.566

 

Como prevenir

Até o momento não há um tratamento específico para a doença, que é transmitida por gotículas de saliva e catarro que se espalham pelo ambiente. Por isso, é fundamental manter alguns cuidados com a higiene pessoal que também valem para afastar o risco de gripe e outras tantas doenças respiratórias.

– Lavar as mãos frequentemente por pelo menos 20 segundos com água e sabão;

– Utilizar antisséptico de mãos à base de álcool para higienização;

– Cobrir com a parte interna do cotovelo a boca e o nariz ao tossir ou espirrar;

– Utilizar lenço descartável para higiene nasal;

– Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

– Não compartilhar objetos de uso pessoal;

– Limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado. 

 

Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sesa
Syria Luppi / Kárita Iana / Paula Lima / Luciana Almeida / Thaísa Côrtes
[email protected]

 

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana