conecte-se conosco

Cidades

De porta em porta, equipes de saúde orientam sobre prevenção da Covid-19

Publicado


.
Moradores são instruídos sobre a adequada higienização das mãos e outras medidas preventivas
Foto: Márcia Leal/PMCI

Equipes da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) estão percorrendo bairros de Cachoeiro para orientar moradores, em casa, nas ruas e nos estabelecimentos comerciais, sobre a necessidade de reforçar os cuidados para prevenir a Covid-19.

Nas abordagens, agentes comunitários e enfermeiros das Unidades Básicas de Saúde enfatizam a importância das medidas já amplamente divulgadas, como: uso de máscaras de proteção; a higienização constante e adequada das mãos e a adesão ao isolamento social.

Nos comércios, as equipes alertam sobre as regras de distanciamento social; ampliação da rotina de higienização dos estabelecimentos e disponibilização de água e sabão e álcool em gel para os clientes.

Além do diálogo direto com o público, as instruções são repassadas por meio de panfletos, que também contêm recomendações para as pessoas com suspeita ou diagnóstico de Covid-19 que podem se tratar em casa, por apresentarem sintomas brandos. Além disso, há informações sobre transmissão do novo coronavírus e de como é feito o diagnóstico e o tratamento da enfermidade.

“As ações educativas nunca são demais e, com o agravamento do quadro epidemiológico nos últimos dias, estamos fortalecendo-as, indo de porta em porta, nas casas e nos comércios, para reafirmar que todos, sem exceção, precisam colaborar no combate ao novo coronavírus”, frisa a secretária municipal de Saúde, Luciara Botelho.

De acordo com a secretária, as equipes de saúde estão orientadas a destacar, nas abordagens, a necessidade do isolamento social. “É uma medida fundamental para reduzir o contágio, mas que, ainda, está muito aquém do recomendado. Precisamos, urgentemente, aumentar o índice de isolamento. Por isso, sempre reiteramos e pedimos a todos: não saiam de casa, se não for realmente necessário”, salienta.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Justiça dá liminar contra o lockdown em Apiacá

Publicado

por

O juiz da Comarca de Apiacá, Evandro Coelho de Lima, concedeu liminar numa Ação Civil Pública (Processo nº: 0000148-02.2020.8.08.0005) contra o Ministério Público Federal (MPF). O objeto da ação é a determinação do MPF para que os municípios do sul do estado façam isolamento radical (lockdown). O pedido foi feito pelo Ministério Público Estadual do Espírito Santo (MPES).

Na decisão, o magistrado aceitou o pedido do MPES, que alegou que, pelo último mapa de risco divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde, a cidade está classificada como município de risco baixo.

Segundo a Justiça, tal medida – o lockdown  – é inadmissível no momento em que o Executivo estadual, que conduz a política de combate ao COVID-19, já sinalizou que ainda não é o momento.

O juiz encerra seu despacho concedendo a liminar, com tutela de urgência, para que o município de Apiacá não cumpra a Recomendação Nº 3/2020/PRM/CIT do MPF, já que o entendimento das autoridade sanitárias é contrário.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana