conecte-se conosco


Estado

Em um mês de funcionamento, ala Covid-19 do Himaba já registrou mais de 30 altas médicas

Publicados

em

 

Em um mês de funcionamento, a ala Covid-19, anexa ao Hospital Estadual Infantil e Maternidade Dr. Alzir Bernardino Alves (Himaba), em Vila Velha, administrado pelo Instituto Acqua, já recebeu 84 pacientes e tem mais de 30 altas registradas, cerca de um paciente por dia.

O subsecretário de Estado de Regulação, Controle e Avaliação em Saúde, Gleikson Barbosa dos Santos, destaca que essa ampliação de leitos é fundamental no enfrentamento à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) no Estado.

“Essa decisão do Governo do Estado em investir na ampliação de leitos, principalmente na rede própria, é de extrema importância para que consigamos vencer essa batalha contra a Covid-19. Além disso, é uma alegria enorme ver as pessoas se recuperando contra a doença e voltando para suas famílias”, ressaltou o subsecretário.

Para o médico intensivista Juan Carlin Passos, coordenador médico da unidade e que atua na linha de frente desde o início da pandemia, a estrutura da unidade e o empenho da equipe são destaques nesses trinta dias.

“Tivemos o desafio de montar a estrutura em pouco tempo e temos aqui o que há de melhor no mercado. A equipe é experiente e a gente tem uma facilidade muito grande de comunicação interna e de trabalhar em conjunto. Somos um time. Isso é essencial porque nosso objetivo é sempre prestar um atendimento de qualidade para os nossos pacientes”, disse Passos.

O acesso aos 30 leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e aos 52 de enfermaria acontece via Regulação Estadual. A ala conta com 170 colaboradores.

O novo espaço, apesar de ser anexo ao Himaba, tem acesso independente da unidade pediátrica e conta com equipe médica e assistencial distintas. Os novos leitos, a princípio, seriam destinados ao atendimento pediátrico, mas, com a pandemia da Covid-19, o perfil de atendimento foi modificado para auxiliar a rede hospitalar capixaba no enfrentamento à doença.

Humanização 

Diariamente, familiares dos pacientes recebem por e-mail o boletim médico e aqueles que estão na enfermaria têm a possibilidade de falar com os parentes, por meio de videochamadas realizadas pelos psicólogos.

“Procuramos deixar os familiares o mais bem informados, com relação a tudo que está acontecendo com o paciente, já que não pode haver visitas. Buscamos ter essa sensibilidade que faz muita diferença. Gosto de falar com eles por telefone e explicar a evolução de quem está aqui dentro”, informou Juan Passos.

A mesma percepção tem a enfermeira Auxiliadora Gava, que atua há 12 anos e também está na linha de frente desde o início da pandemia. “Trabalhamos muito a humanização no atendimento, sentindo qual a necessidade de cada um. Entendo que como na ala Covid o paciente fica distante da família, a gente acaba ficando mais próximo dele. É gratificante demais ver cada um ir embora, recuperado e voltando para suas famílias. É o resultado de muito trabalho por toda equipe”.

Um dos pacientes que passou pela ala Covid-19 do Himaba foi Ivo Alves Noronha. No momento da alta, muito emocionado ao som do hino do Flamengo, seu time do coração, ele agradeceu à equipe que o acolheu. “O atendimento e as instalações aqui são excelentes. Muito obrigado pelo cuidado que vocês tiveram comigo”.

Instituto Acqua

O Instituto Acqua é uma Organização Social (OS) sem fins lucrativos com sede em Santo André, Região Metropolitana de São Paulo. Com 22 anos de história, atua na área de saúde pública e privada em todo o território nacional.

Comentários Facebook
Propaganda

Estado

E-commerce de móveis e decoração anuncia implantação de centro de distribuição no Estado

Publicados

em


O governador de Estado, Renato Casagrande, se reuniu, nesta sexta-feira (23), por meio de videoconferência, com representantes da MadeiraMadeira, maior loja on-line de móveis e decoração da América Latina. A empresa anunciou investimento da ordem de R$ 10 milhões na construção de um centro de distribuição, no TIM´s, no município da Serra.

A empresa tem planos de expansão da malha logística pelo Brasil e escolheu o Estado para instalar sua operação. O investimento se trata de um Fullfillment com área de 17.700 metros quadrados, que é um centro de distribuição com maior proporção. A estimativa é a geração de 120 vagas de empregos diretos e outras 100 de forma indireta.

Para o governador Casagrande, a notícia da chegada da empresa é bem-vinda para os capixabas e para o Governo. “Estamos felizes com os planos da MadeiraMadeira em investir no Estado com o centro de distribuição. Desejo que a empresa se sinta acolhida pelos capixabas e pelo Governo do Estado também. O Espírito Santo é um estado que tem condições institucionais boas, temos capacidade de investimento e para receber investimento também. Temos o prazer de receber quem tem interesse em se instalar e expandir negócios aqui. Inovação é um assunto que nos interessa muito e estamos criando todas as condições para que tenhamos um ambiente favorável no Estado”, disse.

O secretário de Estado de Inovação e Desenvolvimento, Tyago Hoffmann, destacou que o Governo vem investindo em inovação e que a MadeiraMadeira pode futuramente contribuir e compartilhar sua expertise com os capixabas.

“A notícia da implantação do centro de distribuição confirma que estamos no caminho certo e a geração de empregos para os capixabas é extremamente importante para nós. O investimento está intimamente ligado à inovação, porque a MadeiraMadeira surgiu no mercado como uma startup e hoje é um case de sucesso. Trabalhamos firmemente sob o comando responsável do governador Renato Casagrande para que pudéssemos superar os desafios da pandemia, amenizando seus efeitos sobre a economia e conseguimos. Agora, nossa meta é apostar na inovação, olhar para frente e trilhar o caminho do desenvolvimento sempre com ações planejadas, como temos feito”, afirmou Hoffmann.

Segundo o co-fundador da MadeiraMadeira, Marcelo Scandia, além do fullfillment a empresa possui as guideshop, loja física com uma unidade aberta em Vila Velha, e que até o mês agosto será inaugurada outra unidade também no município. “Somos um e-commerce e marketingplace, trabalhamos com um modelo híbrido para oferecer melhores e mais opções produtos para os clientes. Com a instalação de um centro de distribuição no Estado, nossa intenção é estar mais próximo do público consumidor e atender parte de Minas Gerais e do Nordeste. A operação de instalação no TIM´s deve ter duração de dois meses”, explicou.

Sobre a empresa

Ao longo de 2020, a MadeiraMadeira, criada há cerca de 10 anos, triplicou o número de centros de distribuição, para os 15 atuais. Entre eles, um em Jundiaí (SP), com o qual faz entregas com prazo de um dia na Grande São Paulo. Outros centros deverão ser abertos ao longo deste ano.

A plataforma pretende ampliar a prateleira de produtos de marca própria, hoje com cerca de 400 itens, expandir a rede de lojas físicas. Atualmente, a empresa tem cerca de dois mil funcionários.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sectides
Ana Luiza Freitas / Carolina Moreira / Gabriela Galvão / Larissa Linhalis
(27) 3636-9707 / 6753 / 1822 / 99949-8105 / 99942-9537 / 98102-0236
[email protected]

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana