conecte-se conosco


Estado

Cultura em Toda Parte vai percorrer 10 municípios com 200 atividades culturais

Publicados

em

 

Duzentas atividades artísticas gratuitas contemplando os 78 municípios do Espírito Santo entre fevereiro e maio deste ano. É esse o Cultura em Toda Parte 2022. São 140 apresentações artísticas e 60 atividades formativas que vão acontecer em 10 municípios do Estado, envolvendo as cinco regiões em dez finais de semana. E a primeira etapa do programa tem início, nesta segunda (17), com a abertura das inscrições da chamada para apresentações artísticas no Mapa Cultural até dia 31 de janeiro. O edital já está disponível clicando aqui.

Para compor a programação, serão selecionadas 140 apresentações artísticas nas diversas linguagens artísticas, como artes cênicas (teatro, dança, circo e performance), artes visuais, música, literatura, audiovisual, arte digital, design, moda, cultura alimentar, cultura popular, cultura afro-brasileira, cultura indígena e artes integradas. Todos os participantes vão precisar comprovar vacinação contra a Covid-19 para se apresentar. Além dos cachês (confira no fim da matéria), os selecionados terão apoio na logística da apresentação.

O Cultura em Toda Parte foi idealizado pela Secretaria da cultura (Secult) e está sendo gerido por duas organizações da sociedade civil: o Instituto Parceiros do Bem e o Instituto Brasil de Cultura e Arte (IBCA). Cada instituto vai cuidar de 100 ações, em cinco municípios e cinco finais de semana.

Inscrições

Na prática, isso faz diferença na hora da inscrição, que é por cidade do grupo ou artista que se interesse. Ou seja, na hora de escolher entre região 1 ou 2 no Mapa Cultural, escolha a cidade em que está o seu comprovante de residência.

Região 1 (gestão do Instituto Parceiros do Bem) :

Afonso Cláudio, Água Doce do Norte, Águia Branca, Barra de São Francisco, Boa Esperança, Brejetuba, Cariacica, Conceição da Barra, Conceição do Castelo, Domingos Martins, Ecoporanga, Fundão, Guarapari, Itaguaçu, Itarana, Jaguaré, Laranja da Terra, Mantenópolis, Marechal Floriano, Montanha, Mucurici, Nova Venécia, Pedro Canário, Pinheiros, Ponto Belo, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa, São Mateus, Serra, Venda Nova do Imigrante, Viana, Vila Pavão, Vila Velha e Vitória.

Dúvidas e informações:

Instituto Parceiros do Bem
e-mail: [email protected]
Telefone: 27 33761674
Whatsapp: 27 99272-0945
Atendimento: segunda a sexta, das 13h às 19h

Região 2 (gestão do IBCA):

Alegre, Alfredo Chaves, Alto Rio Novo, Anchieta, Apiacá, Aracruz, Atílio Vivácqua, Baixo Guandu, Bom Jesus do Norte, Cachoeiro de Itapemirim, Castelo, Colatina, Divino de São Lourenço, Dores do Rio Preto, Governador Lindenberg, Guaçuí, Ibatiba, Ibiraçu, Ibitirama, Iconha, Irupi, Itapemirim, Iúna, Jerônimo Monteiro, João Neiva, Linhares, Marataízes, Marilândia, Mimoso do Sul, Muniz Freire, Muqui, Pancas, Piúma, Presidente Kennedy, Rio Bananal, Rio Novo do Sul, São Domingos do Norte, São Gabriel da Palha, São José do Calçado, São Roque do Canaã, Sooretama, Vargem Alta e Vila Valério.

Dúvidas e Informações: 

IBCA
e-mail: [email protected]
Telefone: 27 33272751
Whatsapp: 27-992417022
Atendimento: segunda a sexta, das 10h às 17h

Novidades

Neste ano, as apresentações serão presenciais, respeitando os protocolos sanitários estabelecidos pela Secretaria da Saúde (Sesa). No ano passado, todas as apresentações e atividades de formação do Cultura em Toda Parte foram realizadas de maneira remota.

Outra novidade é a categoria videoclipe, que não existia na primeira edição do Cultura em Toda Parte. No caso dessa categoria, os artistas estarão licenciando seus videoclipes para serem executados durante toda a programação. Na hora da inscrição, vale a cidade do artista ou banda e será necessário anexar uma carta com a autorização do diretor do clipe.

Oportunidades
Cada apresentação receberá cachê pela participação de acordo com a tabela abaixo:

Categoria A – Apresentações solo – R$ 1,5 mil (10 oportunidades)
Categoria B – Apresentações duo – R$ 2,2 mil (18 oportunidades)
Categoria C – Apresentações trio – R$ 3,3 mil (18 oportunidades)
Categoria D – Apresentações com 4 até 6 artistas – R$ 5 mil (44 oportunidades)
Categoria E – Apresentações artes cênicas/dança com até 7 artistas – R$ 6 mil (10 oportunidades)
Categoria F – Apresentações cultura popular com até 10 artistas – R$ 7 mil (10 oportunidades)
Categoria G – Apresentações de contação de histórias – R$ 1,5 mil (10 oportunidades)
Categoria H – Apresentações de videoclipe – R$ 800,00 (20 oportunidades)

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
Propaganda

Estado

Operação Verão: Sefaz intensifica fiscalização ao setor de bebidas

Publicados

em


A Secretaria da Fazenda (Sefaz) apertou o cerco contra a sonegação no setor de bebidas. Pelas próximas semanas, auditores fiscais da Receita Estadual vão realizar a ‘Operação Verão’, que tem como alvo as bebidas alcoólicas comercializadas sem a emissão de nota fiscal.

A operação teve início na última semana e já verificou a comercialização irregular de vinhos. A fiscalização resultou numa autuação de R$ 700 mil referentes à falta de recolhimento do imposto sobre a mercadoria adquirida em outro estado da federação.

No presente caso, o imposto deveria ter sido recolhido na aquisição feita pela empresa capixaba. Isso porque, para o vinho, o ICMS é recolhido por substituição tributária. Isto faz com que, na prática, a empresa pratique preços que outros comerciantes que fazem o recolhimento corretamente não poderiam praticar, explicou o auditor fiscal e gerente Fiscal, Arthur Carlos Teixeira Nunes.

“Continuaremos combatendo fortemente a sonegação neste setor, atuaremos por meio do cruzamento de dados, como o que possibilitou esta autuação, mas também atuaremos em campo, com operações especiais que nos possibilitarão realizar a apreensão das mercadorias desacompanhadas de documento fiscal”, acrescentou Teixeira Nunes.

Além da autuação, também será lavrada a Comunicação Fiscal para Fins Penais, instrumento que possibilita ao Ministério Público iniciar o processo criminal em relação ao crime de sonegação fiscal. “Fecharemos o cerco contra a sonegação fiscal em todos setores, estamos concentrando forças no setor de bebidas e avançaremos nos demais”, disse o auditor fiscal e subsecretário da Receita, Benício Suzana Costa.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sefaz
Alexandre Lemos / Giordany Bozzato
(27) 3347-5511 / (27) 3347-5128
[email protected] / [email protected]

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana