conecte-se conosco

Grande Vitória

Coronavírus: bares notificados por aglomeração e consumo presencial durante operação em Vitória

Publicado

 

.

No primeiro final de semana após as novas regras para estabelecimentos comerciais na capital neste período de isolamento social, a equipe de fiscalização integrada da Prefeitura de Vitória vistoriou o funcionamento noturno de bares em 11 bairros, encontrando apenas duas irregularidades.

Dois bares estavam com aglomeração de pessoas e consumo presencial, o que é proibido por decreto, e foram notificados para paralisar as atividades até a regularização. Um deles, na região conhecida como Rua da Lama, em Jardim da Penha, foi vistoriado no último sábado (25) e acatou o pedido de paralisação em uma hora até a dispersão das pessoas que faziam consumo nas mesas nas calçadas.

O município recebeu denúncias de reincidência na noite do último domingo (26). A equipe retornou ao local e constatou consumo presencial. Nas duas vezes, o comerciante atendeu ao pedido da fiscalização, regularizando de imediato a situação.

Outro bar, em Jardim Camburi, foi notificado na noite do último sábado (25) por funcionamento irregular com consumo presencial. Após a abordagem dos fiscais, o empreendedor foi orientado a funcionar corretamente.

“Os bares só podem ter funcionamento noturno no fim de semana se for para entrega (delivery) ou retirada no balcão (take away). Nossa equipe está atenta e tem abordado os comerciantes para conscientizar, neste momento de pandemia, sobre a importância do respeito às regras de funcionamento, de uso de máscara por todos e de disponibilização de álcool em gel”, ressaltou o secretário de Desenvolvimento da Cidade e responsável pela subsecretaria de Tecnologia da Informação, Márcio Passo.

Vistorias

No fim de semana, a equipe vistoriou a abertura de estabelecimentos comerciais no Centro, Jardim da Penha, Jardim Camburi, Redenção, Nova Palestina, Santo Antônio, Resistência, Ilha das Caieiras, São Pedro, Segurança do Lar e Mata da Praia.

Comentários Facebook
publicidade

Grande Vitória

Alunos recebem orientação on-line sobre guarda responsável de animais

Publicado


.

O projeto Guarda Responsável de Animais Domésticos, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam), foi apresentado para 30 alunos do tempo integral da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Éber Louzada Zippinotti, em Jardim da Penha.

A apresentação foi realizada pela equipe do Centro de Educação Ambiental (CEA) do Parque Pedra da Cebola. Para a educadora ambiental Solange Lins, a atividade vai ao encontro das propostas pedagógicas planejadas antes da pandemia do coronavírus.

“Fizemos um bate-papo inicial sobre guarda responsável de animais domésticos, com a bióloga e educadora ambiental da Semmam Juliana Conde, no qual os estudantes tiveram a oportunidade de aprender e entender como ser um tutor responsável”. 

Responsabildade

Juliana Conde ressalta que ser tutor de um animal requer muita responsabilidade e vários cuidados, que vão desde a alimentação até a socialização com outros pets e com o próprio ser humano.

“Os animais, tanto os domésticos quanto os silvestres, por possuírem capacidade de sofrer, sentir prazer ou felicidade, são amparados por leis, assim como o indivíduo e a sociedade humana. Para tornar a atividade mais lúdica e interativa, foi apresentado um vídeo em que uma criança apresentava o seu animal de estimação (um coelho) e relatava a amizade construída com ele”, falou Juliana.

Conhecimentos

A gerente de Educação Ambiental, Juliana Sardinha, destacou que, mesmo com o isolamento social, foi possível levar conhecimentos para os alunos. “Buscamos caminhos e formas para retormarmos as atividades com professores e alunos de forma on-line”.

Para o secretário de Meio Ambiente, Ademir Barbosa Filho, as atividades de Educação Ambiental on-line são importantes ferramentas para levar informação e conhecimento à população.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana