conecte-se conosco


Cidades

Covid-19: Bom Jesus registra 12 novos casos, sendo dez curados

Publicados

em

A Secretaria de Saúde de Bom Jesus do Itabapoana (RJ) informou nessa terça-feira (22/09) que o município teve 12 novos casos de covid-19, elevando o total para 900. Mas desses, apenas dois são pacientes que precisam ser monitorados, o que eleva o número destes para 61.

As pessoas consideradas curadas somam agora 830. A cidade contabiliza 21 mortes pela doença. A UTI específica do Hospital São Vicente de Paulo segue sem vagas. Já a enfermaria para casos menos graves segue com 34 dos 40 leitos desocupados.

Entre os bairros com o maior índice de infecção o Pimentel Marques vem em primeiro lugar agora com 167 casos. O Centro da cidade agora tem 150 e o Lia Márcia subiu para 127 registros. Nas comunidades, a Usina Santa Isabel segue com 43 casos, Carabuçu tem 30 e Bom Jardim/São Sebastião subiu para 21 casos.

 

Comentários Facebook
Propaganda

Cidades

Chuvas: mais de 280 toneladas de lixo são recolhidos após limpeza nos bairros de Linhares

Publicados

em

Por

Após as fortes chuvas registradas em Linhares no último domingo, dia 28, as equipes da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos (Semob) têm realizado um intenso trabalho de limpeza de via urbanas a fim de desobstruir bueiros e galerias e evitar novos pontos de alagamento.

Durante a operação realizada na segunda-feira (29), em todos os bairros da sede, mais de 280 toneladas de resíduos foram removidos das vias públicas, bueiros e galerias.  Conforme a secretaria, em consequência da chuva, havia muito lixo espalhado, além de areia e material proveniente da construção civil, que impediam o escoamento da água até os bueiros.

“Infelizmente, as pessoas não se dão conta da importância de mantermos uma rede de drenagem eficiente. E para isso, dependemos único e exclusivamente da cooperação dos moradores, no que diz respeito ao descarte correto do lixo”, aponta o secretário de Obras e Serviços Urbanos, João Cleber Bianchi.

Apoio da população

Para que o trabalho de limpeza urbana seja eficiente, é preciso que os cidadãos acompanhem o cronograma de recolhimento e façam o depósito dos materiais em locais adequados, seja em caçambas (resíduos da construção civil), em lixeiras e sacos plásticos (lixo domiciliar) e acondicionado no dia anterior à data de coleta, no caso de entulho – observando para evitar calçadas e ciclovias.

Outra forma de destinação correta de resíduos são os Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) para o recolhimento de materiais recicláveis, instalados nos bairros da sede e no interior. Ao todo são 180 equipamentos instalados nas unidades de ensino, unidades de saúde, supermercados, hospitais e empresas privadas do município.

De acordo com João Cléber, a destinação incorreta de lixo é o principal fator para ocorrência de enchentes. “Caso não haja uma mudança cultural na forma de encararmos os resíduos e o lixo que geramos, de modo geral, os problemas como entupimento de bocas de lobo, assoreamento de galerias e, sobretudo, a ocorrência de alagamentos, irão se agravar cada vez mais”, aponta o secretário.

As demandas de limpeza e manutenção no sistema de drenagem, além de reparos na pavimentação de ruas e avenidas, podem ser registradas por meio do telefone (27) 3372 2117.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana