conecte-se conosco

Cidades

Defesa Civil dá orientações em relação a chuvas intensas

Publicado

Órgão municipal tem recomendações a serem seguidas antes, durante e depois da chuva
Foto: Divulgação/PMCI

Com o período de chuvas intensas previsto para este fim de ano, a população de Cachoeiro deve ficar atenta às orientações da Defesa Civil do município para prevenir transtornos e acidentes.

Vinculado à Secretaria Municipal de Segurança (Semseg), o órgão tem recomendações a serem seguidas antes, durante e depois da chuva.

E os cuidados devem começar em casa. É importante manter limpos telhados, calhas, ralos e canos, providenciar poda de árvores que ponham a cobertura da residência em risco, bem como remover entulhos do quintal.

Nas vias públicas, a orientação é nunca jogar lixo nos bueiros (boca-de-lobo) ou próximo deles, para não obstruir o escoamento da água. Além disso, os horários da coleta devem ser respeitados.

Em caso de tempestade com raios e ventos fortes, o melhor é ficar em casa ou se abrigar em local seguro até que o temporal passe.

E se a chuva provocar alagamento ou enchente, é preciso evitar contato com essas águas, já que elas podem estar contaminadas, provocar doenças e acidentes.

Para quem mora em área de encostas, a atenção precisa ser redobrada aos sinais de deslizamento de barreiras, rolamento de pedras e escorregamento de terra.

“Em caso de movimentação de solo, é preciso acionar imediatamente a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros, além de alertar as pessoas que residem na área para que se afastem até a chegada das equipes”, orienta o coordenador da Defesa Civil de Cachoeiro, Francisco Inácio Daroz.

Leia mais:  Semana começa com temperaturas elevadas no Estado

Em situação de emergência, acione a Defesa Civil pelos telefones 199 (de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h) ou (28) 98814-3497 (plantão de emergência, inclusive nos sábados, domingos e feriados).

Confira mais recomendações da Defesa Civil

Antes

– Realize limpeza preventiva de telhados, calhas e canos de descida de água.
– Substitua telhas quebradas e fixe estrutura de telhados que possam se soltar com ventos fortes.
– Desobstrua ralos, valas e tubos de coleta de água.
– Retire entulhos da sua calçada e dos quintais.
– Providencie a poda dos galhos de árvores que botem em risco o telhado da residência.
– Não jogue lixo, sacolas plásticas ou garrafas pet nas ruas e margens de rios e córregos.
– Acompanhe as informações meteorológicas pela imprensa, internet ou boletins da Defesa Civil.
– Direcione canos de descida de água das calhas, para tubulação de coleta de água pluvial.

Durante

– Tenha sempre lanternas e pilhas em condições de uso.
– Acompanhe a mídia local, para acompanhar a previsão do tempo ou os informes sobre o evento adverso.
– Em caso de tempestade com raios e ventos fortes, não suba em telhados para fazer manutenção de emergência.
– Quando estiver na rua, não procure abrigo embaixo de árvores, estrutura metálica ou outdoor, em caso de tempestade com raios e ventos fortes.
– Desligue a energia elétrica de locais onde os utensílios e equipamentos elétricos possam ser atingidos pela chuva.
– Mantenha as portas e janelas sempre bem fechadas ou trancadas, evitando danos severos que podem ser causados pelo vento forte.
– Se mora próximo ao rio ou a córregos, fique atento ao nível de água. Se estiver subindo rapidamente e além do normal, vá com a família para um lugar seguro.
– Não deixe crianças brincando em áreas alagadas ou nas águas dos córregos, pois elas podem ser levadas pela correnteza ou ser contaminadas, contraindo graves doenças, como hepatite e leptospirose.

Leia mais:  Nova Av. Vitória: moradora de 91 anos recorda evolução e desenvolvimento da via

Depois
– Não use equipamentos elétricos que tenham sido molhados ou em locais inundados, pois há risco de choque elétrico e curto-circuito.
– Cuidado com a água que for beber. Veja se não foi contaminada pela inundação, o que traz sérios riscos à saúde.
– Cuidado também com os alimentos: os atingidos pela água podem estar contaminados.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Domingo tem retirada do mastro de São Benedito na Barra do Jucu

Publicado

De: Secretaria de Cultura
Texto: Peggy Maressa| Foto: Divulgação
Criado: 18 de janeiro de 2020

O som das bandas de congo irá marcar a retirada do Mastro de São Benedito, evento tradicional realizado na Barra do Jucu, que ocorre neste domingo (19), às 15 horas.

O trajeto a ser percorrido abrange as seguintes vias: Rua Professor João Cardoso até a Praça Pedro Valadares, descendo pela rua Antônio Santos Leão e seguindo pela Rua Vasco Coutinho. Depois, a festividade segue pela Rua Anna Penha Barcelos até a Rua Andersen Fidalgo Pereira (Beira Mar), retirando o mastro da Banda de Congo Mestre Alcides, na Praia do Barrão. Por fim, segue até a rotatória, na Rua Augusto Cirley, onde será retirado o mastro da Banda de Congo Tambor Jacaranema, na Igreja Perpétuo Socorro.

Após a retirada, segue pela Rua Vasco Coutinho e pela Rua Anna Penha Barcelos até a Praia do Barrão, onde será finalizada a festa, em torno das 20 horas. A programação contará com apresentações das bandas de congo Tambor Jacaranema e o Mestre Alcides.

Leia mais:  VIII Festival de Artes Cênicas de Cachoeiro seleciona espetáculos

“A tirada do mastro encerra o ciclo dos festejos de São Benedito. Na Barra, esta festa é uma marca de nossa identidade e cada vez mais uma festa de apelo popular e turístico”, disse o subsecretário municipal de Cultura, Eliomar Mazoco.

História

Segundo a tradição, no século XIX um navio negreiro naufragou na costa do Espírito Santo, o navio Palermo. Conseguiram sobreviver apenas quem estava agarrado ao mastro, que flutuou. Desde então, em agradecimento, todos os anos são feitas homenagens a São Benedito: a Fincada de Mastro
 
Serviço
Retirada do Mastro de São Benedito
Data: Domingo (19)
Horário: 15 horas
Local: Barra do Jucu
 

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana