conecte-se conosco


Cidades

Enfermeiro de 39 anos morre após saltar de parapente em Alfredo Chaves-ES

Publicados

em

Um Enfermeiro morreu durante um voo de parapente, realizado em Alfredo Chaves, na região Serrana do Espírito Santo. Testemunhas relataram que, durante uma manobra, o equipamento se fechou. Ele chegou a ser resgatado de helicóptero, mas não resistiu.

A vítima foi identificada como Wanderley Nilo Barata, 39 anos. Ele caiu quando praticava voo de parapente na manhã de domingo (20), na rampa de Cachoeira Alta em Alfredo Chaves. Para auxiliar no resgate, foi acionada a equipe do Notaer. No local, um dos tripulantes desceu de rapel. Após o resgate, a vítima foi atendida pelo Corpo de Bombeiros, que tentaram reanimar o praticante do voo. Em seguida, ele foi levado do local do acidente para um campo de futebol.

A esposa de Wanderley contou para a família que o voo estava tranquilo. Em solo, por rádio, o instrutor dava todas as orientações sobre altura e posição do vento. Em um determinado momento, antes dele passar por trás de um morro, viram o equipamento se fechando. Depois disso, a preocupação era socorrer a vítima.

Wanderley foi socorrido com vida e, mesmo muito ferido, tentava reagir. De acordo com o Corpo de Bombeiros, uma equipe foi por terra e fez os primeiros atendimentos à vítima, mas o estado dele era grave. Pelo local da queda ser de difícil acesso, a aeronave do Notaer foi acionada. A vítima chegou a ser levada para uma unidade de saúde de Alfredo Chaves, mas acabou morrendo.

A vítima era apaixonado pelo voo de parapente. A cunhada afirma que ele fez o curso de voo em 2018 e sempre foi muito cuidadoso com sua segurança. Outra paixão dele era a enfermagem. Ele trabalhava no Pronto Atendimento de Cobilândia, em Vila Velha. Wanderley morava no bairro Vale Esperança, em Cariacica. Ele deixa uma filha, de 8 anos, e a esposa, com quem era casado há 13 anos.

 

Fonte: Folha Vitória

Comentários Facebook
Propaganda

Cidades

Consultas na Policlínica de Cachoeiro passarão a ser marcadas nas Unidades Básicas

Publicados

em

Por

A partir desta segunda-feira (1º), consultas em 13 especialidades na Policlínica Municipal Bolívar de Abreu serão marcadas diretamente pelos médicos das Unidades Básicas de Saúde (UBS), não havendo necessidade de o paciente levar o encaminhando até a policlínica para marcar o procedimento.

As especialidades incluídas nesse novo procedimento abrangem cardiologia, dermatologia, ginecologia, otorrinolaringologia, urologia, ortopedia, psiquiatria e pediatria. Novas consultas especializadas da Policlínica Municipal, que serão ofertadas a partir da semana que vem, também serão marcadas nas UBS: alergia e imunologia, pneumologia adulto e pediátrico e reumatologia.

“Essa mudança faz parte do novo sistema de regulação do governo estadual, no qual o profissional da Atenção Básica e o especialista conversam diretamente entre si para verificar a necessidade ou não da consulta especializada. Isso torna o procedimento mais ágil e, ao mesmo tempo, mais criterioso”, explica o secretário municipal de Saúde, Alex Wingler.

Por outro lado, outros 11 serviços ofertados na Policlínica continuarão sendo marcados na própria unidade: fonoaudiologia, psicologia, nutrição, pequenas cirurgias, colposcopia e colocação de DIU, risco cirúrgico, exames laboratoriais, raio-X, preventivo e clínica geral.

A Policlínica Municipal Bolívar de Abreu está localizada no bairro Santo Antônio e funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h. Os telefones de contato são (28) 3155-5406 e 5271.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana