conecte-se conosco

Cidades

Creas fortalece articulação com delegacia de atendimento à mulher

Publicado


.

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) de Cachoeiro fortaleceu sua articulação com a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), para oferecer seus serviços às mulheres que são vítimas de casos de violência registrados pelo órgão policial.

Há um mês, o Creas disponibiliza profissional para agendar, diretamente na Deam, o atendimento de mulheres violentadas com a equipe técnica do Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos (Paefi).

A medida foi tomada em função do aumento do número de casos de violência atendidos na delegacia durante a pandemia.

“De abril até meados de julho, atendemos 106 mulheres por meio do Paefi, com um aumento significativo no mês presente, o que se deve à nossa presença na Deam. Essa é uma estratégia necessária para aproximarmos nossos serviços das mulheres que têm direitos violados. É uma busca ativa de vítimas”, afirma a secretária municipal de Desenvolvimento Social, Márcia Bezerra.

O Paefi oferece às vítimas atendimento com assistente social e psicólogo, com objetivo de ajudá-las a superar e romper a situação de violência. O acompanhamento individual tem sido feito de forma presencial, a partir de agendamento, e, também, por telefone, em virtude da pandemia.

“Após avaliação, a equipe técnica define qual a melhor forma de acompanhamento e a frequência do mesmo, porque cada caso é diferente”, explica a secretária.
Demanda espontânea

O Creas também atende a demandas espontâneas. Mulheres vítimas de qualquer tipo de violência podem entrar em contato pelo telefone 3155-5303, de segunda a sexta, das 8h às 14h, para agendar o atendimento com a equipe do Paefi.

Ouvidoria das Mulheres e outros canais de denúncias

A denúncia é essencial no combate à violência contra a mulher. Um dos canais recomendados pelo Creas é a recém-criada Ouvidoria das Mulheres, integrante da Ouvidoria Nacional do Ministério Público, órgão do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

O atendimento é feito telefone/WhatsApp (61) 3315-9476 e pelo e-mail [email protected]

Outro importante canal de denúncia é o telefone 180 (Central de Atendimento à Mulher). O telefone da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Cachoeiro é o (28) 3155-5084.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Mais de 45 mil kits de alimentos distribuídos a famílias de estudantes da rede municipal

Publicado


Na próxima segunda (7), a Seme fará uma nova remessa dos kits
Foto: Márcia Leal/PMCI

A Secretaria Municipal de Educação (Seme) entregou, desde abril, 45.540 kits de alimentos para famílias de alunos de escolas municipais de Cachoeiro cadastradas no programa federal Bolsa Família.

Com as aulas suspensas na rede municipal, devido à pandemia da Covid-19, itens da merenda escolar estão sendo doados como forma de apoio emergencial a esses grupos familiares em situação de vulnerabilidade social.

Na próxima segunda-feira (7), a Seme fará uma nova remessa dos kits compostos por: batata inglesa, beterraba, melão, cebola, cenoura, chuchu, tomate, banana prata e banana da terra. 

A entrega será feita em 12 escolas-polo, subdivididas de acordo com regiões geoescolares da cidade, e em mais 15 unidades de ensino do interior. Os gestores de cada escola vão entrar em contato com as famílias para agendar a entrega, de forma a evitar aglomerações.

“Entendemos que estamos passando por uma situação atípica e sabemos que esses kits, com a suspensão das aulas presenciais, são de grande ajuda para as famílias dos alunos, que recebem com satisfação esse auxílio”, comenta a secretária municipal de Educação, Cristina Lens.

Escolas polos de distribuição dos kits em Cachoeiro: “Pe. Jefferson Luiz de Magalhães”, “Padre Gino Zatelli”, “Galdino Theodoro da Silva”, “Anísio Vieira de Almeida Ramos”, “Julieta Deps Tallon”, “Oscar Montenegro Filho”, “Dr. Pedro Nolasco Teixeira de Rezende”, “Monteiro Lobato”, “Zeni Pires Ferreira”, “Zilma Coelho Pinto”, “José Taveira”, “José Antonio Colombini Egramphonte” (supercreche).

Escolas com distribuição individual no interior: “Hylsen Darcy Perim”, “Monte Alegre”, “Profª Cibélia Teixeira Zipinotti”, “Dolores Gonzalez Villa”, “São Vicente”, “Alto São Vicente”, “Sertão do Monte Líbano”, “Alberto Sartório”, “São João da Lancha”,  “Pluridocente Tijuca,”Luiz Semprini”, “José Pinto” e “Jácomo Silotti”, “Laurindo Sasso”, “Maria das Graças Felippe”.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana