conecte-se conosco

Saúde

Empresa chinesa faz parceria com Paraná para testar vacina

Publicado


source
Enfermeira preparando dose de vacina
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

Há pelo três vacinas no mundo em fase final de testes

A empresa farmacêutica chinesa fez um acordo com o governo do Paraná para começar a realizar testes de uma nova vacina contra a Covid-19 , doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2). A parceria com a Sinopharm prevê um envio de pedido de autorização à Anvisa (Agência de Vigilância Sanitária) em um período de até 15 dias. Esse é o quarto potencial imunizante no mundo contra a Covid-19.

A candidata a vacina da Sinopharm pode estar pronta para aplicação na população até o final deste ano. Ela se junta a outras três: as vacinas produzidas por Oxford/AstraZeneca, Sinovac Biotech e pela parceria entre a Pfizer e a BioNTech. Todas elas estão em fase avançada de testes.

“O protocolo de validação em desenvolvimento irá definir o número mínimo de pessoas que participarão dos testes. E, possivelmente, os profissionais da saúde, por estarem na linha de frente do enfrentamento da pandemia, devem ser aqueles testados inicialmente”, disse o diretor-presidente do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), Jorge Callado, à agência de notícias Reuters.

O Brasil se tornou um importante cenário para testes de possíveis vacinas para a Covid-19 devido à intensa circulação do novo coronavírus no País. Na semana, passada, o  Brasil registrou o maior número de casos confirmados da doença em uma semana epidemiológica desde o início da pandemia.

As candidatas a vacina de Oxford e da Sinovac Biotech já começaram a ser testadas no país. Existem acordos com os respectivos laboratórios internacionais para obtenção de doses da vacina e posterior produção local, caso se provem eficazes e seguras.

No caso da vacina de Oxford, ela será produzida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), como parte de acordo fechado pelo Ministério da Saúde. Já a vacina chinesa está sendo desenvolvida em parceira com o Instituto Butantan, ligado ao governo do estado de São Paulo.

A vacina experimental da Sinopharm, que já está na fase 3 de ensaios clínicos em seres humanos nos Emirados Árabes Unidos, envolve cerca de 15 mil voluntários e duas variações de vacina.

Além do acordo com a empresa chinesa, no entanto, o Paraná também iniciou negociações com o governo da Rússia para uma possível parceria na produção de uma vacina desenvolvida naquele no país.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
publicidade

Saúde

Aeroporto de Berlim testa Covid-19 em passageiros voluntários

Publicado


source
Aeroporto de Berlim faz testes voluntários de Covid-19
undefined

Aeroporto de Berlim faz testes voluntários de Covid-19

A partir desta quarta-feira, 29, passageiros que transitarem pelo aeroporto de Berlim-Tegel vindo de regiões de alto risco poderão passar por uma testagem voluntária do novo coronavírus (Sars-Cov-2). As informações são do Hospital Universitário La Charité, que abriu um centro de exames no local.

O centro é voltado para aqueles que não apresentam quaisquer sintomas ao aterrissar. Em caso de resultado negativo, os viajantes estarão isentos da quarentena

Os que suspeitam de algo devem se apresentar ao posto de saúde mais próximo.  “O aeroporto não é o lugar certo”, informa La Charité.

O Ministério da Saúde alemão anunciou na segunda-feira, 27, que tem planos para que os testes de Covid-19 tornem-se obrigatórios quando a legalidade dessa medida for verificada. Para isso, outro centro está sendo preparado em Schonefeld, aeroporto comercial de Berlim. 

A imprensa local informou que a medida pode começar a ser aplicada na próxima semana.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana