conecte-se conosco

Esporte

Düsseldorf inova com exibição de atletas do salto com vara em drive-in

Publicado


.

Nestes novos tempos de pandemia do novo coronavírus (covid-19), a presença de público tem sido um desafio para os organizadores de espetáculos esportivos. Na Alemanhã, o evento de salto com vara intitulado Flight Night Dusseldorf (Noite de Vôo) na cidade de Dusseldorf (Alemanha), marcado para 12 de junho, promete inovar para conciliar espectadores e atletas em um mesmo lugar de competição. Aquele que quiser a ssistir à disputa de perto poderá comprar o ingresso pela internet e acompanhar de seu carro, no cinema Autokino Dusselford, que tem formato drive-in. Será o primeiro campeonato com torcedores no país após as medidas de isolamento social impostas pelo Governo Alemão, devido à pandemia da covid-19.

“Ao realizar um salto com vara no cinema drive-in, podemos saciar a sede de um evento esportivo de primeira classe na frente de uma plateia e, ao mesmo tempo, garantir a conformidade com as regras de isolamento. Quando os atletas decolam no centro das atenções no final da noite, torna-se um evento espetacular para os espectadores que nunca havia sido visto antes”, disse o diretor do evento Lars Wismer, diretor do evento, à  Associação Europeia de Atletismo (European Athletics).

Os fãs do esporte terão a opção de assistir ao vivo, ou por um telão, além de poderem escutar as informações sobre o evento em uma frequência de rádio, dentro dos próprios veículos.Os bilhetes de acesso vão custar 22 euros (aproximadamente R$ 134) para duas pessoas, com a possibilidade da ocupação do banco traseiro mediante a um custo adicional de cinco euros (R$ 31 reais) cada.

A organização da competição garante que todas as medidas de segurança sanitária serão tomadas para reduzir o risco do contágio da covid-19. Os espectadores em seus veículos deverão respeitar a distância mínima de 1,5 metro de um carro para o outro. As janelas e portas dos carros terão de permanecerem fechadss durante todo o tempo.

O evento vai contar com os principais saltadores do país, Raphael Holzdeppe, campeão mundial em 2013, Bo Kanda Lita Baehre, quarto lugar no Mundial de 2019, e Torben Blech, medalhista de prata na Universíade 2019.

“Estou ansioso pelo primeiro confronto após o bloqueio. A atmosfera competitiva, pela qual o público de Düsseldorf é conhecido. Tenho certeza de que este evento também será um verdadeiro destaque devido ao locaspecial. Acho que jamais um saltador de vara pulou em um cinema drive-in”, pontuou o atleta Lita Baehre à European Athletics.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Comentários Facebook
publicidade

Esporte

Santo André promove encontro virtual de basquete feminino no domingo

Publicado


.

A equipe feminina do Santo André/APABA, em parceria com a professora chilena Andrea Bilbao, promove neste domingo (7), a partir das 15h (horário de Brasília), o 1º Encontro Internacional de Basquete Feminino Virtual 2020.  O evento acontecerá online, através do aplicativo “Zoom”, e contará com a presença de representantes chilenos, da equipe Universidad Austral, argentinos, do Quimsa, e espanhóis, do Celta Baloncesto e do IDK Euskotren, onde atua a brasileira Érika, da Seleção Brasileira. Além das equipes, a árbitra internacional Andrea Silva também vai participar do encontro.

“A ideia é fazer uma interação entre as jogadoras em cinco ou seis salas dentro do ambiente virtual. Não queremos competir, o propósito é trocar experiências e informações que possam auxiliar no crescimento de todos. A árbitra Andrea Silva vai participar de uma espécie de teste de conhecimentos”, esclarece a preparadora física da equipe do Santo André e uma das organizadoras do evento, Luciane Moscaleski.

Segundo Luciane, a ideia do encontro foi proposta pela assistente técnica Adriana Amado. “Por ter passado uma temporada na Argentina, surgiram esses contatos e foi através disso que conseguimos viabilizar essa iniciativa. A técnica Arilza Coraça tem feito todo o trabalho de gestão junto à Secretaria de Esportes da nossa cidade, para que o encontro aconteça”, celebra.

Todas as atividades do encontro virtual serão gravadas e disponibilizadas nas redes sociais da equipe para que os interessados possam ter contato com os conteúdos tratados.

Equipe unida mesmo no isolamento social

A Liga de Basquete Feminino desse ano foi paralisada pela pandemia da covid-19 menos de uma semana depois do início dos jogos. Apenas três partidas foram disputadas, ainda na primeira quinzena de março. O Santo André/APABA foi um dos times a entrar em quadra. No dia 8, venceu o Ituano fora de casa por 73 a 71. Depois, tudo parou e não existe uma previsão de retomada das disputas. Só que, mesmo assim, o Santo André seguiu com o grupo de 10 atletas fazendo preparação física e reuniões periódicas. “Nós trabalhamos seis semanas de maneira presencial. Na quinta semana, estreamos vencendo o Ituano. E, depois, a previsão era irmos ao Rio de Janeiro para a segunda partida. Mas veio o isolamento social. Acreditávamos que ficaríamos apenas 15 dias parados, com elas treinando em casa ou em academias. Mas, logo na sequência, tudo fechou. Fizemos questão de manter o grupo focado através de treinos adaptados, orientações sobre o uso das máscaras que salvam vidas e ações como esse encontro virtual”, finaliza a preparadora física.

Edição: Sergio du Bocage

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana