conecte-se conosco

Nacional

Coronavírus no RJ: 214 mortes registradas em 24 horas no estado

Publicado

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro registra, até esta terça-feira (07/07), 10.881 mortes e 124.086 casos confirmados de coronavírus (Covid-19). Há ainda 1.025 óbitos em investigação e 301 foram descartados. Entre os casos confirmados, 101.554 pacientes se recuperaram da doença.

As 10.881 vítimas de Covid-19 foram registradas nos seguintes municípios:

Rio de Janeiro – 7.055

São Gonçalo – 487

Duque de Caxias – 462

Niterói – 232

Campos dos Goytacazes – 112

Macaé – 87

Rio das Ostras – 26

S. Francisco de Itabapoana – 16

São João da Barra – 7

Carapebus e Quissamã – 4

B. J. do Itabapoana, Italva e S. A. de Pádua – 3

Porciúncula – 2

Itaperuna e Natividade – 1

Os casos confirmados no estado estão distribuídos da seguinte maneira:

Rio de Janeiro – 61.658

Niterói – 6.809

São Gonçalo – 5.795

Duque de Caxias – 3.403

Macaé – 2.730

Campos dos Goytacazes – 2.052

Itaperuna – 961

Rio das Ostras – 813

Santo Antônio de Pádua – 449

São João da Barra – 330

S. Francisco de Itabapoana – 235

Quissamã – 227

Natividade – 208

B. J. do Itabapoana e Italva – 158

Miracema – 154

Carapebus e São Fidélis – 153

Cardoso Moreira – 150

Laje do Muriaé – 138

Itaocara – 134

Porciúncula – 120

São José de Ubá – 106

Varre-Sai – 76

Mais informações

Para mais informações, acesse o painel de monitoramento de casos no Estado do Rio de Janeiro em painel.saude.rj.gov.br.

Fonte: Núcleo de Imprensa Governo do Rio de Janeiro

Comentários Facebook
publicidade

Nacional

Cachorros são esfaqueados e envenenados em Belo Horizonte

Publicado


source
Cão envenenado
Divulgação/ Amor nas Quatro Patas

ONG atendeu quatro chamados envolvendo cães.

Moradores do Aglomerado da Serra, em Belo Horizonte, estão preocupados com a violência contra cachorros e gatos. Durante o final de semana, a ONG Amor nas Quatro Patas, que trabalha na proteção de animais, recebeu de núncias de que quatro cachorros foram esfaqueados e envenenados.

Um dos cães, a cadela Princesa, morreu pelas facadas e o cão Pequeno está internado em uma clínica veterinária depois de ter levado três facadas. Outros dois cães que foram vítimas de envenenamento foram resgatados e estão em um abrigo mantido pela ONG.

Os crimes aconteceram durante a madrugada. Segundo o jornal O Tempo, os moradores da região estão improvisando bebedouros e comedouros para evitar que os animais fiquem nas ruas, o que diminui o risco de violência.

De acordo com a presidente da ONG, Aline Fernandez, o grupo recebe chamados todos os dias e que não consegue atender todas as solicitações.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana