conecte-se conosco

Estado

Covid-19: ES registra 1,2 mil novos casos e 2,8 mil curados em 24h; veja a situação nesta terça (28)

Publicado

O Espírito Santo registrou, até as 17h00 desta terça-feira (28), 2.462 mortes por Covid-19. O número total de casos confirmados chegou a 79.468, sendo que destes, 62.870 pacientes já estão curados. Os dados são divulgados na plataforma Painel Covid-19, do Governo do Estado.

Em relação aos números divulgados na segunda (27), o aumento é de 1.288 novos casos, 25 mortes a mais e 2.830 curados.

Municípios com mais casos

Os 15 municípios com mais casos confirmados são: Vila Velha (11.960), Vitória (10.721), Serra (10.141), Cariacica (8.863), Linhares (4.219), Colatina (3.480), Cachoeiro de Itapemirim (3.182), Aracruz (2.253), Guarapari (1.844), Viana (1.331), São Mateus (1.291), Marataízes (899), São Gabriel da Palha (892), Castelo (704) e Itapemirim (692). (Clique aqui e veja lista completa)

Leia também:

Covidkiller: Comissão de Saúde da Ales conhece câmara de desinfecção da Ufes

Sesa inicia migração de leitos exclusivos da Covid-19 para outras especialidades médicas

Prefeitura de Vargem Alta veta funcionamento de restaurantes e lanchonetes nos finais de semana

Coronavírus: bares notificados por aglomeração e consumo presencial durante operação em Vitória

Mortes nos municípios

Dos óbitos, 1.373 são homens e 1.064 mulheres. Eles estão distribuídos da seguinte maneira nos municípios capixabas: Serra (414), Vila Velha (388), Vitória (342), Cariacica (330), Cachoeiro de Itapemirim (101), Guarapari (79), Colatina (78), Linhares (71), Viana (54), Aracruz (52), Marataízes (42), São Mateus (37), Itapemirim (35), Castelo (20), Iúna (18), Nova Venécia (18), Marechal Floriano (17), Anchieta (15), Presidente Kennedy (14), Fundão (13), Afonso Cláudio (12), Alegre (12), Guaçuí (12), Boa Esperança (11), Pinheiros (11), São Gabriel da Palha (11), Baixo Guandu (10), Barra de São Francisco (10), Piúma (10), Rio Novo do Sul (10), Ibiraçu (9), Sooretama (9), Vila Valério (9), Conceição da Barra (8), Muqui (8), Pedro Canário (8), Santa Maria de Jetibá (8), São Domingos do Norte (8), Vargem Alta (8), Venda Nova do Imigrante (8), Ecoporanga (7), Ibatiba (7), Santa Teresa (7), Alto Rio Novo (6), Domingos Martins (6), Santa Leopoldina (6), Água Doce do Norte (5), Jaguaré (5), João Neiva (5), Rio Bananal (5), São Roque do Canaã (5), Alfredo Chaves (4), Ibitirama (4), Jerônimo Monteiro (4), Mantenópolis (4), Montanha (4), Muniz Freire (4), Pancas (4), Águia Branca (3), Bom Jesus do Norte (3), Conceição do Castelo (3), Marilândia (3), Mimoso do Sul (3), Apiacá (2), Atílio Vivácqua (2), Irupi (2), São José do Calçado (2), Dores do Rio Preto (1), Itaguaçu (1), Itarana (1), Laranja da Terra (1), Mucurici (1), Ponto Belo (1), Nanuque (2)*, Governador Valadares (1)*, Itamaraju (1)*, Itaperuna (1)*, Mantena (1)*, Marechal Cândido Rondon (1)*, Mucuri (1)*, Nova Viçosa (1)*, Pompeia (1)*, Resplendor (1)*, São Miguel dos Campos (1)*

* Nanuque, Resplendor e Governador Valadares ficam no estado de Minas Gerais, Pompeia no estado de São Paulo, São Miguel dos Campos no estado de Alagoas, Itamaraju, Mucuri e Nova Viçosa no estado da Bahia, Marechal Cândido Rondon no estado do Paraná e Itaperuna no estado do Rio de Janeiro. Isso acontece, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), porque os casos foram notificados no Espírito Santo.

Leia também:

Morre apresentador do SporTV Rodrigo Rodrigues

Por que há vacinas injetáveis, em gotas e via nasal — e como será a da Covid-19

Cientistas investigam se a vacina BCG oferece proteção contra o coronavírus

Pandemia pode afetar distribuição de alimentos na América Latina, diz estudo

Proposta prevê notificação obrigatória dos óbitos e dados em tempo real na pandemia

Ditador que indicou vodca para tratar covid-19 testa positivo

Clique aqui e acompanhe em tempo real os números do Coronavírus no Brasil com mapa interativo atualizado pelo Ministério da Saúde.

Clique aqui e acompanhe os números da doença no Espírito Santo com dados atualizados pela Secretaria de Saúde (Sesa) no Painel Covid-19.

Comentários Facebook
publicidade

Estado

Feira do agronegócio começa nesta quarta-feira (02) em Cachoeiro de Itapemirim

Publicado


Empreendedores do agronegócio vão se reunir a partir desta quarta-feira (02) até o domingo (06) na feira ExpoSul Rural RaízES, que acontece no parque de exposições de Cachoeiro de Itapemirim. 

O evento que vai acontecer em formato híbrido, tanto na internet quanto presencial, vai apresentar as novidades dos setores como café, energia solar, cachaça, gastronomia, flores, pet, artesanato, cerveja, mostra de animais e outros ramos da agroindústria. 

A ExpoSul RaízES é uma realização do Sindicato Rural de Cachoeiro de Itapemirim em parceria com a Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo do Estado (Aderes) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-ES). 

A feira vai contar com a participação de 240 empreendedores da Agricultura Familiar, Artesanato Capixaba e Microempreendedores Individuais (MEI), atendidos diretamente pela Aderes.

Segundo o diretor técnico da Aderes, Hugo Tofoli, a Feira ExpoSul Raízes vai ocorrer seguindo todas as normas sanitárias estabelecidas na Portaria Nº 198-R, de 03 de outubro de 2020, da Secretaria da Saúde (Sesa), que normatiza as regras aplicadas em eventos corporativos, acadêmicos, técnicos e científicos, além de sociais, entre outros, proporcionando segurança aos empreendedores e visitantes.

“A retomada das feiras comerciais, neste momento, é de extrema importância para os empreendedores dos segmentos que atendemos, pois vai oportunizar a comercialização de seus produtos. A feira, contudo, não é importante somente para a venda, mas também para a divulgação dos produtos. É um espaço de comercialização, divulgação e fortalecimento do pequeno negócio”, afirmou Tofoli.

O superintendente do Sebrae-ES, Pedro Rigo, disse que tem depositado muita confiança nesses eventos que promovem o acesso do pequeno negócio ao mercado. “A ExpoSul demonstra, ao longo de suas edições, uma excelente oportunidade para esses empreendedores, principalmente, do agronegócio”, afirmou Rigo.

Para Wesley Mendes, presidente do Sindicato Rural de Cachoeiro de Itapemirim, o evento é uma oportunidade de atender esses expositores que durante a pandemia perderam suas rendas.

“O evento busca um alívio econômico e financeiro para as famílias dos expositores, proporcionando um encontro entre o campo e a cidade de forma segura e responsável, pois não perdemos de vista o momento em que estamos vivendo, nesse normal com responsabilidades diferentes”, frisou. 

 

Agenda

ExpoSul RaízES

Data: 02 a 06 de dezembro
Horário: 14h às 20h
Presencial: Parque de Exposições de Cachoeiro de Itapemirim
Transmissão: Youtube

 

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Aderes
Débora Pedroza
[email protected]

 

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana