conecte-se conosco

Cidades

Covid-19: Bom Jesus registra sete casos em 24 horas

Publicado

A Secretaria de Saúde de Bom Jesus do Itabapoana (RJ) informou nessa quarta-feira (09/09) que o município registrou sete novos casos de Covid-19. Agora são 865 confirmados. Os pacientes curados somam 775. Já o número de monitorados caiu para 60.

A cidade teve 20 mortes desde o início da pandemia. A UTI do Hospital São Vicente de Paulo ainda não tem vagas entre os 22 leitos para o tratar da doença. Na enfermaria o número de leitos desocupados chegou a 38, o maior desde abril.

Entre os bairros com o maior índice de infecção Pimentel Marques subiu para 163 casos. O Centro da cidade passou para 139 e o Lia Márcia apresenta agora 122 casos.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Estudantes de Cachoeiro retratam pontos de vista sobre seus territórios

Publicado

 

.

Os alunos e famílias da Escola Estadual de Ensino Fundamental (EEEF) Rotary, de Cachoeiro de Itapemirim, têm dado boas devolutivas sobre as Atividades Pedagógicas Não Presenciais (APNPs). A partir disso, a professora de Arte, Kyhona Oliveira dos Santos Ferreira, trabalhou com os seus territórios, espaços, seus olhares e pontos de vista, no projeto denominado “Saber Viver”. “Saber Viver”.

“O resultado foi surpreendente, já que o Currículo Capixaba traz em seu texto as matrizes de saberes, e aqui, trabalho com diálogo, que é o autoconhecimento, a autoproposição, a autoestima e a autoconfiança como sendo importantes para conhecer suas próprias virtudes e fortalezas, assim como fragilidades e potencialidades. Envolve conhecer os próprios valores, crenças e entender como se sente em cada situação e o porquê. Envolve também reconhecer como se é percebido por outras pessoas e poder traduzir e seus próprios sonhos e desejos num projeto de vida, coerente com seus valores e crenças, interesses e potencialidades”, disse a professora Kyhona Oliveira dos Santos Ferreira.

A atividade foi um convite para os estudantes criarem, despertarem e registrarem fotografias do cotidiano e do contexto em que vivem, produzidas com o celular.

“O sentido ‘visão’, trabalhado com os estudantes, desperta o reconhecimento de cartografia, utilizando a disciplina de Arte. Para mim, essas fotografias/imagens apresentam sentidos estabelecidos na relação com o contexto social em que cada criança vive. Nossa intenção foi fazer com que o estudante consiga ver além do que os olhos estão vendo, as invisibilidades e visibilidades dos espaços fotografados que caracterizam com a realidade de cada estudante, e ver além dos olhos sob a luz do celular, com os olhos dos autores, ou seja, um encontro de olhares”, relatou a professora de Arte.

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana