conecte-se conosco

Nacional

Coronavírus no RJ: 145 mil pacientes curados

Publicado

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro informa que registrou, até esta segunda-feira (03/08), 13.604 mortes e 168.064 casos confirmados de Covid-19. Há ainda 988 óbitos em investigação e 323 foram descartados. Entre os casos confirmados, 144.850 pacientes se recuperaram da doença.

As 13.604 vítimas de Covid-19 foram registradas nos seguintes municípios:

Rio de Janeiro – 8.371
Duque de Caxias – 579
Niterói – 309
Campos dos Goytacazes – 211
Macaé – 115
Rio das Ostras – 59
Itaperuna – 30
S. Francisco de Itabapoana – 20
São Fidélis – 15
Itaocara – 14
Bom J. do Itabapoana e Quissamã – 13
Porciúncula – 10
São João da Barra – 9
Santo Antônio de Pádua – 6
Italva – 5
Carapebus – 4
Miracema e Natividade – 3
Cardoso Moreira – 1

Os casos confirmados no estado estão distribuídos da seguinte maneira:

Rio de Janeiro – 72.079
Niterói – 9.079
Duque de Caxias – 6.428
Macaé – 5.665
Campos dos Goytacazes – 3.094
Itaperuna – 1.760
Rio das Ostras – 1.287
Santo Antônio de Pádua – 744
São João da Barra – 585
B. Jesus do Itabapoana – 413
São Fco. de Itabapoana – 405
Porciúncula – 336
Quissamã – 312
Natividade – 287
Miracema – 251
Itaocara – 238
Carapebus – 219
Italva – 213
São Fidélis – 206
Cardoso Moreira – 204
Laje do Muriaé – 199
Varre-Sai – 140
São José de Ubá – 123

Para mais informações, acesse o painel de monitoramento de casos no Estado do Rio de Janeiro em painel.saude.rj.gov.br.

Fonte: Núcleo de Imprensa Governo do Rio de Janeiro

Comentários Facebook
publicidade

Nacional

Soldado de 18 anos morre com tiro de fuzil em quartel no Amazonas

Publicado

 

 

Caso ocorreu enquanto Jonathan Correia Pantoja fazia a segurança do quartel

Caso ocorreu enquanto Jonathan Correia Pantoja fazia a segurança do quartel. Reprodução/Jornal do Amazonas 1 edição

Na madrugada desta segunda-feira (3), Jonathan Correia Pantoja, um militar de 18 anos, morreu após ser atingido por um tiro de fuzil dentro do 7º Batalhão de Polícia do Exército (7ºBPE), em Manaus.

O caso ocorreu enquanto o soldado fazia a segurança do quartel. Por volta das 3 horas da madrugada, militares ouviram um barulho de tiro e encontraram o rapaz ao chão, com um ferimento no peito. A vítima foi levada para o hospital, mas não resistiu.

Os militares não conseguiram identificar de onde veio o tiro, segundo informações do G1 . Um Inquérito Policial Militar (IPM) será instaurado para investigar o caso.

Em nota, o Centro Integrado de Operações e Segurança (Ciops) declarou que “o 7º Batalhão de Polícia do Exército está prestando todo o apoio necessário aos familiares. O Comando Militar da Amazônia lamenta o fato ocorrido e se solidariza com a família neste momento de luto”.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana