conecte-se conosco


Estado

Com a chegada do inverno, EDP reforça orientações para economizar energia durante o período frio

Publicados

em

Hábitos do dia a dia reduzem o desperdício de energia

Com o início do inverno nesta terça-feira, dia 21, alguns hábitos comuns praticados no período, como tomar banhos mais quentes e demorados, e utilizar aquecedores de ambiente, podem gerar aumento do consumo de energia elétrica. Pensando nisso, a EDP, distribuidora de energia do Espírito Santo, reuniu dicas para evitar o desperdício de energia, mesmo durante a estação fria.

O chuveiro elétrico deve ter uma atenção especial, já que em muitas residências ele é o campeão de consumo de energia, podendo representar cerca de 25% a 35% do total da casa. Nos dias mais gelados, as pessoas costumam aumentar o tempo no banho e usam o chuveiro no modo inverno, o que consome cerca de 30% a mais energia que na posição verão. O ideal para não ter um aumento acréscimo excessivo do consumo no inverno é controlar o tempo do banho – entre cinco e oito minutos, no máximo. É importante lembrar que o tempo no chuveiro também deve ser controlado para diminuir o consumo de água, já que a cada 5 minutos são gastos cerca de 45 litros. Outra dica é programar banhos para o início ou final de tarde, quando a temperatura ainda não caiu muito, e nunca reutilizar resistências queimadas.

Para quem utiliza aquecedores de ambiente, a dica é evitar deixar o aparelho muito tempo ligado. Use apenas se for imprescindível e, se possível, o coloque no modo “soneca”, para desligar sozinho quando atingir a temperatura ideal ou tempo desejado. As janelas e portas devem estar vedadas quando o equipamento estiver em uso.

As geladeiras, por exemplo, têm grande participação no consumo total das residências. Por isso, é importante verificar se as portas estão bem vedadas e se o termostato está regulado de acordo com a temperatura externa. Vale lembrar que não se deve colocar alimentos quentes dentro da geladeira, nem secar peças de roupa atrás do equipamento. Estes hábitos fazem com que o motor precise trabalhar mais, gastando mais energia.

Veja outras dicas para evitar o desperdício de energia no inverno:

Iluminação

– Com a chegada do inverno, o tempo de iluminação natural é menor. Mesmo assim, aproveite ao máximo a luz do dia e apague todas as lâmpadas que não estiver utilizando.

– Troque as lâmpadas antigas por LED, que duram mais e gastam menos energia. É possível começar a substituição pelos ambientes de maior utilização.

– Evite pintar as paredes internas da residência com cores escuras, pois elas exigem lâmpadas mais potentes.

Secador de cabelo

– Durante o frio, o secador de cabelo é muito utilizado. Além de ser um equipamento que necessita de tomada dimensionada para seu alto consumo, é necessário ficar atento ao tempo de uso. Quanto menos tempo de utilização, melhor.

Máquina de lavar e secar roupas

– Utilize os equipamentos na capacidade máxima, conforme indicado pelo fabricante, evitando o desperdício de energia elétrica e água.

Ferro de passar roupas

– Passe a maior quantidade possível de roupas de uma só vez.

– Antes de ligar o ferro, separe as roupas por tipo de tecido – alguns exigem temperatura mais alta que outros. Comece com as roupas que precisam de temperatura mais baixa.

Eletrônicos

– O uso da função stand by dos eletrônicos, como a televisão, computador e videogame, também consome energia. Sempre que possível, desligue os aparelhos ou tire-os da tomada.

Instalações internas

– A fuga de corrente é uma das grandes causas do desperdício de energia e, consequentemente, do aumento na conta de luz. Emendas de fios feitas de forma incorreta, conexões frouxas, fios desencapados ou com isolamento comprometido pelo tempo podem ocasionar sobreaquecimento da rede e a chamada fuga de corrente. Além disso, traz risco de curto-circuito e até incêndio.

Aquisição de novo equipamento

– Dê preferência aos eletrodomésticos com o selo Procel, que classifica os aparelhos de acordo com o nível de consumo. Esses equipamentos são certificados pelo Inmetro e, além de consumir menos energia, contribuem com a preservação do meio ambiente.

– Adquira equipamentos de acordo com a característica da família: quantidade de pessoas e hábitos de consumo

É importante ter em mente que equipamentos eficientes são mais exigentes em relação à rede elétrica que os abastece, por isso, manter a fiação interna em equilíbrio é essencial.

Comentários Facebook
Propaganda

Estado

Últimos dias para concorrer a uma vaga de Agente Local de Inovação

Publicados

em

Por

O encerramento do edital é no dia 29 de junho. O Sebrae/ES vai selecionar 50 vagas imediatas

Esta é a última oportunidade para que pessoas interessadas em participarem deste edital de Agente Local de Inovação concorram a uma vaga, com bolsas de até R$ 5 mil. Ao todo, são 50 vagas imediatas para atuarem junto a micro e pequenas empresas nas áreas de Produtividade, Transformação Digital, Rural, e na articulação e apoio dos Ecossistemas de Inovação e Indicação Geográfica.

O Natan Sarria, atuou como ALI de Produtividade em 2021 e compartilha a experiência de assumir esta função. “O ALI é o responsável por aplicar uma metodologia que tem como objetivo melhorar a produtividade das empresas e reduzir o custo delas. Então essas micro e pequenas empresas que buscam se destacar no mercado terão vocês com um ponto de apoio responsável por organizar as atividades desses gestores que acabarem se inscrevendo no programa”, conta.

Segundo ele, esta é uma oportunidade de fortalecer o networking e ampliar a rede de conhecimentos. “Eu entendo que o maior benefício, além da bolsa, é o contato com essas empresas e a compreensão das reais necessidades e problemas desses pequenos empreendimentos. Então, para quem quer empreender ou expandir sua rede de contatos, vale a pena aproveitar essa oportunidade”, orienta o ex ALI.

As inscrições ficam abertas até o dia 29 de junho. Para se inscrever, basta acessar: bit.ly/ALI_2022. No mesmo link, o candidato pode ter acesso a todas as informações do edital. As capacitações começam logo após a seleção dos agentes.

Vagas

Ao todo, são 50 vagas imediatas para Agentes Locais de Inovação (ALI), sendo 10 delas para graduandos, com remuneração de até R$ 1.500 mil, e as demais para profissionais com ensino superior completo e pelo menos 6 meses de experiência na área desejada, com remuneração de até R$ 5 mil. Além disso, também serão selecionadas outras 113 vagas para cadastro de reserva.

“Esta é a primeira vez que novas áreas de atuação, além da produtividade, são inseridas em processos seletivos de Agentes Locais de Inovação para o Espírito Santo. Os profissionais selecionados vão atuar em diferentes regiões do estado e alguns dos projetos têm como objetivo serem facilitadores da implantação da inovação nos pequenos negócios atendidos, e outros têm objetivo de apoiar os ecossistemas de inovação e o desenvolvimento das Indicações Geográficas selecionadas”, ressalta a analista do Sebrae/ES, Carine Thomazi.

Seleção

Os candidatos à ALI passarão por três etapas de seleção: avaliação de conhecimento, análise curricular e documental e avaliação de habilidades e perfil. Todo o processo acontecerá de maneira remota.

Os agentes selecionados para vagas imediatas, se tornarão bolsistas do Sebrae, serão capacitados e atuarão em campo, acompanhando um conjunto de empresas com a função de propor melhorias e oferecer respostas às demandas do negócio.

Programa Agentes Locais de Inovação

O programa Agente Local de Inovação (ALI) é uma iniciativa do Sebrae que tem o objetivo de promover a prática continuada de ações de inovação junto às micro e pequenas empresas, por meio de orientação proativa, gratuita e personalizada.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana