conecte-se conosco

Cidades

Comitê de Monitoramento treina equipes a partir desta terça (12)

Publicado

De: Secretaria de Gabinete
Texto: Gilberto Medeiros| Foto: Felix Falcão
Criado: 10 de novembro de 2019

O Comitê Municipal da Prefeitura de Vila Velha para acompanhamento e vigilância do avanço das manchas de óleo na costa brasileira começa a treinar equipes de ação para recolhimento de possíveis vestígios do produto a partir desta terça-feira (12).

Segundo o coordenador do comitê canela-verde, coronel Marcelo D'Isep, o treinamento inicial será para a equipe da Localix (empresa de recolhimento de resíduos sólidos e lixo), agentes da equipe de guarda-vidas e servidores da Secretaria Municipal de Meio Ambiente. A primeira etapa será a palestra às 9h30min, no auditório da Localix, na Rod. Darly Santos, Nº2155, Novo México.

O Comitê é composto pelos seguintes órgãos: 
a) Secretaria Municipal de Meio Ambiente – SEMMA; 
b) Secretaria Municipal de Defesa Social e Trânsito – SEMDEST; 
c) Secretaria Municipal de Serviços Urbanos – SEMSU; 
d) Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Mobilidade – SEMDU; 
e) Secretaria Municipal de Saúde – SEMSA; 
f)  Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico – SEMDEC; 
g) Subsecretaria Municipal de Comunicação – SECOM;
h) Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil – COMPDEC.

Leia mais:  Confira os serviços municipais em Cachoeiro disponíveis no feriado

O Comitê terá como atribuição precípua o estabelecimento de estratégias de prevenção e de mitigação de eventuais impactos de manchas de óleo.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Apesar de mal avaliado, vargem-altense acredita na honestidade de João Altoé

Publicado

Apesar de mal avaliado em relação às promessas de campanha e a seu desempenho quanto a prefeito, João Altoé não é considerado corrupto pela população de Vargem Alta. O prefeito foi avaliado como não-corrupto por 26,75% do eleitorado, quanto somente 5,5% acreditam que o chefe do executivo seja corrupto. Neste quesito, 67,75% se abstiveram – não responderam ou não quiseram responder a questão.

A pesquisa, realizada entre os últimos dias 8 e 9 de novembro, constatou ainda que 39,5% dos vargem-altenses não acham o prefeito competente. Somado a este grupo estão 35,75% dos entrevistados que não quiseram responder o questionamento tampouco souberam abordar o tema. Dos ouvidos na pesquisa, 24,75%, porém, classificam Altoé como competente.

Outro tema da amostragem é em relação aos problemas do município e para 36% dos entrevistados, o prefeito João Altoé não conhece os principais problemas de Vargem Alta; Já 33,5% afirmam que o prefeito é conhecedor das necessidades da cidade, enquanto 30,5% não responderam a questão.

O levantamento foi realizado com base nos dados do último censo realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foram entrevistados 400 eleitores e a pesquisa tem margem de erro de 4,8% e confiabilidade de 95%. Foi feita com metodologia científica, elaborada por estatístico, que utilizou parâmetros como sexo, idade, renda, religião e locais onde residem os entrevistados. Em breve, divulgaremos o resultado da pesquisa eleitoral realizada em Vargem Alta, que aponta os principais nomes como prováveis candidatos à Prefeitura local.

Leia mais:  Confira os serviços municipais em Cachoeiro disponíveis no feriado

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana