conecte-se conosco

Nacional

Covid-19: Mortes sobem para 21 mil no Brasil; casos passam de 330 mil

Publicado


source
Idoso tendo a pressão aferida por enfermeira
GlobalStock/GettyImages/CreativeCommons

Idosos estão no grupo de risco da Covid-19

O Ministério da Saúde  atualizou os dados sobre a pandemia da  Covid-19  no Brasil nesta sexta-feira (22). Agora, segundo a pasta, subiu para 21.048 o número de mortes pela doença, sendo 1.001 novos registros. Desses 1.001 óbitos, 293 foram nos últimos três dias. A alta corresponde a um crescimento de 5 %.

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, os novos casos confirmados de contaminação pelo  novo coronavírus  (Sars-CoV-2) no Brasil são 20.803, totalizando 330.890. O aumento foi de 6,7%. Já a taxa de letalidade passou de 6,5% para 6,4%.

No levantamento da pasta desta quinta, o número de óbitos passou de 20 mil com 1.188 novos registros. Já a quantidade de pessoas com a Covid-19 saltou para mais de 310 mil .

São Paulo continua sendo o estado que tem mais mortes, com 5.773 das 21.048 ocorrências. A letalidade é de 7,5% no estado. Em segundo lugar vem o Rio de Janeiro, com 3.657 mortes e letalidade de 10,9%.

Tabela de mortes e casos confirmados de Covid-19 no Brasil
Divulgação/Ministério da Saúde

Tabela de mortes e casos confirmados de Covid-19 no Brasil

No quadro de casos confirmados, São Paulo também lidera a lista. O estado tem 76.871 pessoas infectadas pelo coronavírus. Em segundo lugar vem o Ceará, com 34.573 vítimas de contaminação, sendo seguido por Rio de Janeiro (33.589), Amazonas (27.038) e Pernambuco (25.760).

O estado menos afetado do Brasil é o Mato Grosso do Sul, que tem 17 mortes e o registro de 805 casos confirmados de contaminações pelo novo coronavírus desde o início da pandemia.

Leia também: Organizações evangélicas defendem ciência e pedem saída de Bolsonaro

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, 174.412 pacientes com Covid-19 estão em acompanhamento, 135.430 estão recuperados e 3.552 óbitos ainda estão em investigação.

Um documento divulgado nesta sexta-feira (22) pelo  Imperial College diz que a Covid-19 está fora de controle no Brasil.

De acordo com a instituição, a taxa de contágio (Rt) da Covid-19, que indica para quantas pessoas em média cada infectado transmite a doença, hoje é de 1,3. Na ciência, quando esse número está acima de 1 significa que a doença está fora de controle, enquanto números inferiores a 1 indicam que há queda no número de casos.

Comentários Facebook
publicidade

Nacional

Em meio a atrasos com dados, site do Ministério da Saúde fica fora do ar

Publicado

 

 

O site do Ministério da Saúde ficou fora do ar na noite da última sexta-feira (05), no endereço onde os dados de caso e óbitos ocnfirmados da Covid-19 é divulgado. Durante um longo tempo, o endereço ficou com a mensagem: “Site em manutenção”. A medida acontece após pronunciamento de Bolsonado, exigindo reformulações na forma como são divulgados os dados.

Leia também: Covid-19: Pelo 4º dia consecutivo, Brasil registra mais de mil mortes em 24h

Ministério da Saúde
Reprodução

Site do Ministério da Saúde ficou fora do ar

Nos últimos dias, o Ministério da Saúde começou a atrasar a divulgação dos dados diários sobre o coronavírus no Brasil. Na sexta, Bolsonaro confirmou que os atrasos partiram dele. “Ninguém tem de correr para atender a Globo”, afirmou.

Leia também: Por que a OMS agora recomenda uso de máscara em público contra covid-19?

Os dados de casos e óbtos eram atualizados às 19h, mas desde o último dia 3, passou a ser divulgado por volta das 22h, quando o “Jornal Nacional” já estava encerrado. “Acabou matéria no Jornal Nacional”, havia dito Bolsonaro ao destacar os atrasos. O Ministério da Saúde, por sua vez, negou que os dados estavam sendo retidos propositalmente, mas não comentou sobre a suspensão dos serviços do site até então utilizado.

Na noite de sexta, a Globo interrompeu a novela para fazer plantão e anunciar as 1.005 mortes por coronavírus no Brasil nas últimas 24h.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana